Atos importantes para uma igreja prevalecente

Creio Deus está criando as condições para assumirmos um papel de vanguarda nesta cidade e influenciar muitas outras igrejas para a conquista desta terra. Porém, depende também de como iremos responder a este chamado profético, através de cada membro se dispondo a orar, profetizar e abençoar nosso povo. Finalmente podemos dizer que estes dias serão a nossa vergonha ou a nossa glória, de uma Igreja Decadente ou de uma Igreja Prevalecente.

3 Atos que uma igreja prevalecente deve realizar

1. Atos para um confronto espiritual com as trevas (v13)
A Bíblia chama a Igreja de reino inabalável. Neste texto Jesus fala: “Edificarei a minha igreja, e as portas do Hades não poderão vencê-la”. E não somente isso a Palavra de Deus diz que Jesus Cristo, o Filho de Deus, se manifestou para destruir as obras do diabo, isto quer dizer que, em Cristo nós poderemos destruir os planos e trabalhos de Satanás. Portanto se o inimigo ataca a igreja com suas setas, muito mais a igreja tem que tomar a iniciativa de destruir as obras do diabo.
“Porque, embora andando na carne, não militamos segundo a carne. Porque as armas da nossa milícia não são carnais, e sim poderosas em Deus, para destruir fortalezas, anulando nós sofismas” (II Co 10.3-4).
Quando a igreja entra em ação, colocando-se de joelhos em oração, para fazer com que as decisões divinas sobre acontecimentos aqui na Terra sejam cumpridas, ela está sendo treinada em situações reais para sua função de governar, junto com Cristo, sobre o império do universo durante toda a eternidade. É necessário que ela aprenda a arte da guerra espiritual, saiba como vencer as forças do mal, e use as armas que Jesus deixou à sua disposição.

2. Atos de unidade e concordância
Jesus, em seus últimos momentos antes de ser preso, orou fervorosamente pela nossa unidade, pois a unidade é a essência da Igreja. (Jo17.20-21). A salvação em Cristo é pessoal, mas a vida cristã é comunitária e no Cristianismo nada é individual. Ser cristão é uma questão de pertencer a Cristo e aos irmãos. Rick Warren compara um cristão sem igreja com um jogador sem time, um soldado sem tropa ou uma ovelha sem rebanho. Mas a maior (e mais bíblica) de todas as figuras, sem dúvida é “uma criança sem família”. A igreja é a família de Deus. Outra figura bíblica usada para identificar a igreja é “corpo de Cristo”. Todos os que pertencem a Cristo são incorporados pelo Espírito Santo na igreja de Cristo. O cristão que se torna membro de uma igreja local passa a integrar um organismo vivo. E o Corpo de Cristo se expressa historicamente por meio da comunidade cristã local. Deus deseja que experimentemos unidade e harmonia uns com os outros para realizarmos seus projetos sobre a Terra. Sem unidade não há comunhão, e sem comunhão não há igreja, sem Igreja o povo perece, pois a única esperança para este mundo é a Igreja.

3. Atos proféticos para abençoar a nossa terra (gn 3:12)
Após a queda do homem a terra foi amaldiçoada, a humanidade teria que conviver com “abrolhos e espinhos” e para piorar o primeiro homem entregou sua autoridade a Satanás e o mundo ficou nas mãos do inimigo. Depois de vencer Satanás e todos os seus exércitos e direitos sobre a Terra, pela Cruz do Calvário, Jesus deixou a tarefa de abençoar a Terra para a igreja. Observe quantas vezes é enfatizada a Terra, como sua esfera específica de ação: “… o que ligares na terra”; “…o que desligares na terra”; “… se dois dentre vós, sobre a terra, concordarem a respeito de qualquer coisa…” (Mt 16.19; 18.19). Essa concessão de autoridade e responsabilidade pelas questões a serem executadas na Terra constitui a mais elevada honra, e confere à igreja a mais alta posição entre todos os seres criados. Alguns Pastores e algumas igrejas estão se despertando para realização de atos proféticos em suas respectivas cidades para abençoar sua terra, e esses atos estão mudando muitas cidades no Brasil e no mundo. Definimos Ato Profético como uma ação executada por um profeta ou enviado de Deus, investido com a devida autoridade, em um local, tempo e modo especificados pelo Espírito Santo, com o fim de trazer à terra a liberação do Seu poder sobre determinada circunstância em que o próprio Deus já tenha revelado Sua perfeita e soberana vontade.

Conclusão: Deus confiou armas à Sua Igreja para combater as forças das trevas e abençoar a Terra. Essas armas estão em suas mãos, com certeza o Espírito te usará nesses dias com autoridade para declarar que Mauá é Senhor Jesus!!!

Compartilhe a BençãoEmail this to someone
email
Print this page
Print
Tweet about this on Twitter
Twitter
Share on Facebook
Facebook
Share on LinkedIn
Linkedin

Comentários

comments

Contribua com sua opinião