Sabia que virias

O meu amigo não regressou da batalha, Senhor. Dai-me premissão para o ir procurar.
Nem pensar. Não quero que arrisques a vida por um homem que provavelmente está morto. Respondeu o oficial.
O soldado desobedeceu e foi procurar o seu amigo. Acabou por regressar ao fim de algum tempo
mas ferido gravemente e com o cadaver do seu amigo às costas.
O oficial estava furioso: que estúpido és. Disse-te para não ires. Agora em vez de um homem morto tenho dois. Merecia a pena teres ido?
Claro que sim, senhor” disse o soldado moribundo. Quando o encontrei estava vivo e pode ainda dizer-me ‘sabia que virias’.

Compartilhe a BençãoEmail this to someone
email
Print this page
Print
Tweet about this on Twitter
Twitter
Share on Facebook
Facebook
Share on LinkedIn
Linkedin

Comentários

comments

Contribua com sua opinião