A Cura Interior

Introdução

Embora a cura que mais se evidencia aqui seja a física, que Jesus efetuou com poder da sua Palavra, não se pode negar que Jesus trabalhou nesse caso uma cura interior psicológica muito profunda.

Examinemos as evidências:

1. A longa espera (38 anos) produz evidentes frustrações–v 5

2. A intenção de uma pergunta lógica – v. 6
- É claro que ele ali estava para ser curado.
- O tempo fez com que deslocasse a culpa para outras pessoas e circunstâncias – v. 7.
- Causas remotas em sua vida particular passada.

3. O poder da palavra de Jesus – v. 8
- Sua palavra é autoridade.
- Sua palavra é graça e misericórdia.

4. A sua responsabilidade na conservação da cura – v. 14

Conclusão

Enquanto nós, humanos, vemos o exterior e suas necessidades Jesus vê o nosso todo: corpo, alma e espírito; e derrama a sua misericórdia sobre o homem em sua totalidade.

Fonte: http://www.terceira.org.br/

Compartilhe a BençãoEmail this to someoneShare on Google+Print this pageTweet about this on TwitterShare on FacebookShare on LinkedIn

Comentários no Facebook