Como árvore plantada junto do ribeiro

Neste Sermão vamos desenvolver nossa habilidade em perseverar e ser como árvore plantada junto do ribeiro.

Introdução:

Existem muitas analogias bíblicas, referências alegóricas que foram usadas por autores, como por exemplo: as parábolas de Jesus. Por ter um público seleto dividido de sábios e leigos, a mensagem pregada por Jesus eram contextualizadas com a realidade das pessoas, algumas eram contos históricos que faziam parte da cultura local e outras eram referências da vida no campo. O livro poético dos salmos por tratar-se de cântico, é comum encontrarmos nessas canções um sentido conotativo, ou seja, linguagem figurada.

Transição: Qual a semelhança de uma árvore, comigo?

Existem muitas outras referências em que a bíblia trata-nos como árvores: o cego de nascença ao enxergar, sua primeira visão ele diz  que vê pessoas como árvores andando. Marcos 8.24

1. Plante-me como o cedro de Líbano.

• Ser como o cedro, seria sermos fortes e desbravadores como tal. O cedro é plantado em terras inóspitas e mesmo com a dificuldade do terreno não cessa seu crescimento, aqui quando o salmista se assemelha a esta árvore, pede à Deus capacidade de tornar-se forte mediante aos seus obstáculos e continuar crescendo.
1.A) Palmeira ou Tamareira: árvore frutífera e capaz de levantar-se pós tempestades. Salmos 92.12

2. A Acácia.

• A Acácia foi usada na construção da arca de Noé, na Arca do Concerto e também no milagre da transformação das águas do poço de Mara, porém, ela não é esplêndida aos olhos, pois é cheia de nós e curvaturas. Mas, embora cheias de defeitos aparentes, é dura e difícil de ser trabalhada. (A nossa natureza que nem sempre é fácil de ser moldada).

2.A) Acácia é uma madeira resistente a cupins. O cristão deve ser resistente as influências do pecado. Efésios 6.10-17

3. O carvalho.

• O carvalho é uma árvore com grande longevidade, sua vida útil atravessa gerações, é forte, constante e de um crescimento contínuo. Na vida do cristão deveríamos nos assemelharmos ao carvalho: diante das provações tornarmos fortes e constantes sempre. Isaías 6.13

4. A oliveira

• O próprio Jesus em João 15, se compara a Oliveira. A oliveira em consonância com a acácia, também tem os seus troncos retorcidos, como o cedro também cresce em terrenos de pouca água e mesmo se for cortada, queimada ela ainda de forma surpreendente continua florescendo suas raízes e a crescer.
4.A) Ser frutíferos – João 15.15
4.B) Ser fortes e maduros – As raízes das oliveiras se aprofundam muito na terra, dando-a vigor, ela demora em média 15 anos para crescer.

Autor: Pr. Diexerdes Venancio

Visite o site www.ejesus.com.br

Compartilhe a BençãoEmail this to someoneShare on Google+Print this pageTweet about this on TwitterShare on FacebookShare on LinkedIn

Comentários

comments

Sobre Antonio C. Barro

É professor da Faculdade Teológica Sul-Americana, em Londrina. Formado em teologia, com mestrado e doutorado pelo Fuller Theological Seminary, nos Estados Unidos.

É o criador e editor do blog cristão: www.coisado.com.br

Contribua com sua opinião