Nínive ou Társis?

“Veio a palavra do SENHOR a Jonas… dizendo: Dispõe-te, vai à grande cidade de Nínive… Jonas se dispôs, mas para fugir da presença do SENHOR, para Társis…”

Parece até um problema de comunicação, não é mesmo? Deus diz para Jonas: “…dispõe-te e vá pregar em Nínive!!!” e a Bíblia diz: “…Jonas se dispôs e foi para Társis…”

Será que houve falha na comunicação?? Impossível, pelo menos da parte de Deus.

Não fosse a própria Bíblia relatar que Jonas ao receber tal ordem tentou ir para Társis para fugir da presença de Deus, poderíamos até pensar que o profeta tivesse interpretado ou entendido mal a ordem que recebera. Mas o fato é que Jonas entendeu muito bem aquela ordem e precisamos aprender uma coisa muito importante com isso:

Nós não queremos ir a Nínive!!

Nós não sentimos nenhum desejo de aparecer por lá!!

Nós não temos nenhuma capacidade de ir lá!!

Sabem por quê? Porque descendente de Adão nenhum acha compatibilidade entre os seus desejos e os desejos de Deus!

Nínive representa a OBRA MISSIONÁRIA, que nasceu no coração de Deus!!

Ir para Nínive significa deixar muitas coisas das quais amamos demais: Familiares, amigos, igrejas, convívio social, trabalho secular, planos, muitos planos, e etc…

A contrapartida é óbvia e perigosa: Ir para Társis além de significar estar levando uma vida segundo os nossos planos e propósitos, significa também, estar “…fugindo da presença do Senhor…”

Chegamos, então, a uma conclusão que deve ser a máxima do nosso relacionamento com Deus em todos os níveis, e deve ser perpetuado em nosso coração: SÓ IREMOS NOS ENVOLVER COM A PREGAÇÃO DO EVANGELHO NOS CONFINS DA TERRA SE, AO RECEBERMOS A VISÃO DELE, PARTIRMOS TAMBÉM, NO PODER E NA FORÇA DELE!!

Talvez o maior erro de Jonas tenha sido o de imaginar-se em Nínive sem estar na força e no poder do Senhor!!

Temos muitos Jonas nas igrejas hoje!!

Temos muitos irmãos que poderiam estar realizando uma grande obra nos Confins da Terra; mas ainda não estão lá, porque ainda não se viram naquele lugar com o Senhor da Seara, do lado.

Não podemos nunca obedecer ao mandamento do versículo 19 do capítulo 28 de Mateus sem considerar a última parte do versículo 20:

“…Ide, portanto, fazei discípulos de todas as nações, batizando-os em nome do Pai, e do Filho, e do Espírito Santo; ensinando-os a guardar todas as coisas que vos tenho ordenado. E eis que estou convosco todos os dias até à consumação do século…”

Que Deus nos dê fé para vê-lO do nosso lado na realização da obra dEle!!

Compartilhe a BençãoEmail this to someoneShare on Google+Print this pageTweet about this on TwitterShare on FacebookShare on LinkedIn

Comentários no Facebook