O amor que transforma

Uma garota paraplégica cansou-se de suas muletas e das longas sessões de fisioterapia.


Certo dia, quando seu pai insistia com ela para que continuasse o tratamento, a menina jogou-se em seus braços e perguntou-lhe : – “Papai, você não me ama do jeito que eu sou?”


O pai compreendendo a tristeza e a frustação da filha, abraçou-a longamente. Depois, disse-lhe : – “Sim, querida, eu a amo assim como você é. Mas, tem uma coisa : eu a amo demais para permitir que você continue na condição em que está!”.


Comentando esta fato, Herbert Lugt diz : Deus ama a cada um de nós exatamente como somos – cheios de imperfeições. Ele nos ama até mesmo quando estamos sendo pressionados pelas mais diversas tentações. Ele nos ama porque aceitou-nos em Jesus, perdoando-nos. Todavia, Ele nos ama demais para permitir que continuemos onde estamos.


O nosso Pai quer transformar-nos. Em nossas lutas contra o pecado e em meio ao sofrimento, Ele age, visando desenvolver o nosso caráter, de modo que nos tornemos parecidos com Jesus. Assim, ao passar por lutas e provações, lembre-se de que o Senhor o ama. Ele está fazendo uso de todas as suas circunstâncias para transformá-lo”.

Compartilhe a BençãoEmail this to someone
email
Print this page
Print
Tweet about this on Twitter
Twitter
Share on Facebook
Facebook
Share on LinkedIn
Linkedin

Comentários

comments

Contribua com sua opinião