Bondade

Gary, um jovem pastor em Michigan, começou uma viagem no carro da igreja com um grupo de jovens e dirigiu-se para North Dakota, Montana e Idaho. O propósito da sua viagem era a de terem aventura, comunhão e desafio espiritual no Grande West Americano. A ideia era boa, mas a velha carrinha não cooperou – o mesmo acontecendo com algumas pessoas ao longo da viagem. Quando o carro se avariou algures em Montana, Gary telefonou a uma igreja da sua denominação.
Ele perguntou se os jovens podiam passar a noite no edifício da igreja. Todos eles tinham sacos cama e podiam dormir no chão. Tristemente, os líderes da igreja disseram não. Assim o grupo teve que ficar num hotel enquanto esperaram 2 dias até que o carro estivesse pronto. O tempo arrastou-se e os jovens começaram a ficar inquietos. Consciente da sua situação difícil, uma senhora que morava na região levou-os para o seu rancho. Ela ensinou-os a montar cavalos, deixou-os dar uma ajuda nas tarefas rotineiras, e serviu-lhes refeições maravilhosas. Entretanto, o mecânico reparou o seu carro por um custo apenas simbólico. Ironicamente, nem a dona do rancho nem o mecânico freqüentavam uma igreja.
É humilhante, mas por vezes Deus usa os que não vão à igreja para fazer lembrar aos Cristãos que devem “fazer bem a todos, especialmente aos domésticos da fé” (Gálatas 6:10).

Compartilhe a BençãoEmail this to someone
email
Print this page
Print
Tweet about this on Twitter
Twitter
Share on Facebook
Facebook
Share on LinkedIn
Linkedin

Comentários

comments

Contribua com sua opinião