Três esferas do amor

Nossa sociedade pós-moderna vive num ritmo alucinante. A correria do dia a dia impõe um ritmo no qual não sobra tempo para cultivarmos nossos relacionamentos. O amor é deixado de lado.

TEXTO: I Co 13. 1-13

Transição: No entanto temos que ter prioridades e amar a família é uma delas.

  1. Amar a família (Gênesis 46:28-30)
    1. Mesmo que o relacionamento não seja fácil
    2. Amar o irmão
    3. Pais

Aplicação: A família foi criada por Deus, por isso precisamos amá-la.

Transição: Muitas vezes pessoas que não são da nossa família também são importantes para nós.

  1. Amar os amigos (Provérbios 18:24)
    1. Cuidado com relacionamento somente por meios eletrônicos
    2. Desenvolver amizades baseadas na fidelidade e confiança
    3. Compartilhar as alegrias e tristezas
    4. Amar incondicionalmente

Aplicação: Para desenvolver uma amizade verdadeira é indispensável que ela seja olho-no-olho, sem disputas, em todas as circunstâncias e sem interesse.

Transição: Amar os amigos e a família é fácil, porém Deus também nos ensina algo a mais sobre o amor.

  1. Amar os inimigos (Lucas 6:27)
    1. Mesmo que eles só queiram nos ver pelas costas
    2. Chefe mala
    3. Não é fácil, por isso é necessário dependência de Deus
    4. Contar até mil
    5. Ter consciência que em troca poderá receber atitudes agressivas

Aplicação: Amar o inimigo é cumprir o mandamento divino

Transição: Verificamos que o amor a família, aos amigos e aos inimigos são assuntos de destaque na bíblia.

CONCLUSÃO: Se Deus se preocupou com esses assuntos, ao ponto de deixá-los escritos em sua palavra, nós também precisamos priorizá-los. Precisamos nos esforçar para demonstrar mais amor por essas pessoas.

Osias Mainardes

Compartilhe a BençãoEmail this to someoneShare on Google+Print this pageTweet about this on TwitterShare on FacebookShare on LinkedIn

Comentários

comments

Contribua com sua opinião