Procurai a paz

HEBREUS 12:14-15

Introdução

Ontem eu estava lendo um livro sobre Nelson Manela. Um homem que lutou tanto pela paz no mundo que mais que ser um prêmio Nobel da paz, se tornou um mito, e sem dúvida nenhuma se tornou o homem mais importante que nasceu no século 20.

Fico pensando em nossas igrejas. Fui pastor em tempo integral por 15 anos e nunca consegui ver uma igreja viver e paz. Muitas vezes eu ouço pessoas dizendo que a igreja é assim porque é formada por humanos, mas eu vou dizer uma coisa pra você! Eu acho isso uma desculpa esfarrapada, uma muleta que os líderes religiosos lançam mão para justificar o fracasso da igreja de Cristo nos últimos dias.

Vivemos tempos terríveis com igreja do Senhor, e ninguém está percebendo nada. O povo de Deus não se da conta do momento crítico na história em que estamos vivendo.

Em Gênesis 6:5 a bíblia diz que …,” o SENHOR observou que a perversidade do ser humano havia crescido muito na terra e que toda a motivação das ideias que provinham das suas entranhas era sempre e somente inclinada à prática do mal”. Acredito que se mostrássemos esse texto para alguém que não conhece a bíblia a pessoa diria que ele está falando dos dias de hoje. Não estou aqui pra te aterrorizar e dizer que Deus vai destruir o mundo. Você sabe que isso não vai acontecer. Não com água pelo menos.

Eu quero extrair da bíblia, partindo do texto que lemos algumas lições que possam abrir nossos olhos para o futuro.

1- Deus nos exorta a viver em paz

Veja que o texto fala em viver em paz com todas as pessoas, mas não conseguimos viver em paz entre os irmãos em cristo, quem dirá entre os outros. Eu não estou querendo ser demagogo em dizer que isso e fácil de conseguir. Eu sei o quanto é difícil. O Salmos 34:14 nos diz: “Aparta-te do mal, e pratica o bem; busca a paz e empenha-te por conquistá-la”.

Viver em paz deve ser uma conquista do crente, isso porque nós temos um inimigo que se empenha em destruir a paz. O Crente hoje não consegue viver em paz de jeito nenhum e isso e obra de Satanás.

  • Não vive em paz com a esposa,
  • Não vive em paz com os filhos,
  • Não vive em paz com a sogra,
  • Não vive em paz no trabalho,
  • Não vive em paz com os amigos,
  • Não vive em paz consigo mesmo.

Você não pode dar o que não tem. Meu irmão e minha irmã, é imperativo que você encontre a paz em sua vida, pois caso contrário jamais fluirá rios de água viva em você, pois um rio não corre em leito seco. Santidade não convive com pecado. Viver em paz requer esforço. Em Romanos 14:19 lemos: “Por isso, esforcemo-nos em promover tudo quanto conduz à paz e ao aperfeiçoamento mútuo”. Tem gente que não faz questão nenhuma de promover a paz, muito pelo contrário, a igreja está cheia de emissários do diabo cuja missão é semear a discórdia, a desunião, a contenda.

Pois eu digo agora, na autoridade de Cristo Jesus que é o Senhor dessa igreja, que está acima de mim e do Pr Carlos, se você é um desses saiba que você não é bem vindo aqui dentro enquanto viver dessa maneira. Jesus precisa de pessoas que estejam disposta a serem quebrantadas, a serem quebradas e feitas novamente, ele precisa de pessoas disposta a serem saradas, curadas, transformadas, renovadas em suas mentes, ele precisa ter confiança em você, ele precisa poder contar com você.

Em Lucas 11:23 Jesus diz: “Toda pessoa que não está comigo, contra mim está, e aquele que comigo não ajunta, espalha”.

Eu acredito que buscar a paz não é uma opção para os filhos de Deus. Nelson Mandela disse em sua biografia : “Ninguém nasce odiando outra pessoa pela cor de sua pele, por sua origem ou ainda por sua religião. Para odiar, as pessoas precisam aprender, e se podem aprender a odiar, elas podem ser ensinadas a amar.”

Isso foi falado por um homem que viveu 30 anos de sua vida preso por um regime que segregava brancos de negros. Pessoas que mataram seu filho, que podiam ter destruídos sua vida. Eu vejo em Mandela a atitude de pessoas com as quais Cristo pode contar. Eu não sei se ela era cristão. Sei que ele teve contato com o evangelho. Não sei se vou encontrar o Mandela no céu, mais eu posso dizer que é muito mais fácil eu encontrar ele lá do que muitos crentes que conheci em minha caminhada até hoje.

O Texto não fala somente de Paz. Ele fala também de outra coisa!

2- Deus nos exorta a viver em santidade.

O texto fala algo muito sério que me parece que ninguém percebe. Ele diz que sem santidade ninguém pode ver a Deus. Uau! Que coisa terrível, que perigoso. Se eu não for santo, eu não vou poder ver a Deus.

Acredito que seja por isso que as pessoas se esforçam tanto nos cultos para chorar, para orar em línguas, para entrar em êxtase, para sentir as manifestações divinas o tempo todo, mas eu vou te dizer uma coisa, que talvez você ainda não saiba, mas precisa saber.. Você não será julgado pelo que você faz na igreja e sim pelo que você faz lá fora.

Deus não está preocupado se você fala em línguas ou não, não está preocupado se você chora no culto ou não, ele não se interessa em como você reage quando o adora, ou quando chega na presença dele, (se é que realmente chega), e sabe porque ele não está preocupado?

Porque isso são apenas manifestações pessoais suas. Aquilo que é pessoal é relativo, cada um tem o seu, cada um pode sentir o que quiser diante de Deus. Poxa, talvez você se pergunte: mas se o que acontece aqui no culto não é sinal de santificação o que é então pastor? Muitas pessoas confundem religião com religiosidade. A palavra religião vem do Latim Religare, que traz a conotação de religar algo que estava desligado, no caso a comunhão entre Deus e humanidade.

Religiosidade é a pessoa não ter um compromisso verdadeiro, é estar ali apenas por estar e movida apenas por uma rotina, um  costume. O que fazemos no culto na maioria das vezes é pura religiosidade.

Outro dia alguém disse pra mim que nossa Ceia é muito simples.

Agora eu pergunto, como é o certo? Alguém aqui pode afirmar como e o certo…? Alguém se atreve? A Ceia de Jesus com os discípulos foi o mais simples possível, pois foi feita em um lugar emprestado, usando apenas pão e vinho.

A Religiosidade é o mal que corrói a igreja de Cristo, pois ela vem travestida de santidade. Enquanto você pensa que está se santificando na verdade está sendo um idiota, não passa de um papagaio que repete as coisas sempre do mesmo jeito e acha que isso é santo. Jesus curava as pessoas de maneira diferentes, ele falava com pessoas diferentes, fazia coisas diferentes o tempo todo, justamente para não dar margem à religiosidade.

Ta bem pastor! mas você ainda não falou o que é santidade. A Palavra Santo significa aquele que é separado. Separado do que? Do mundo, da maldade, uma pessoa Santa é uma pessoa que não se conforma com o mundo, e uma pessoa que fica no aprisco do senhor, e uma pessoa que da frutos permanentes. Em Mateus 7:18-20 Jesus diz: “A árvore boa não pode dar frutos ruins, nem a árvore ruim produzir bons frutos. Toda árvore que não produz bons frutos é cortada e atirada ao fogo. Portanto, pelos seus frutos os conhecereis”.

Santidade e procurar a paz, e viver bem, é buscar viver aqui o que você quer viver no céu. Santidade não tem nada a ver com o que você faz no culto, tem a ver com o que você faz na sua vida.

Pastor como eu posso me livrar da religiosidade, como posso me tornar uma pessoa pacificadora, como posso?

3- Deus nos exorta a deixar a mágoa de lado.

O texto diz para “que nenhuma raiz de mágoa venenosa brote e vos cause confusão, contaminando muitos; perceba que ele fala da mágoa como se fosse uma doença contagiosa, como algo que se espalha rapidamente.

A amargura é perturbadora, tanto para quem a possui, quanto para os outros. O grande problema da amargura é que ela contamina o ambiente. Assim como o sal, o fermento, o tempero, em geral, a amargura atinge a totalidade. Ela contamina a comunidade com seu efeito maléfico. Quando um membro da igreja fica amargurado com alguma situação, nem sempre consegue guardar aquilo só pra ele, e logo temos uma comunidade contaminada.

No versículo 15, o autor compara tal atitude como procedimento de alguém impuro e profano, e mais, semelhante a Esaú, que vendeu o direito de primogenitura. Mas tarde, querendo herdar a benção, foi rejeitado, pois não achou lugar de arrependimento (Gn 27.32-35).

Parece um caminho sem volta. Contamina-se de tal forma que não encontra saída. Quantas vidas amargas! Quantos corações contaminados por palavras venenosas! Quanta imprudência e ausência de vigilância daqueles que deveriam estar “semeando a paz”! (Tg 3.18). Peça a Deus para te livrar da amargura, porque ela adoece a alma.

Ninguém gosta de nada amargo. O amargo e ruim traz desconforto, não e apetitoso. Precisamos cultivar um coração perdoador. A Amargura te puxa para baixo, te arrasta para o abismo, para longe de Deus. Um coração amargurado produz somente frutos amargos.

Alguém gosta de comer frutos amargos? E claro que não. Deus e aquele que pode transformar o amargo em doce como ele fez com a água no êxodo. Ele pode transformar sua vida, seu caráter seu interior, te fazer produzir bons frutos, mas para isso você precisa se arrepender e se converter.

Conclusão

Eu quero partir para a conclusão dessa mensagem citando Hebreus 12:1 que diz: “Portanto, também nós, considerando que estamos rodeados por tão grande nuvem de testemunhas, desembaracemo-nos de tudo o que nos atrapalha e do pecado que nos envolve, e corramos com perseverança a corrida que nos está proposta”,

Esse texto nos mostra o caminho que o crente deve trilhar. Deixar para traz o embaraço, aquilo que te envolve, te enrola e te impede de seguir em frente. Deixar de lado o pecado, não significa que você não vai mais pecar, mas significa que quando você pecar, sentirá imediatamente arrependimento, nojo, repulsa de sua atitude.

Um dia estaremos diante de Deus para apresentar nossas vidas e nesse dia, você não vai poder fazer mais nada. A hora da escolha, da virada, é agora.. hoje é o dia de mudar. 

Que Deus nos abençoe em relação a isso.

Autor: Wilhan José Gomes

Compartilhe a BençãoEmail this to someoneShare on Google+Print this pageTweet about this on TwitterShare on FacebookShare on LinkedIn

Comentários

comments

Contribua com sua opinião