Meus pecados

Uma senhora foi certa vez ao seu pastor, em grande amargura de espírito, levando nas mãos um punhado de areia molhada.

– O senhor está vendo o que é isto? – perguntou.
– Sim, é areia molhada.
– Mas o senhor não sabe o que ela significa, não?
– Não, não o posso dizer. Que significa?
– Sou eu – respondeu ela, chorando. – É a grande multidão dos meus pecados, que não podem ser numerados.
– Onde conseguiu essa areia? – perguntou o pastor.
– Lá em baixo, na praia.
– Volte lá – disse ele – e tome consigo uma pá. Ajunte um grande monte de areia e faça-o tão alto quanto possa. Então volte à beira da praia e fique observando o que vai acontecer quando a onda vier.

Dentro de uma hora ela voltou e relatou o seguinte:

– Pastor, a onda passou por sobre o monte de areia que fiz e levou-o completamente!
– É justamente assim – respondeu o pastor – quando pedimos ao nosso Pai celestial, por amor de Jesus, que nos perdoe os pecados.

Semelhantemente, podemos aprender com perdão de Cristo e aplicá-lo no relacionamento conjugal, removendo todo e qualquer obstáculo que impede um relacionamento sólido e duradouro.

Tome posse do perdão de Deus para sua vida.

Visite ainda www.ejesus.com.br

Compartilhe a BençãoEmail this to someoneShare on Google+Print this pageTweet about this on TwitterShare on FacebookShare on LinkedIn

Comentários

comments

Contribua com sua opinião