Feridas emocionais sob a perspectiva bíblica

“…a outro, fé, pelo mesmo Espírito, a outro, DONS DE CURAR, pelo mesmo Espírito…”

Não sei se você já tinha parado para pensar porquê o Apóstolo Paulo fala neste texto sobre “dons de curar”, e seu direcionamento esta no plural: “dons”. – Paulo neste versículo não fala no singular: “Dom de Curar”, mas no plural: “Dons”.

Algumas pessoas interpretam essa pluralidade afirmando erroneamente que os “dons” de curar seriam habilidades para curar enfermidades específicas: ou seja, alguém teria o dom de curar câncer, o outro do dom de curar alergia, o outro o dom de curar espinhela caída, etc… – Essa explicação que aparentemente parece aceitável, não se apóia nos escritos bíblicos.

No livro de Atos dos Apóstolos que nos traz a história da Igreja Primitiva e os atos praticados pelos apóstolos, não encontramos em nenhum lugar este tipo de atuação por parte dos apóstolos e dos irmãos da Igreja Primitiva.

Na verdade DEUS concedia o poder para curar esta ou aquela doença, mas numa habilidade única, que era utilizada na cura de todos os males. Nós encontramos isso em vários textos do livro de Atos:

Confira comigo alguns exemplos:

5:15-16 “…de modo que o povo também levava os doentes às ruas e os colocava em camas e macas, para que pelo menos a sombra de Pedro se projetasse sobre alguns, enquanto ele passava. Afluíam também multidões das cidades próximas a Jerusalém, trazendo seus doentes e os que eram atormentados por espíritos imundos, e todos eram curados.”

19:11-12 “Deus fazia milagres extraordinários por meio de Paulo, de modo que até lenços e aventais que Paulo usava eram levados e colocados sobre os enfermos. Estes eram curados de suas doenças e os espíritos malignos saiam deles”.

28:8-9 “Seu pai estava doente, acamado, sofrendo de febres e disenteria. Paulo entrou para vê-lo e, depois de orar, impôs-lhe as mãos e o curou. Tendo acontecido isso, os outros doentes da vila vieram e foram curados”.
De forma que quando atentamos inclusive para a descrição que o próprio SENHOR JESUS deu acerca do seu ministério, podemos entender, ainda que sinteticamente, quais são os dons de curar: Abra comigo em Lucas: 4:18-19

“O Espírito do Senhor esta sobre mim, porque ele me ungiu para pregar boas novas aos pobres. Ele me enviou para proclamar liberdade aos presos e recuperação da vista aos cegos, para libertar os oprimidos e proclamar o ano da graça do Senhor”.

Ou seja, nestes versículos observamos que havia dois tipos de cura praticados por JESUS: a cura dos oprimidos e a recuperação da vista aos cegos. Dessa forma, os dons de curar são o poder de ministrar, na dependência do Espírito Santo, a restituição da parte física e emocional, àqueles a quem assim Deus quiser.

Portanto irmãos a cura emocional que Deus praticou, a cura emocional que Deus pratica não tem ligação alguma com práticas de superstição que encontramos no mercado evangélico hoje em dia, tais como: regressão ao útero materno, hipnose, benzimento, subir a escadaria da Igreja tal sete vezes na semana, o copo de água em cima da televisão…

Por isso, esta noite gostaria de analisar apenas os aspectos bíblicos sobre esta questão, sem nos preocuparmos com experiências e metodologias místicas do arraial. Quero refletir com você hoje sobre:

“AS FERIDAS EMOCIONAIS SOB A PERSPECTIVA BÍBLICA”

O Salmo 147:3 nos traz a declaração acerca da CURA INTERIOR que Deus opera no ser humano. O salmista diz assim: “Só ele cura os de coração quebrantado e cuida das suas feridas”.

E quando olhamos para a Palavra de Deus relembramos que nós somos um ser único, constituído de três partes: o espírito, a alma e o corpo. O Apóstolo Paulo escrevendo aos Tessalonicenses em sua primeira carta, Capítulo 5, verso 23, ratifica essa assertiva: “Que o próprio Deus da paz os santifique inteiramente. Que todo o espírito, a alma e o corpo de vocês sejam preservados irrepreensíveis na vinda de nosso Senhor Jesus Cristo”.
Ao olharmos para este texto não podemos nos esquecer também que nos últimos séculos tivemos o advento das ciências humanas, levando os estudiosos a concluírem que o homem é uma Unidade Psicossomática. Ou seja, Espírito, Corpo e Alma estão inter-relacionados. Por isso, se o Espírito do Senhor está em nós, a nossa alma se alegra e o nosso corpo se torna sadio.

E fazendo um paralelo das palavras de Paulo sobre o espírito, a alma e o corpo, em II Coríntios 5:1-2 ele diz assim: “Sabemos que, se for destruída a temporária habitação terrena em que vivemos, teremos da parte de Deus um edifício, uma casa eterna nos céus, não construída por mais humana. 2-Enquanto isso, gememos, desejando ser revestidos da nossa habitação celestial…”

Ou seja, assim como há doenças que afetam o corpo (no dizer do apostolo esta temporária habitação terrena), há feridas que podem ser abertas em nossa alma, em nossa memória, em nossas emoções, e em nossa mente. v. 2 – “Enquanto isso, gememos (sofremos), desejando ser revestidos da nossa habitação celestial…”

Isto é, nosso comportamento e forma de sentir são marcados por situações que passamos na vida natural, e que deixam suas marcas, que vai afetar a alma e o corpo, tais como: medo, mágoas, ressentimentos, angústias, tristezas…

E há um detalhe importantíssimo que precisamos compreender: Quando recebemos a Jesus na vida, nós entramos para o Corpo Espiritual que é a Sua Igreja, entretanto, trazemos essas feridas conosco, as quais, muitas vezes, se tornam partes da nossa vida. E agora que servimos a Deus que tornou nosso Senhor e Pai, precisamos suplicar a ELE para fechar as chagas do coração, para que possamos servi-lo perfeitamente!!

E alguns enquanto não tratarem as chagas do coração, enquanto não se permitirem ser tratados interiormente, enquanto não se permitirem o toque curador de Deus das feridas emocionais que são trazidas para dentro do Corpo de Cristo, jamais poderão servir livremente, saudavelmente ao Senhor Jesus…

E isso se dá pelo processo da CURA INTERIOR que Deus deseja fazer na vida de cada um de nós…
E isso irmãos, os profetas por diversas vezes descreveram como uma restauração interior concedida por IAVÉ à vida do seu povo. O profeta ISAIAS no capítulo 61, verso 3, assim declarou: “…dar a todos os que choram em Sião uma bela coroa em vez de cinzas, o óleo da alegria em vez de pranto, e um manto de louvor em vez de espírito deprimido. Eles serão chamados carvalhos de justiça, plantio do Senhor, para manifestação da sua Glória”.

Por outro lado, e isso também é importante compreender: Nós encontramos hoje cristãos sinceros, que às vezes levantam objeção ao ensino da Cura Interior, alegando que uma vez regenerados, porque precisariam passar por uma experiência de cura posterior à conversão, se a Bíblia diz que: “Se alguém esta em Cristo nova criatura é, as coisas antigas já passaram”?!

Já observou que alguns quando são orientados a buscar uma ajuda terapêutica ou uma Cura Interior, já tem a resposta pronta? “Meu psicólogo é Jesus”. “Deus é o meu psiquiatra”. “Psicólogos e psiquiatras é pra quem esta ficando louco…”

Aliás, os cristãos, dado as suas crenças e sua fé, são as pessoas mais difíceis de serem tratadas nestas áreas. Pesquisas revelam que há um grande índice de pessoas que se dizem crentes que estão internadas em manicômios por resistirem a um tratamento específico na área emocional.

Irmãos, é evidente que Jesus é o melhor Psicólogo! Entretanto, damos graças a Deus pela medicina e pelos caminhos terapêuticos que estão à nossa disposição em nossos dias. São providencias de Deus para nossas necessidades físicas e emocionais.

Lucas era médico. Exercia a medicina. Receitava remédios e medicamentos aos enfermos e doentes. E o apóstolo Paulo, (esse mesmo que esta nos orientando sobre as feridas que afetam nossa alma), quando se referiu a Lucas em Colossences 4:14, disse: “Lucas, o médico amado…” – Ele não disse: “Lucas o médico safado”, porque ele sabia das nossas necessidades físicas, emocionais e terapêuticas.

Em outras palavras, a CURA INTERIOR também se dá pelos caminhos humanos que Deus providenciou, tais como a medicina, a psicologia, a psiquiatria, a geriatria, etc… – Por isso, se você necessita da ajuda de um desses profissionais, em nome de Jesus, submeta-se ao tratamento indicado.
Vamos melhorar um pouco mais o nosso entendimento sobre isso: Abra sua Bíblia em Isaias 53:4-5: “Certamente ele tomou sobre si as nossas enfermidades e sobre si levou as nossas doenças; contudo nós o consideramos castigado por Deus, por Deus atingido e afligido. Mas ele foi transpassado por causa das nossas transgressões, foi esmagado por causa das nossas iniqüidades, o castigo que nos trouxe paz estava sobre ele, e pelas suas feridas fomos curados”.

Usando este texto alguns dizem que as nossas enfermidades e doenças foram levadas com Jesus na cruz. Por isso não precisamos de médicos, remédios, psicólogos, psquiátras e tratamentos, bastam ter fé e aceitar a Jesus. – É a mania de se usar um texto fora do contexto para se justificar um pretexto!

Ora, o pecado é visto em toda a Bíblia como uma doença crônica, que afeta todo o homem. É esta doença e enfermidade que o Profeta Isaias esta dizendo que Jesus levou sobre si na cruz. Confirme isso em 1 Pedro 2:24 “Ele mesmo levou em seu corpo os nossos pecados sobre o madeiro, a fim de que morrêssemos para os pecados e vivêssemos para a justiça; por suas feridas vocês foram curados”.

Por isso, devemos ter sempre em mente que a CURA INTERIOR não é o elemento vital do Evangelho, porque este (o evangelho) é o poder de Deus para a salvação (e não da cura específica) de todo aquele que nele crê”. (Romanos 1:16).

Bem pastor, isso significa então que Deus e a Sua Palavra não irão ministrar CURA INTERIOR às pessoas? ABSOLUTAMENTE NÃO É ISSO QUE ESTAMOS DIZENDO! …. E para tanto, vamos caminhar para a conclusão da nossa reflexão pensando sobre isso.

Os fundamentos bíblicos nos mostram que um coração convertido a Deus, purificado do pecado, pode continuar portando as velhas marcas emocionais e, necessita do toque curador de Deus, (evidentemente também com a ajuda da medicina, da psicologia, da psiquiatria, da geriatria, etc…)

Você pode ter a CURA INTERIOR também pelo toque curador de Deus! A Palavra de Deus é uma fonte terapêutica extraordinária, porque trabalha no intimo do ser humano, trazendo a cura para a alma e o corpo. Hebreus 4:12 diz: “Pois a Palavra de Deus é viva e eficaz, e mais afiada que qualquer espada de dois gumes; ela penetra até o ponto de dividir alma e espírito, juntas e medulas, e julga os pensamentos e intenções do coração”.
É exatamente isso que Deus deseja fazer na sua vida hoje. A Cura Interior de Feridas Emocionais, a mágoa, o ressentimento, raízes de amargura que pode estar contaminando sua vida e ocupando o lugar da alegria do Espírito, purificação do pecado, eliminação das velhas marcas emocionais…

Portanto, se você se encontra em situação de impotência diante da enfermidade da alma, do espírito e do corpo é nessas horas que contamos com o consolo ministrado pelo Espírito Santo e, muitas vezes somos surpreendidos pela sua intervenção miraculosa, aplicando cura para testemunho da Sua Glória!

É nestas horas que a Palavra de Deus que é viva e eficaz, e mais afiada que qualquer espada de dois gumes; penetra até o ponto de dividir alma e espírito, juntas e medulas, e julga os pensamentos e intenções do coração.

Por isso, neste momento quando vamos celebrar a Ceia do Senhor haveremos de trazer à memória que JESUS esta permanentemente presente, pertinho de cada um de nós, desejoso de nos abençoar, de nos curar, de nos libertar….

Não que os elementos que vamos ingerir (o pão e o vinho) tenham qualquer poder, mas é a certeza que um dia DEUS nos amou de tal maneira e permitiu que SEU FILHO desse seu corpo e o seu sangue para pagar o preço dos nossos pecados.

Alias, gostaria de desafiar você nestes dias a assistir o filme “A Paixão de Cristo” com Mel Gibson, e de fato trazer à sua memória do que foi que JESUS fez para que você pudesse viver esse momento de celebração e vitória. O que foi que ELE fez para que você pudesse ter suas Feridas Emocionais curadas e a certeza da vida eterna depois da morte….

Celebração da Ceia?

xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx

Feche seus olhos e pense em você agora! Não se importe com quem esta do seu lado. Qual é a lembrança que você tem na memória? O que mais lhe machucou no passado? Aproveite para fazer a sua revisão de vida… DEUS talvez queira cura-lo de enfermidades muito mais profundas!
Será que você guarda em sua memória palavras de condenação lançadas à sua vida por alguém? Existe sentimento de rejeição ai dentro? Sentimentos de culpa?

Existe depressão? Medo? Angústia? Vontade de chorar? Receba a cura esta noite em nome de Jesus!

Você se sente inseguro? Tem medo da morte? Não tem certeza para onde vai depois que morrer? Esta sentindo o desejo de entregar sua vida para Jesus? De receber a benção de Deus para sua vida, sua casa, sua família?

Do jeito que você esta eu quero lhe convidar para receber a CURA INTERIOR para sua alma, seu espírito e seu corpo…

Compartilhe a BençãoEmail this to someoneShare on Google+Print this pageTweet about this on TwitterShare on FacebookShare on LinkedIn

Comentários no Facebook