A crise da espiritualidade

Origem da Crise de espiritualidade

Um estado de rebelião – vs 2: acha que pode levar sua vida por si mesmo (Jo 15:5)

Uma falta de conhecimento – Vs 3: Jer 9:24; Mt 22:29 – Exemplo do agricultor.

– Um apego ao pecado: vs 4 – Os sintomas da derrota, nesta luta são tres: 1) esquecendo a alegria da primeira experiência de salvação, incluindo o desejo de estudar a Bíblia; a oração, o prazer em cultuar a Deus, e o sentido de pertencimento a Jesus. O Senhor chama-nos de volta ao primeiro amor (Apoc 2:5a) derrota para o pecado, e o Senhor nos chama ao arrependimento Apoc 2:5b); 3) uma diminuição na qualidade e quantidade do serviço cristão, e o Senhor chama aos Efésios para fazerem as obras de justiça que faziam no início de sua fé (Apoc 2:5c)

Características da Crise de Espiritualidade

Ritualismo hipócrita, culto indiferente – vs 11 e 14 – só fachada

Religiosidade estéril: vs 13-15

Princípios para combater a crise da espiritualidade

A graça de Deus – vs 18

O arrependimento genuíno: vs 16-17

A prática das disciplinas espirituais: vs 17 – Oração, Estudo da Palavra, prática da misericórdia

CONCLUSÃO:

Dicas práticas sobre espiritualidade

Como viver a verdadeira espiritualidade? Fp 2:5

Como se evidencia a espiritualidade cristã? João 15:16

A que ponto pode chegar alguém em crise espiritual? Mt 26:69-75

Que sinais de crise espiritual encontramos em I Cor 3:2-5?

Quais são os alvos daqueles que desejam viver a verdadeira espiritualidade? I Tm 6:11

Compartilhe a BençãoEmail this to someone
email
Print this page
Print
Tweet about this on Twitter
Twitter
Share on Facebook
Facebook
Share on LinkedIn
Linkedin

Comentários

comments

Contribua com sua opinião