A Palavra estava em Deus, e a Vida na Palavra

Estudo Acerca da Trindade

Parte I

A Palavra estava em Deus

( O Último Adão)

Adão, o primeiro homem criado por Deus, foi formado do pó da terra puro, perfeito, sem mácula e para viver eternamente. Ao desobedecer a ordem colocada por seu Criador, pecou, e com seu pecado a morte entrou no mundo, e ambos passaram a todos os homens: ” Pelo que, como por um homem entrou o pecado no mundo, e pelo pecado a morte, assim também a morte passou a todos os homens porque todos pecaram” ( Romanos 5:12 – Cf. Rom 3:23 ). A raiz do pecado de Adão passou, sem distinção, para todos os homens, pois todos pecaram em Adão, inclusive José e Maria, não havia exceção à regra. Contudo, o último Adão, Jesus Cristo, deveria vir ao mundo para vencer onde o primeiro havia caído, entretanto, era necessário que viesse na mesma condição do primeiro, ou seja, puro, perfeito, sem mácula, sem a raiz do pecado original. “Assim também está escrito: O primeiro homem, Adão, foi feito alma vivente; o último Adão, espírito vivificante”( I Cor 15:45 ). E é justamente acerca do envio do Último Adão, Jesus Cristo, ao mundo que iremos abordar nesse estudo. Antes porém, retornando à história de Adão e Eva, definiremos algo dentro das escrituras que poderemos chamar de princípio da unidade Bíblica. Adão foi formado do pó da terra e de uma de suas costelas, foi formada sua mulher, Eva. O fato de ter saído de Adão é que faz com que Eva seja apenas uma só carne com ele. ( Gn 2:18-24 ). Esse é o princípio da unidade bíblica, para que dois sejam apenas um, é necessário que um tenha saído do outro. No evangelho de João encontramos: “Eu e o Pai somos um”( João 10:30 ). Nesse texto, Jesus afirma claramente que Ele e Deus são apenas um, logo, para que isso fosse verdade, era necessário que o princípio da unidade bíblica ocorresse em relação aos dois, ou seja, um teria que ter saído do outro, como Eva saiu de Adão. Encontramos em João 17:08 “Porque eu lhes tenho transmitido as palavras que me deste e eles as receberam e verdadeiramente conheceram que SAÍ DE TI, e creram que tu me enviaste” ( Cf João 13:03 ). Nesse texto, Jesus claramente afirma ter saído de Deus, mas de onde ? Eva saiu da costela de Adão, e Jesus teria saído de onde? Em João 1:1 encontramos : “No princípio era a Palavra, e a Palavra estava em Deus, e a Palavra era Deus “. Quem é a Palavra? Jesus Cristo, é a Palavra de Deus: “Está vestido com um manto tinto de sangue, e o seu nome se chama a Palavra de Deus”( Apocalipse 19:3 ). E Palavra saí de onde? Da boca de quem a profere! Jesus portanto é a Palavra que saiu da boca de Deus! Como entender melhor o apresentado ? A bíblia relata em Gn 1:1 “No princípio Deus criou os céus e a terra”. As escrituras se iniciam com o primeiro versículo em Gênesis apresentando Deus como criador de todas as cousas. Em muitas outras passagens bíblicas essa verdade é apresentada, tal como em Efésios 3:9 ” e demonstrar a todos qual seja a dispensação do mistério, que desde os séculos esteve oculto em Deus, que a tudo criou” ( Cf ainda Isaías 45:12-18, Apocalipse 4:11, Salmos 148:05 ; Gn 14:19 ; Jr 10:16 ; e vários outros textos ). Deus portanto é o criador de todas as cousas. Porém a bíblia apresenta Jesus Cristo como Criador. “Nestes últimos dias nos falou pelo Filho a quem constituiu herdeiro de todas as cousas, PELO QUAL TAMBÉM FEZ O UNIVERSO “( Heb 1:2 – Grifo Nosso – Ver ainda Col 1:16 b ). Como compreender essa criação ? Ao contrário do que ensina as Testemunhas de Jeová, Deus não criou Jesus, e depois esse o auxiliou nas demais criações, isso é errado. Por outro lado, no princípio Jesus não estava como criador ao lado de Deus o auxiliando, pois assim teríamos 2 Deuses, e não apenas um conforme apresenta as escrituras: ” …Eu sou o primeiro, e eu sou o último, e FORA DE MIM NÃO HÁ DEUS” ( Isaías 44:6b )( Cf Ainda Is 45:14, 45:18-22 ). No princípio Jesus ( A Palavra ) estava em Deus e era o próprio Deus. Logo, no princípio havia Deus, e Jesus estava nele, era sua Palavra. Para compreensão, tomemos como exemplo a criação da luz : – Quando disse Deus: “Haja Luz”, e a luz foi formada, quem criou a luz ? Deus, pois foi Ele quem proferiu a ordem mediante a qual a luz foi formada. E qual é o papel de Jesus Cristo ? É Ele a ordem mediante a qual a luz se formou, ou seja, a Palavra “Haja Luz”. Portanto, Deus criou todas as coisas por intermédio de Jesus, ou seja, de sua Palavra: ” Todas as cousas foram feitas por intermédio dele, e sem ele nada do que foi feito se fez” ( João 1:3 ) “Pela fé entendemos que foi o universo formado pela Palavra de Deus, de maneira que o visível veio a existir das cousas que não aparecem” ( Heb 11:3 ). E o Salmista nos demonstra tal fato de maneira clara ao colocar: “Os céus por sua PALAVRA ( Jesus ) se fizeram, e pelo sopro de sua boca o exército deles… Pois ELE FALOU, e tudo se fez; Ele ORDENOU e tudo passou a existir”( Salmos 33:6-9 Cf Ainda 2 Ped 3:5 e Sal 148:5 ). Uma vez compreendido essa questão podemos partir para uma mais abrangente que é o texto de Colossenses 1:15 ” Ele é a imagem do Deus invisível, o primogênito de toda a criação “. As Testemunhas de Jeová utilizam tal texto para afirmarem que Jesus é criatura e não criador, revelando com isso desconhecimento da Bíblia, e falta de discernimento no Espírito. Outro texto que se assemelha ao de Colossenses é o de Apocalipse: “Ao anjo da igreja de Laodicéia escreve: Isto diz o Amém, a testemunha fiel e verdadeira, o princípio da criação de Deus” ( Apc 3:14 ). Como compreender o texto sem deixar dúvidas ? Para explicação, consideremos que tenha sido a Luz a primeira criação de Deus. Tente agora imaginar o princípio, ou seja, somente Deus e mais nada, como descreve João em 1:1 “No princípio era a Palavra e a Palavra estava em Deus, e a Palavra era Deus” Quando disse Deus, “Haja Luz”, para que essa viesse a existência, a Palavra precisou ser dita ( criada / falada ) primeiramente. Logo, a Palavra veio primeiro que a Luz, esse é o sentido de Colossenses, bem como veio primeiro que qualquer outra criação de Deus. Logo, a Palavra/Jesus é o primogênito de toda criação, pois para que a primeira criação viesse à existência a palavra precisou ser falada primeiramente. Algumas testemunhas de Jeová dizem que Jesus não poderia ser Deus, pois disse : “… O Pai é maior do que Eu” ( João 14:28 ). No começo desse estudo, falamos sobre o princípio da unidade bíblica. Adão e Eva são apenas uma só carne pelo fato de Eva ter saído de Adão. E quem é maior, ele ou Eva? Adão, pois Eva foi quem saiu d’ele. Da mesma forma, quem é maior Jesus ou a Igreja ( sua noiva ) ? Jesus, pois a Igreja é quem saiu d’Ele. E quem é maior, Deus ou Jesus? Deus, pois Ele saiu do PAI. Logo, as palavras de Jesus não demonstram nenhuma incoerência, de fato, Deus é maior que o Filho. “Quero, entretanto, que saibais ser Cristo o cabeça de todo o homem ( leia-se a Igreja), e o homem o cabeça da mulher, e DEUS O CABEÇA DE CRISTO “( I Cor 11:3 ). Também é comum entre as Testemunhas de Jeová a pergunta: Se Jesus é Deus como pode estar assentado à direita D’Ele? No princípio conforme ensina as escrituras, a Palavra ( Jesus ) estava em Deus e era o próprio Deus. Mas a Palavra se fez carne e habitou entre nós. Veio ao mundo para fazer a vontade daquele que a enviou e retornou para o Pai: “Assim será a Palavra que sair da minha boca; não voltará para mim vazia, mas fará o que me apraz, e prosperará naquilo para que a designei”( Isaías 55:11 ). E de fato, Jesus Cristo, a Palavra de Deus, veio ao mundo, cumpriu a vontade do Pai e não retornou para Ele vazio, pois através de seu sacrifício muitos foram e ainda serão feitos Filhos de Deus, reconciliados ao Criador através do Último Adão. Mas ao retornar para Deus, não poderia voltar para de onde havia saído, ou seja: Em DEUS! A costela depois que foi retirada de Adão e transformada em uma Mulher, passou a viver não em Adão, mas a seu lado como companheira. Jesus ao retornar aos céus vitorioso, retorna para à Direita de Deus: “o qual exerceu ele em Cristo, ressuscitando-o dentre os mortos, e fazendo-o sentar à sua direita nos lugares celestiais”( Efésios 1:20 – Veja Atos 7:55 ; Col 3:1 e Heb 10:12 ). Na segunda parte desse estudo abordaremos acerca do Espírito Santo.

Parte II

E a Vida estava na Palavra

( Os Sete Espíritos de Deus )

Dando seqüência ao nosso estudo, falaremos acerca do Espírito Santo de Deus e seu papel na criação. Para que Ele e Deus fossem apenas um, era necessário que o princípio da unidade bíblica ocorresse em relação à Ele também. Eva saiu da costela de Adão, Jesus saiu da boca de Deus, de onde teria saído o Espírito Santo ? Em João 1:4 ” A vida estava nela ( Palavra ) e a vida era a luz dos homens” ( Destaque Nosso – Cf 1 Jo 5:11 ). Jesus Cristo disse à nosso respeito em Mateus 5:14:”Vós sois a luz do mundo”; e em Mateus 6:22 completa: “São os olhos a lâmpada do corpo. Se os teus olhos forem bons, todo o teu corpo será luminoso”. O que reflete nossa luz ao mundo são os nossos olhos. Em João 8:12 Jesus disse: “Eu sou a luz do mundo “. Na verdade Ele disse que é a Vida, pois ela é a Luz dos homens. E sendo Jesus a luz do mundo o que reflete sua luz? São seus olhos, Mateus 6:22, responde essa questão. E como são os olhos de Cristo ? : “Estas cousas diz o Filho de Deus, que tem os olhos como chama de fogo, e os pés semelhantes ao bronze polido”( Apocalipse 2:18 – Ver Ainda 19:12 e 1:14 ). E quantos são esses olhos? : “.. Ele tinha sete chifres, bem como sete olhos que são os SETE ESPÍRITOS DE DEUS enviados por toda a terra”( Apocalipse 5:6b – grifo nosso ). E quem são esses sete Espíritos ? : “Repousará sobre ele ( Jesus ) o Espírito do SENHOR (1), o Espírito de SABEDORIA (2) e de ENTENDIMENTO (3), o Espírito de CONSELHO(4) e de FORTALEZA (5), o Espírito de CONHECIMENTO (6) e de TEMOR DO SENHOR (7)”( Isaías 11:2 – Conteúdo entre parênteses para facilitar compreensão ). Os Testemunhas de Jeová negam que Jesus seja o próprio Deus, entretanto, acima temos que os 7 Espíritos de Deus, são os seus olhos, e em Zacarias, esses olhos são do Deus Todo Poderoso: “Aqueles SETE OLHOS, são os olhos do SENHOR que pecorrem toda a terra”( Zac 4:10b). Esses 7 Espíritos são representados em Apocalipse como Tochas de Fogo ( Apoc 4:5 ), razão pela qual os olhos de Jesus são chamas de Fogo. Mas o Espírito Santo é apenas UM, e temos 7 Espíritos? Como compreender ? O Sol é responsável pela vida no planeta terra (fisicamente falando); sem ele todas as espécies morreriam. Sua luz possui a coloração BRANCA entretanto quando ela muda de meio se divide em SETE CORES, que são as cores do arco-íris. O Espírito Santo é a LUZ DO MUNDO, no plano espiritual, sem ele não haveria a vida; Ele é apenas um, mas da mesma forma como a luz do mundo ( O SOL ) se divide em 7 Cores, o Espírito Santo ( a Luz dos homens ) se divide em SETE ESPÍRITOS. Qual o papel D’Ele na criação ? Ele é a Vida que estava na Palavra. Deus é Criador por ter proferido a Palavra. Jesus é Criador, por ser a Palavra proferida que deu origem à luz, e o Espírito Santo é Criador, pois é a VIDA que estava na Palavra. A Palavra saiu da BOCA de Deus, o Espírito Santo dos OLHOS. Jesus dando tríplice testemunho de sua condição declara: “Eu sou o caminho ( como Filho ) a Verdade ( como o Pai ) e a Vida ( como o Espírito Santo ), ninguém vem ao Pai senão por mim” ( João 14:6 ). Estando ainda com seus discípulos certa vez disse Jesus: “Convém que eu vá, porque se eu não for, o Consolador não virá para vós; mas, se eu for, eu o enviarei”( João 16: 7b). E quando Ele retorna aos céus, desce a terra o Espírito Santo de Deus. Como vimos, os olhos de Jesus ( Espírito Santo ) são chamas de fogo, e testificando isso, ao vir sobre a terra o Espírito Santo, Ele é enviado em forma de línguas de Fogo: “E apareceram distribuídas entre eles, LÍNGUAS COMO DE FOGO, e pousou uma sobre cada um deles”( Atos 2:3 – Destaque nosso ).

Parte III

E a Palavra se fez Carne

( O Pai concedeu ao Filho Ter Vida em Si Mesmo )

O primeiro Adão era perfeito, puro, sem mácula, porém pecou contra Deus, e com seu pecado a morte entrou no mundo e passou a todos os homens, inclusive José e Maria. Era necessário que o Último Adão viesse ao mundo na mesma condição do primeiro, ou seja, sem mácula, sem pecado, puro, perfeito, para vencer onde o primeiro havia caído. Porém, tanto José quanto Maria, herdaram o pecado original de Adão, e Jesus não poderia ter em seu sangue, nenhuma característica genética de seus pais terrenos, pois eles eram descendentes de Adão. Como aconteceu o nascimento de Jesus ? A Bíblia relata em Mateus : “Ora, o nascimento de Jesus Cristo foi assim: Estando Maria, sua mãe, desposada com José, antes que coabitassem, achou-se grávida pelo Espírito Santo”( Mateus 1:18 ). Abre-se agora uma explicação sensata e lógica, e que muitas vezes passa despercebida pelo cristão. Maria não teve relação com José, logo, não foi necessário utilizar-se do “esperma” de José. Da mesma forma, não foi necessário utilizar o “óvulo” de Maria, pois em ambos, residia a raiz do pecado original. O que entendemos como o principio da vida ( que é o óvulo fecundado ) é que foi colocado no ventre de Maria para ser Gerado, e isso, pelo PODER DA PALAVRA, pois essa, se FEZ CARNE, no ventre de Maria. “Porque assim como o Pai tem vida em si mesmo, também concedeu ao Filho TER VIDA EM SI MESMO”( João 5:26). Jesus portanto, não possuía em suas veias, nenhuma característica genética nem de José e tão pouco de Maria. O que pelo poder da Palavra ocorreu há quase dois mil anos atrás, somente nos dias atuais, é que a ciência começou a utilizar-se ( limitadamente / pois não ter o poder de gerar vida do nada como Deus ) de método parecido,a fecundação in vitro. Mulheres servem de hospedeira para óvulos fecundados in vitro ( barrigas de aluguel / ou não ) para gerarem as crianças. Entretanto, apesar de receber em seu ventre aquele óvulo fecundado, a futura criança nascerá com as características genéticas da mãe doadora do óvulo e do pai que doou o esperma, e não da mãe receptora. De igual forma, Maria, apenas gerou a criança, não transmitindo à Ele nenhum característica genética sua. Certa vez ao ser interpelado por Maria, disse Jesus: “Mulher, que tenho eu contigo? “( João 2:4 ). Em outras palavras, Mulher que tenho eu de ti ? José e Maria, são pais de Jesus por criação, e não por geração. Portanto, Maria, nunca foi e nem será MÃE DE DEUS, pois somente Ele, seu Filho e o Espírito Santo, são desde a eternidade. Como qualquer outra pessoa, Maria precisou Dele para ser salva: “A minha alma engrandece ao Senhor, e o meu espírito se alegra em Deus meu Salvador”( Lucas 1:46 ). Maria e José desempenharam um papel importante no envio do REDENTOR ao mundo, e terão galardão proporcional à imensa contribuição dada à causa de Deus, contudo, isso não os torna co-salvadores, ou co-redentores, ou à qualquer outro discípulo, apóstolo, ou seguidores do Messias, pois somente através D’Ele, que na cruz pagou um alto preço por nossos pecados, chegamos até à Deus: “Porque há um só Deus, e um só Mediador entre Deus e os homens, CRISTO JESUS, homem”( I Tim 2:5 ). Você não precisa de intermediários, pelo contrário, tanto eles quanto você, precisam unicamente de JESUS CRISTO, vá direito à Ele!!!

Para a Maior Glória de Deus!

Compartilhe a BençãoEmail this to someone
email
Print this page
Print
Tweet about this on Twitter
Twitter
Share on Facebook
Facebook
Share on LinkedIn
Linkedin

Comentários

comments

Contribua com sua opinião