Pára-quedas

Certa vez, pai e filho foram voar de avião, era um avião pequeno e muito antigo, que um amigo os havia emprestado.


O filho tinha muito medo de andar de avião, e foi muito difícil convencê-lo à voar, mais depois de muita insistência, o pai o convenceu, e lá estavam .


O pai era piloto experiente, e sabia exatamente o que estava fazendo, ao contrário do filho que era medroso, e apavorava-se com qualquer coisa.


Tudo parecia tranqüilo, quando de repente veio um forte vento, e o aviãozinho começou a trepidar, o filho apavorado olhou para o pai, e ouviu como resposta : “Confie em mim”.


O vento passou e inesperadamente veio uma grande chuva, e a visibilidade naquele avião era praticamente nenhuma, outra vez o filho atônito olhou para seu pai, e ouviu como resposta : “Confie em mim”.


A chuva passou, e quando tudo parecia calmo, uma fumaça negra começou a sair do motor do avião, dessa vez o filho ficou desesperado, e olhando para seu pai ouviu como resposta : “Confie em mim”.


O pai estagnou o avião, saiu da cabine do piloto e pra surpresa do filho só havia um pára-quedas.


Gaguejando o filho perguntou ao pai : “O que … que no… nós va… vamos fa… fa… fazer” !


Serenamente o pai pegou o pára-quedas, o colocou em suas costas, e ordenou que seu filho pulasse do avião sem pára-quedas. Não havia explicação para aquela atitude, o filho não podia entender aquilo, e mais uma vez olhou para o pai e ouviu como resposta: “Confie em mim”.


Vendo que não havia mais tempo, o filho resolveu depositar a sua confiança em seu pai, e pulou do avião. Enquanto caía viu seu Pai também pular do avião, e com muita habilidade seu pai o seguia no ar como se fosse um pássaro, indo em direção ao seu filho, foi chegando perto até que finalmente o alcançou, o segurou bem firme, e abrindo o único pára-quedas, salvou a vida de seu filho, que permaneceu agarrado ao seu pai.


Às vezes somos como esse filho, apavorados, medrosos, e por muitas vezes não entendemos a vontade de nosso Pai Celestial, mas em meio à todas as adversidades, nós olhamos para o Pai e ele nos diz : “Confie em mim”.


Deus é assim, ele sempre sabe aquilo que precisamos, ele sempre sabe o que é bom para nós, ainda que não tenhamos a compreensão de seus desígnios, pois eles são inefáveis, mas mesmo assim se confiarmos nele, se acreditarmos que ele cuida de nós mesmo nas dificuldades, então teremos a postura que Deus quer que tenhamos : A postura de aceitar, antes de entender.


Está sem pára-quedas ?


Agarre-se ao Pai !


Ainda que seja difícil, confie.


Ainda que seja impossível, confie.


Ainda que você não entenda, confie.


Ainda que você não encontre explicações, tão somente confie, pois como bem disse o Salmista : “Os que confiam no Senhor serão como os Montes de Sião que não se abalam, mas permanecem para sempre” (Sl.125-1).


Os que confiam no Senhor Jesus, ainda que passem por ventos, tempestades ou qualquer dificuldade, não serão abalados porque a sua confiança está naquele que sempre sabe o que faz !


Shalom !

Compartilhe a BençãoEmail this to someone
email
Print this page
Print
Tweet about this on Twitter
Twitter
Share on Facebook
Facebook
Share on LinkedIn
Linkedin

Comentários

comments

Contribua com sua opinião