Estou desanimado

Li nos comentários a respeito de um texto sobre o desânimo:
“Ando totalmente desmotivado com a vida!”
“Estou desanimada, muito desanimada. O que fazer?”
“Estou muito desanimada, nada me anima. Tenho um desgosto profundo que nunca acaba”.
“Quero encontrar forças, porém não consigo, estou sem esperanças, mas tenho um filha e por ela preciso reagir. Quero encontrar um saída”.
“Ando muito desanimado, só quero fumar maconha e dormir. Tenho 15 anos. Alguém sabe como posso mudar isso?”
“Estou muito desanimada. Não tenho foco na faculdade… não durmo direito, só vontade de ficar sozinha”.
Os comentário continuam.
Fiquei pensando ao ler essas respostas: “Será que a igreja não poderia ser um local de de apoio, de solidariedade, de amizade para essas pessoas?”
Pensei mais ainda: “Quantos dos nossos estão assim e ninguém sabe?”
Por isso, apelo a você. Olhe ao redor e tente “ver” a pessoa que está “invisível”. Convide alguém para sair, tomar um café. Inclua uma jovem solitária no seu círculo de companheiras. Leve um rapaz com você no futebol.
Santo Deus! Faça a igreja ser o que ela deveria ser!
Abraços e não fique chateado(a).
Antonio Carlos Barro

Compartilhe a BençãoEmail this to someone
email
Print this page
Print
Tweet about this on Twitter
Twitter
Share on Facebook
Facebook
Share on LinkedIn
Linkedin

Comentários

comments

Contribua com sua opinião