A Fidelidade de Mordecai

Introdução
Precisamos de homens que exercitem a fé e a fidelidade nos momentos difíceis da vida.

(1) Mordecai foi fiel para com o rei (2:19-23)

Estando assentado à porta do rei, Mordecai descobriu que dois eunucos do rei tramaram contra o rei Assuero. Ele avisou isso ao rei através de Ester. Enfim os malfeitores foram condenados e o rei podia conservar a vida pela fidelidade de Mordecai. Sendo tio e pai da rainha, era uma coisa vergonhosa trabalhar à porta do rei. Mas ele foi fiel nessa situação também. Com isso, ele recebeu mais graça que salvou a si mesmo e a seu próprio povo.

(2) Mordecai foi fiel para com Deus (3:1-6)

Hamã, ganhando o coração e a confiança do rei, foi erguido acima de todos os príncipes. Sendo erguido, ele fez com que todo o povo se inclinasse e se prostrasse diante dele, recebendo o mandato do rei. Mas Mordecai não se ajoelhou nem se prostrou, violando o mandato. Embora os servos do rei tentassem convencê-lo, não podiam dobrar sua fé firme. Então, Hamã começou a tramar para eliminar o povo judaico e Mordecai. Mordecai foi fiel para com Deus, guardando a lealdade da fé.

Conclusão
Senhor, ajuda-me a ser fiel para com Deus, guardando a fé em qualquer situação.

Compartilhe a BençãoEmail this to someone
email
Print this page
Print
Tweet about this on Twitter
Twitter
Share on Facebook
Facebook
Share on LinkedIn
Linkedin

Comentários

comments

Contribua com sua opinião