A montanha de bronze

Em uma terra distante, havia uma montanha de bronze tão alta que parecia tocar as nuvens. A cada cem anos, aparecia um pássaro para afiar o seu bico no alto daquela montanha.

Um velho sábio vivia em uma cabana ao pé da montanha. Certo dia, ele foi procurado por um discípulo que estava intrigado com uma questão:

“O senhor sempre me diz que a vida é passageira, e que depois vamos para a eternidade. Mas o que é eternidade?”

O mestre sorriu, respirou calmamente, olhou para a grande montanha de bronze e respondeu:

“Você sabe que, uma vez a cada século, vem um pequeno pássaro afiar o bico no cume daquela montanha de bronze… Então imagine comigo: se algum dia essa montanha vier a se extinguir por causa disso, desgastada pelo bico dos pássaros que aqui vêm a cada cem anos, esse tempo ainda não seria nada perto da eternidade…”

Compartilhe a BençãoEmail this to someone
email
Print this page
Print
Tweet about this on Twitter
Twitter
Share on Facebook
Facebook
Share on LinkedIn
Linkedin

Comentários

comments

Contribua com sua opinião