A proporcionalidade da igreja de Corinto

1.Resumo do texto: (Proporcionalidade da igreja de Corinto)-A igreja de corinto era formada na maior parte por pessoas simples, pobres, escravos, etc. Por isso Paulo diz “atentai para vossa vocação”, usando a proporção dos pobres e simples na comunidade para demonstrar o fato de que Deus quer humilhar as coisas importantes deste mundo, através das desprezadas, e o fato de que somos de Deus EM CRISTO (não por nossos méritos).

26. Os pobres deste mundo têm mais facilidade para ser ricos na fé
-Os pobres deste mundo têm mais facilidade para ser ricos na fé (Tg 2.5), pois sua vida é mais instável. Cristo disse que é mais difícil um rico entrar no céu do que um camelo passar no fundo de uma agulha, pois o rico não sente necessidade de se apoiar em Deus, pois ele já se sente seguro. (P.ex. Jovem rico)
A administração dos bens materiais
Os textos acima deixam claro que Deus tem prazer especial em ajudar os fracos, pobres e os que passam por dificuldades. O desafio é de que analisemos:
-Nossa atitude acerca do que Deus nos tem dado: é de orgulho ou nos gloriamos no Senhor (?);
-A administração dos nossos bens, visa o luxo, ou somos desapegados?
Bem-aventurados os que sofrem
– Bem-aventurados os que sofrem, pois podem ser ajudados por Deus. Os que estão tranquilos correm o risco de se tornarem independentes, auto-suficientes.

27-28.Os 3 tipos de glória
-Os 3 tipos de glória:
->Sabedoria
->Força
->Riqueza
->Obras = resumem as 3 anteriores
Jr 9.23-24: Não se glorie o sábio na sua sabedoria nem o forte na sua força, nem o rico em suas riquezas, 24 mas o que se gloriar, glorie-se nisso: em me conhecer e saber que eu sou o Senhor, que faço beneficência, juízo e justiça na terra; porque destas coisas me agrado, diz o Senhor.
2 Co 10.17: Aquele que se gloria, glorie-se no Senhor. -> ou seja, é permitido gloriar-se. O cristão não precisa ser uma pessoa triste, recalcada. Mas deve se alegrar, e tem muitos motivos para isso!
O poder de Deus atua geralmente pela fraqueza – Deus age de forma contrária a nossas expectativas: usa as coisas desprezadas para humilhar as humanamente importantes (p.ex. a morte de Cristo, a oração).
Crer é humilhar-se – O evangelho exige fé simples (como criança), isto dificulta o acesso a pessoas orgulhosas. O orgulho é o segundo pior pecado (depois da incredulidade). A fé é uma demonstração de fraqueza (por isso muitos não querem crer, ou dizem que é coisa de mulher), pois crer em Deus é atestar a incapacidade de ser auto-suficiente.

29.O Orgulho Espiritual
O orgulho espiritual, o que é:
-Chegar ao ponto de não necessitar mais de Deus.
-Isto pode acontecer até mesmo para os cristãos, e quanto mais velho na fé, mais se tende a correr o risco de cair neste problema. Era o problema dos fariseus (Jo 7.48), Deus não era mais Senhor de suas vidas, mas um escravo de sua teologia.
Graça e orgulho não combinam – Somente pela graça de Deus podemos ser justificados e receber a nova vida, isto exclui a possibilidade de qualquer orgulho na vida do crente.

31.Os sacrifícios que Deus quer
Mq 6.1-8: O que quer Deus, sacrifícios? Não, mas que pratiques a justiça, ames a beneficência e andes humildemente como teu Deus.
Jr 9.23-24: Não se glorie o sábio na sua sabedoria nem o forte na sua força, nem o rico em suas riquezas, 24 mas o que se gloriar, glorie-se nisso: em me conhecer e saber que eu sou o Senhor, que faço beneficência, juízo e justiça na terra; porque destas coisas me agrado, diz o Senhor.
2 Co 10.17: Aquele que se gloria, glorie-se no Senhor.
Isaías 58.5-9a: !!! O jejum que Deus quer não é pano de saco e cinza, mas que desfaças a impiedade e a servidão, liberte o oprimidos, reparta o pão, recolha os famintos, vistas o nu! Então o Senhor te ouvirá
Mt 5.13-20: Vós sois o sal e a luz do mundo… assim brilhe a vossa luz diante dos homens para que vejam as vossas boas obras e glorifiquem a Deus… Se a vossa justiça não exceder em muito a dos escribas e fariseus jamais entrareis no reino dos céus!!!!!!!!
A Sabedoria de Deus é diferente que a do mundo, é misteriosa, é oculta
A sabedoria do mundo é gloriar-se no que se tem ou é, mas a de Deus é gloriar-se em Cristo. (1 Co 2.6+7).
Cristo é nossa riqueza, sabedoria e poder – Cristo pela sua morte foi elevado por Deus e tornado a sabedoria, riqueza e poder.

Compartilhe a BençãoEmail this to someone
email
Print this page
Print
Tweet about this on Twitter
Twitter
Share on Facebook
Facebook
Share on LinkedIn
Linkedin

Comentários

comments

Contribua com sua opinião