Poucos para uma grande tarefa

Neste sermão vamos aprender que  são poucos para uma grande tarefa

Lucas 10.2

Introdução:

A tarefa ainda não está concluída

Transição:

Tendo tanta gente no mundo sem o evangelho, a igreja cristã precisa recuperar urgentemente o desafio de compartilhar as boas novas de Cristo.

Este desafio foi lançado por Jesus Cristo e continua até aos dias de hoje. Analisaremos nesta oportunidade este desafio que deve ser aceito pela igreja.

O mundo é grande (grande é a seara).

* Há no mundo 7.478.857.607 pessoas – dia 22.1.17.

Somente este ano: 4.448.728 vão nascer.

Sobram 5 bilhões de pessoas sem o evangelho.

* 196 países no mundo

* Temos no mundo 16.547 grupos de pessoas

– 6.693 não são alcançados

– 1.109 são minimamente alcançados

– 1.689 são superficialmente alcançados

– 2.801 são parcialmente alcançados

– 3.255 são significantemente alcançados (20% do total de grupos).

* No texto lido, vemos em outras versões da Bíblia:

– A colheita é grande

– A colheita é abundante

– A colheita é vasta

– A colheita é plena

– A colheita é larga

* Jesus está nos informando que existe uma grande colheita, que as pessoas para serem alcançadas para o seu reino ainda estão para serem colhidas.

* Creio que podemos concordar que a seara é grande e continuará aumentando, crescendo.

Os trabalhadores são poucos

* A colheita que já foi feita até agora não foi suficiente e Jesus não está satisfeito com ela. Há muito frutos para ser colhido e ele não quer que nada se perca.

* População cristã: 2.400.000 contando todos.

* Jesus quer que voltemos para a seara para buscar mais frutos. Existe, porém, um problema:

– Os trabalhadores são poucos. Trabalhadores são as pessoas contratas para a realização de um serviço.

– São poucos – A quantidade de trabalhadores é pequena em relação ao tamanho da colheita.

* Se usarmos uma ilustração:  Em Mateus 7.13-14 Jesus diz que no caminho estreito são poucos os que entram por ele. Ou seja, dos poucos dentro do caminho, poucos são os trabalhadores.

– A palavra para poucos é a mesma.

A solução para o desafio

* Rogar a Deus – suplicar, pedir com veemência.

– Ilustrar: Efésios 6.18: “Orando em todo o tempo com toda a oração e súplica no Espírito…”

– Orar dirigir-se a Deus para conversar com ele.

– Suplicar como um mendigo suplica por comida.

* Rogar a Deus e não a igreja ou mesmo ao trabalhador.

– Deus é o Senhor da Seara. Deus é o dono da vinha. Deus é o Senhor do mundo. A terra e tudo o que nela há pertencem ao Senhor.

– Jesus Cristo tem toda a autoridade no céu e na terra.

* Rogar para que Deus mande obreiros.

Mandar – arrancar a força, expelir, uso da força para que não haja resistência.

* NOTE que Jesus não está dizendo para que Deus mande pastores ou missionários (seria muito pouco para o tamanho da tarefa).

– Toda a igreja está convocada para a colheita.

Conclusão:

Levantai os olhos e vede que os campos estão prontos para a colheita, disse Jesus aos discípulos.

Estas palavras de Jesus são de incentivo. Ele não está pedindo trabalhadores para colher num campo vazio. Ela está dizendo que tem gente perto de mim e de você que precisa ser colhida para o seu Reino.

No dia da sua conversão, você já foi alistado como trabalhador do Senhor – agora compete a você decidir se vai trabalhar.

Autor: Antonio Carlos Barro

Visite o site www.ejesus.com.br

//flp

Compartilhe a BençãoEmail this to someone
email
Print this page
Print
Tweet about this on Twitter
Twitter
Share on Facebook
Facebook
Share on LinkedIn
Linkedin

Comentários

comments

Contribua com sua opinião