Por que o seu defeito é sempre do outro?

Por que o seu defeito é sempre do outro?
Quando o outro não faz, é preguiçoso.
Quando você não faz, está muito ocupado.
Quando o outro fala, é intrigante.
Quando você fala, é crítica construtiva.
Quando o outro se decide a favor de um ponto, é cabeça dura.
Quando você faz o mesmo, está sendo firme.
Quando o outro não cumprimenta, é mascarado.
Quando você passa sem cumprimentar, é apenas distraído.
Quando o outro fala de si mesmo é egoísta.
Quando você faz isso, é porque precisa desabafar.
Quando o outro se esforça para ser agradável, tem uma segunda intenção.
Quando você age assim, é gentil.
Quando o outro faz alguma coisa sem ordem, está excedendo.
Quando você faz, é iniciativa.
Quando o outro progride, teve oportunidade.
Quando você progride, é fruto de muito trabalho.
Quando o outro luta pelos seus direitos, é teimoso.
Quando você faz, é prova de caráter.
Quando o outro encara os dois lados do problema, está sendo fraco.
Quando você o faz, está sendo compreensivo.
Vigie os seus pensamentos, porque eles se tornarão palavras.
Vigie as palavras, porque se tornarão atos.
Vigie os seus pensamentos, porque eles se tornarão seus hábitos e seu caráter.
Vigie seu caráter, porque ele será o seu destino.

Compartilhe a BençãoEmail this to someone
email
Print this page
Print
Tweet about this on Twitter
Twitter
Share on Facebook
Facebook
Share on LinkedIn
Linkedin

Comentários

comments

Contribua com sua opinião