A segunda chance

Introducao
Alguma vez você já se viu encrencado? Você já cometeu erros pensando que estava certo? Todos nós já passamos por isso. Você já perdeu grandes oportunidades na vida?
Quantas vezes tentamos fazer alguma coisa e fracassamos, e queremos ardentemente ter uma segunda chance? Muitas vezes temos dito a alguém: “Dá-me uma segunda chance!” Pode ser em coisas comuns e triviais, mas pode ser em coisas sérias. Às vezes lamentamos dizendo: “Ah! Se eu tivesse mais uma chance eu faria tudo diferente”

Muitas vezes nós não temos uma segunda chance. Em um programa de Televisão dos anos 80, o apresentador perguntou ao craque de futebol, Mané Garrincha: “Se você tivesse a oportunidade de voltar atrás para fazer tudo de novo o que você não faria?” Ele respondeu: “Eu não tomaria injeção no joelho”. Certa vez um repórter perguntou ao ex-presidente José Sarney: “Qual a decisão que você tomou em seu governo da qual você mais se arrepende?” Ele respondeu: “De ter assinado o Decreto-Lei instituindo o Plano Cruzado Dois. Eu preferia ter cortado a minha mão!”. Muitas vezes ferimos alguém que amamos; não cumprimos um compromisso; traímos a confiança de alguém. Pedimos uma segunda chance. Às vezes nos dão uma segunda chance, e, às vezes não. Nesta vida nós estamos sujeitos a nos envolver em confusão; sujeitos a cairmos. Às vezes a vida não nos dá uma segunda chance. Mas Deus sempre nos dá uma nova oportunidade. Provérbios 24.16 “Porque sete vezes cairá o justo e se levantará.” O nosso Deus é especialista em dar segunda chance às pessoas! Ele é especialista em trabalhar com pessoas imperfeitas.


Vamos ver alguns exemplos bíblicos que nos mostram o Senhor dando novas oportunidades:

JONAS
Você conhece a história de Jonas. Jonas 1. 1-3 “ Veio a palavra do SENHOR a Jonas, filho de Amitai, dizendo: Dispõe-te, vai à grande cidade de Nínive e clama contra ela, porque a sua malícia subiu até mim. Jonas se dispôs, mas para fugir da presença do SENHOR, para Társis; e, tendo descido a Jope, achou um navio que ia para Társis; pagou, pois, a sua passagem e embarcou nele, para ir com eles para Társis, para longe da presença do SENHOR”. Deus disse a Jonas: “Vá a Nínive e pregue contra ela!” Deus lhe confiou uma missão, uma tarefa muito importante. O que fez Jonas? Ele seguiu na direção contrária. Ele fugiu da presença de Deus. Você tem fugido de Deus? Não é uma boa atitude! Deus está em toda parte! Deus, em sua terna misericórdia, disciplinou Jonas. Jonas 1. 4 “O SENHOR lançou sobre o mar um forte vento, e fez-se no mar uma grande tempestade, e o navio estava a ponto de se despedaçar. Os marinheiros, cheios de medo, clamavam cada um ao seu deus e lançavam ao mar a carga que do navio para o aliviarem do peso. Jonas dormia profundamente no porão. Os marinheiros o acordaram e fizeram um sorteio para saber quem era o responsável por aquela tragédia.

A sorte recaiu sobre Jonas, que confessou sua culpa e seu histórico de desobediência ao Senhor. Os marinheiros perguntaram a Jonas: “Que te faremos, para que o mar se acalme?” Jonas lhes respondeu: “Tomai-me e lançai-me ao mar, e o mar se aquietará, porque eu sei que, por minha causa, vos sobreveio esta grande tempestade”.
“Levantaram a Jonas e o lançaram ao mar; e cessou o mar da sua fúria” (Jonas 1. 15). Os marinheiros temeram, em extremo ao SENHOR; e ofereceram sacrifícios e fizeram voto. Mas a saga de Jonas não havia terminado ali! Jonas 1. 17 “Deparou o SENHOR um grande peixe, para que tragasse a Jonas; e esteve Jonas três dias e três noites no ventre do peixe”. Três dias e três noites se passaram e Jonas ainda estava vivo e respirando no ventre do peixe. Ele sabia que só estava vivo porque Deus o sustentava. Jonas 2. 1 “Então Jonas do ventre do peixe orou ao Senhor, seu Deus”. Jonas 2. 10 “Falou, pois, o Senhor ao peixe, e este vomitou a Jonas na terra”.
Jonas 3. 1-2 “Veio a palavra do Senhor segunda vez a Jonas, dizendo: Dispõe-te, vai à grande cidade de Nínive, e proclama contra ela a mensagem que eu te digo.”
O Senhor deu uma Segunda chance a Jonas! Deus não desistiu de Jonas! Deus lhe concedeu uma segunda chance para pregar o arrependimento ao povo de Nínive e testemunhar o maior avivamento da história bíblica!

DAVI
É também uma história muito conhecida. 2 Samuel 11 fala do pecado de Davi. A Bíblia não esconde os pecados e faltas dos seus personagens. Ninguém, na Bíblia, exceto Jesus, era perfeito. Deus usa pessoas imperfeitas! Davi era o rei de Israel; era o homem segundo o coração de Deus. Mas ele praticou pecados horríveis. Praticou homicídio, adulterou, ficou embriagado e tentou esconder seus pecados. Davi ficou muito encrencado. Durante um ano Davi viveu uma vida miserável. Ele cometeu os piores pecados que alguém poderia cometer. Talvez você pense que seus pecados são grandes demais para alcançar o perdão. Você acha que já foi longe demais e não há solução. Você não acredita que Deus vai querer usá-lo de novo. Deus, em sua terna misericórdia, confrontou Davi com o seu pecado. 2 Samuel 12. 13 “Então, disse Davi a Natã: Pequei contra o SENHOR. Disse Natã a Davi: Também o SENHOR te perdoou o teu pecado; não morrerás.” Davi deveria morrer por causa do que ele fez. Mas porque ele confessou seu pecado ao Senhor, o Senhor o perdoou e apagou seu pecado. No Salmo 51. 12, nós temos a oração de Davi. Ele confessa seu pecado, se arrepende e pede a Deus que o restaure. Salmo 51. 12 “Restitui-me a alegria da tua salvação”. Deus o restaurou. Davi sofreu a consequencia de seus pecados. Todos nós sofremos a consequencia de nosos pecados. Davi colheu o que semeou.

Uma das consequencias foi que o primeiro filho de Davi com Beteseba veio a falecer. Mas leia 2 Samuel 12. 24: 2 Samuel 12. 24 “Então, Davi veio a Bate-Seba, consolou-a e se deitou com ela; teve ela um filho a quem Davi deu o nome de Salomão; e o SENHOR o amou.” O Senhor lhes deu Salomão. No final do capítulo 12, Davi vence uma batalha e declara vitória sobre os seus inimigos. Davi cometeu adultério e homicídio – O que dizer de alguém que cometeu esses crimes? Alguém pode dizer: “Não há esperança! Deus não usará mais esta pessoa!” Mas Deus age bem diferente de nós. Ele quer o nosso arrependimento. Mais tarde, Salomão, o filho de Davi e Bete-Seba – provavelmente inspirado na história de seu pai – escreveu o seguinte provérbio: Provérbios 28. 13 “O que encobre as suas transgressões jamais prosperará; mas o que as confessa e deixa alcançará misericórdia”. Deus perdoou Davi e não o abandonou. Deus o restaurou e o usou poderosamente. O nome de Davi é lembrado e honrado até hoje porque de sua descendência nasceu Jesus, também chamado “O Filho de Davi”. O Senhor deu a Davi uma segunda chance!

PEDRO
Esta é também uma história conhecida. Pedro disse que jamais negaria Jesus. Mas Jesus o conhecia bem. Mas Pedro negou Jesus três vezes. Mais tarde, ele lembrou-se do que Jesus lhe havia dito, retirou-se e chorou amargamente. Quando o galo cantou pela terceira vez, Jesus virou-se e olhou para Pedro. Pedro chorou amargamente. Pedro arrependeu-se de seu pecado. Tudo isso aconteceu para que Pedro amadurecesse. Ele era muito querido pelo Senhor Jesus. Em Marcos 16. 7, o anjo faz questão de que a mensagem da ressurreição seja entregue a Pedro: Marcos 16. 7 “Mas ide, dizei a seus discípulos e a Pedro que ele vai adiante de vós para a Galiléia; lá o vereis, como ele vos disse.” Eu imagino a surpresa de Pedro quando as mulheres lhe deram a notícia da ressurreição e que o anjo o havia mencionado pelo nome. Talvez ele tenha pensado: “Jesus me perdoou? Eu vou servi-lo novamente? Mas eu o neguei! Eu ainda me lembro daquele olhar. Era direto para mim! Eu acho que vou voltar a pescar.” Jesus não desistiu de Pedro! Em João 21 Jesus confia uma missão especial a Pedro: Pastorear o Colégio Apostólico. Pedro, aquele que Negara Jesus, torna-se o líder dos apostolos. Passou a pregar com autoridade. Ele experimentou o poder de Jesus em sua vida mais uma vez. Serviu o Senhor com vigor renovado. Pregou e milhares de pessoas foram salvas. Deus usou Pedro para trazer a mensagem de salvação aos gentios em Atos 10. O Espírito Santo inspirou Pedro a escrever duas cartas pastorais que são parte da Bíblia. O Senhor deu a Pedro uma segunda chance.

Você quer uma segunda chance? Talvez você se sinta como Jonas – Fugindo de Deus. Deus mandou você fazer algo e você não fez. Deus te confiou uma missão e você fracassou. Você pensa que Deus rompeu com você. Mas Deus restaurou Jonas. Jonas orou e a palavra do Senhor veio a ele pela segunda vez. O Senhor lhe uma segunda oportunidade para completar sua missão. Talvez você se sinta como Davi – Encrencado. Voce fez coisas que não agradam a Deus. Não existe pecado que Deus não possa perdoar. O Senhor confrontou Davi e ele confessou se pecado, se arrependeu e foi restaurado. Confesse seu pecado ao Senhor. Ele vai te perdoar, purificar e restaurar sua vida. Talvez você se sinta como Pedro – Negando Jesus. Negando Jesus por palavras ou ações. Você está pensando: “Eu não acredito que eu fiz isto!” Você tem chorado amargamente. Deus tem visto suas lágrimas e ouvido sua oração de arrependimento. Ele vai renovar o seu chamado. 1 João 1. 9 “Se confessarmos os nossos pecados, ele é fiel e justo para nos perdoar os pecados e nos purificar de toda injustiça.”

melhore sua liderança – www.icurriculo.com

Compartilhe a BençãoEmail this to someoneShare on Google+Print this pageTweet about this on TwitterShare on FacebookShare on LinkedIn

Comentários no Facebook