Uma história de amor

Era uma vez uma ilha onde moravam os seguintes sentimentos: a Alegria, a Tristeza, a Vaidade, a Sabedoria, o Amor e outros.


Um dia avisaram para os moradores desta ilha que ela ia ser inundada. Apavorado, o Amor cuidou para que todos os sentimentos se salvassem, ele então falou: “Fujam todos, a ilha vai ser inundada!”


Todos correram e pegaram seus barquinhos, para irem a um morro bem alto. Só o Amor não se apressou, pois queria ficar um pouco mais com sua ilha. Quando já estava se afogando,  correu para pedir ajuda.


Estava passando a Riqueza e ele disse:


“Riqueza, leve-me com você.”


Ela respondeu:


– “Não posso, meu barco está cheio de ouro e prata e você não vai caber.”


Passou então a Vaidade e ele pediu:


– “Ei! Vaidade, leva-me com você…”


“Não posso, vai sujar meu barco.” – ela respondeu.


Logo atrás vinha a Tristeza:


“Tristeza, posso ir com você?”


“Ah! Amor estou tão triste que prefiro ir sozinha.”


Passou a Alegria, mas estava tão alegre que nem ouviu o Amor chamar por ela.


Já desesperado, achando que ia ficar só, o Amor começou a chorar, então passou um barquinho onde estava um velhinho e ele então falou:


– “Sobe, Amor que eu te levo.”


Chegando no alto do morro o Amor perguntou para Sabedoria:


“- Quem era aquele velhinho que me trouxe?”


Sabedoria respondeu:


“- O tempo.”


“- O tempo?” – perguntou Amor


“- Mas por que o tempo?”


Porque só o tempo é capaz de compreender e não esquecer de um grande Amor…

Compartilhe a BençãoEmail this to someone
email
Print this page
Print
Tweet about this on Twitter
Twitter
Share on Facebook
Facebook
Share on LinkedIn
Linkedin

Comentários

comments

Contribua com sua opinião