A prática cristã e as circunstâncias desse mundo

O relacionamento entre o ser humano e Deus é algo difícil de ser explicado. Por que quereria Deus ter amizade conosco? Por que quereria Deus ter comunhão conosco? Deus nos procura (João 4. 23 Mas a hora vem, e agora é, em que os verdadeiros adoradores adorarão o Pai em espírito e em verdade; porque o Pai procura a tais que assim o adorem), e nos encontra em Cristo: Eu sou o caminho… e ninguém vem ao Pai, senão por mim.

Transição
O pecado tornou a vida de todos miserável. Desumanizou e desfigurou a todos. Tornou-nos pessoas vazias e egoístas.
A graça de Deus é que mitiga a dor e permite que a vida torne-se suportável. Imagine viver sem a graça de Deus? Não temos noção do que seria o mundo, sem a presença daquele que detém a maldade.

No Sermão do Monte, Cristo mostra o caminho, mostra quais as atitudes deveríamos ter todos os dias da vida. O porquê das bem-aventuranças

1. Para mostrar a nossa humanidade
• Estes ensinos são para pessoas de carne e osso.
• Pessoas que sofrem e choram; que se desesperam e lutam cada dia para viver aquele dia.
• A nossa humanidade é reconhecida e apreciada quando estamos sofrendo.
• A nossa esperança é exercitada e fortalecida quando estamos em situações sem saídas aparentes.

2. Para mostrar que as circunstancias são transitórias
Cristo nos recorda no início desse sermão que as circunstâncias desse mundo por mais avassaladoras que possam ser ou parecer, não se esgotam nelas mesmas.

os humildes de espírito
os que choram
os mansos
os que têm fome e sede de justiça
os misericordiosos
os limpos de coração
os pacificadores
os perseguidos por causa da justiça
os injuriados e perseguidos e recebedores do todo mal

Podem nos humilhar, fazer com que choremos seja por fome ou por falta de justiça, podemos ser incompreendidos por causa da nossa maneira de viver, sofrer até mesmo perseguições por causa do ideal cristão ou por causa do próprio Cristo e nada disso poderá tirar a nossa alegria de pertencermos ao Reino de Deus.
As circunstâncias desse mundo são transitórias e têm um fim nelas mesmo.

3. Para mostrar que existe um tesouro que circunstância nenhuma deste mundo pode destruir

porque deles é o reino dos céus.
porque serão consolados.
porque herdarão a terra.
porque serão fartos.
porque alcançarão misericórdia.
porque verão a Deus.
porque serão chamados filhos de Deus.
porque deles é o reino dos céus.
porque é grande o vosso galardão nos céus

O reino é uma realidade eterna, é uma promessa de Deus.
A de Cristo mensagem transcende esse universo e aponta para uma realidade maior – o reino de Deus.

Conclusão
Chega um momento das nossas vidas em que não temos muita coisa para fazer. Então neste momento fazemos o que?
Ter noção que por causa de Cristo muitos, mas muitos mesmos sofreram e sofrem:

• …pois assim perseguiram aos profetas que viveram antes de vós.
• Recordar as palavras de Pedro 1: 5 – Que mediante a fé estais guardados na virtude de Deus para a salvação, já prestes para se revelar no último tempo, 6 Em que vós grandemente vos alegrais, ainda que agora importa, sendo necessário, que estejais por um pouco contristados com várias tentações, 7 Para que a prova da vossa fé, muito mais preciosa do que o ouro que perece e é provado pelo fogo, se ache em louvor, e honra, e glória, na revelação de Jesus Cristo; 8 Ao qual, não o havendo visto, amais; no qual, não o vendo agora, mas crendo, vos alegrais com gozo inefável e glorioso; 9 Alcançando o fim da vossa fé, a salvação das vossas almas.

Porque em Cristo, para Cristo e por meio de Cristo são todas as coisas.

Autor: Antonio Carlos Barro

www.ejesus.com.br

Compartilhe a BençãoEmail this to someoneShare on Google+Print this pageTweet about this on TwitterShare on FacebookShare on LinkedIn

Comentários

comments

Contribua com sua opinião