Cara-Cara com Deus

A bíblia nos conta as façanhas dos Heróis da fé. Suas atitudes, suas sabias maneiras de tomar iniciativas; como escutavam a voz de Deus. Uma das mais belas verdades da bíblia é o fato de ser ela, a infalível palavra de Deus. Pôr outro lado, ela também como Palavra de Deus, revela as grandes falhas cometidas dos homens de Deus. Deus não fez questão alguma de esconder os erros e mazelas daqueles os quais chamamos, “Bem-aventurados”. A bíblia em sua cristalina honestidade, não deixou de revelar também os pecados daqueles que andaram com Deus, que falaram com Deus e tiveram grandes momentos de suas vidas em dedicação total a Deus. Homens que realmente realizaram proezas em nome de Deus, e viveram exclusivamente para Ele. Deus em sua presciência já sabia, que as experiências vivida pêlos seus santos do passado, eu e você um dia, necessitaríamos delas, para ter uma melhor compreensão aquilo que passamos . “Todas estas coisas foram dadas como figuras, e estão escritas para aviso nosso”.(I.cor.10:11)

Na grande conjuntura dos fatos relatados nas escrituras, é difícil perceber uma história onde não encontramos também, Deus chamando atenção; trazendo alguém que esta apartando-se dele, enfim, repreendendo ou disciplinando, Deus sempre esta pôr corrigir, homens que estão sendo levados pelo erro. Nas suas maneiras diversas de falar, Deus usa os meios mais estranhos ao nosso entendimento. Usou um jumento para corrigir Balaão; Usou uma criança escrava para dizer a Naamã que o caminho era pôr outro lado; Elias esperando um trovão ou uma tempestade com fogo, crendo estar Deus somente nestes fenômenos, mais derrepente, Deus vem a ele de uma forma diferente, com uma voz suave e delicada; A Moisés, ele fala através de uma sarça que pegando fogo, não se consumia; Um povo que durante quarenta anos sofre no deserto, ao receber a ordem para entrar na terra e possuí-la, fica sobremaneira abismado em presenciar um dos acontecimentos mais fantástico das escrituras, quando em meio a gritos e sons de instrumentos, Deus faz com que as muralhas de Jericó caiam pôr terra, e Israel toma posse da terra pela fé. Deus sempre usa de alguma forma, ou de alguma maneira para se comunicar conosco; Ainda que em suas múltiplas formas de falar, Deus sempre esta falando, repreendendo e nos ensinando o caminho pôr onde devemos andar.

A CORREÇÃO DE DEUS

Ao longo de nossa trajetória como cristãos, deparamos com muitas e variadas situações que as vezes nos falta entendimento para discernir o certo e o errado. Ficamos sem saber na realidade o que fazer ou qual direção tomar pôr assim dizer. Nas circunstancias as quais passamos, irremediavelmente as vezes somos levados pelo auto-engano em presumir alguma direção sem que esta esteja claramente identificada aos nossos próprios olhos. Aí o resultado como conseqüência, é aprender através da “CORREÇÃO DE DEUS”.

A correção de Deus nos faz bem! Ela nos ensina a produzir mais em seu reino. Nos da maior visão das perspectivas espirituais. Nos faz aptos a desenvolver serviços para Deus. Retira de nossos olhos as nossas cataratas espirituais. Deus realmente nos da uma lição de vida, e nos prepara para desenvolver melhor as atividades neste empreendimento glorioso .

A bíblia nos da muitos exemplos acerca destas verdades. Davi a despeito de ser um homem segundo o coração de Deus, em sua vida há muitos exemplos de falhas de caráter, onde foi necessário o atuar de Deus em disciplinar e corrigir. Uma certa vez, Deus precisou dar a Davi três opções a respeito de uma escolha que ele precisava fazer. Depois de ter atuado com rebeldia em recensear o povo, prática proibida pela lei, Davi sofre as conseqüências de atos inconseqüentes. E as opções foram estas:

-Sofrer nas mãos de seus inimigos – Fome durante três dias – ou Cair nas mãos de Deus…

E Davi como não foi nenhum tolo, certamente escolheu cair nas mãos de Deus. Davi sabia que Deus corrige com amor, vemos nos salmos a expressividade da ternura do grande amor de Deus o qual Davi havia experimentado. Amados, ser corrigido pôr Deus é privilégio somente daqueles que andam com ele… Daqueles que valorizam a ação de Deus nos meios das provas.

Existem muitas pessoas que logo quando são submetidos as duras provas, a primeira coisa que sabem fazer é reclamar, murmurar e perder o alvo para aquilo que são eventualmente chamados. São covardes! Não sabem suportar as correções de Deus. Talvez seja porque, são completamente imaturos. Não cresceram o suficiente para entender que Deus quando corrige, esta visando o nosso crescimento espiritual. O Apóstolo Paulo diz: “A NOSSA LEVE E MOMENTÃNEA TRIBULAÇÃO, PRODUZ PARA NÓS, UM PESO ETERNO DE GLÓRIA MUI EXELENTE” (ll.cor.4:17).

Existe uma tendência muito grande em nós, de estar o tempo todo achando que estamos “certíssimo das coisas”, é uma tendência até um pouco modesta quando comparando com aquelas que diz: “tá pagando o preço”. “Toda correção no presente não parece ser de gozo, e sim de tristeza, mais depois produz um fruto pacífico pôr aqueles que são exercitados pôr ele” (heb.12:11). Infelizmente, hoje vivemos uma falsa santidade, conseguimos enxergar os erros alheios; Visualizamos somente o argueiro no olho do próximo. Amados, Deus quer nos ensinar através dos nossos erros!. E mostrar os erros e defeitos que são propriamente nossos!. Uma verdade patente a respeito deste assunto, é o fato de que quando apontamos em outros algum defeito, esta pratica é exatamente a maior prova de que ainda não estamos totalmente libertos daquilo que certamente gostaríamos de estar. É uma grande evidência que ainda não passamos no teste de Deus, e que precisamos urgentemente descer para apreender na olaria de Jeová.

Paulo diz em gálatas, 6:1, “SE ALGUM IRMÃO FOR SURPREENDIDO EM ALGUMA FALTA, VOS QUE SOIS ESPIRITUAL ENCAMINHAI O TAL COM ESPIRITO DE MANSIDÃO, OLHANDO PÔR TI MESMO, PARA QUE NÃO SEJAIS TAMBÉM TENTADO”

Paulo esta dizendo exatamente que quando nós, nos tornamos implacáveis a ponto de só ter sentença de condenação, a maior vítima nesta história somos nós mesmo. Quando se torna impossível um ato de compreensão nosso, com relação as fraquezas de nossos irmãos, isso é a maior prova de que precisamos urgentemente de uma correção de Deus.

Conclusão

Há dois tipos de ventos que necessariamente terá que soprar em nossa vida. Um, é o vento da provação, o outro é o vento da correção. E Paulo diz “Examine-se o homem a si mesmo”. O vento pode ser uma das maneiras de comunicação de Deus! E nós temos que entender isso ! Jonas sofreu uma tempestade terrível. Era o vento da correção de Deus, mostrando–lhe sua negligência. Já os discípulos de Jesus sofreram um vento bem parecido, só este vento agora era da “prova da fé”. Haverá circunstancias em nossa vida que Deus irá provar a nossa fé. São nestes episódios da nossa existência que devemos mostrar a Deus que realmente nós o amamos de verdade. Agora… se o vento esta soprando, e você consegue detectar que sua vida não esta lá muito boa… Desça na presença de Deus. renucie o “Eu”. Clame pelo nome de Jesus, e ele se colocará em pé, e mandará o vento e a tempestade se aquietar. Aleluias!!!

Meu amigo(a) e meu irmão(ã), você não leu esta mensagem pôr acaso, creio que Deus falou profundamente em seu coração. Então quero lhe dar um conselho da parte de Deus neste momento,

entregue-se totalmente nas mãos de Deus, e deixe o Senhor lhe quebrar e fazer de você um vaso de valor, e passe então a compreender muito dos mistérios que Deus só tem para aqueles que conhecem a arte de saber descer. Aleluias !!!

“DESCE A CASA DO OLHEIRO, E LÁ VOS FAREI SABER AS MINHAS PALAVRAS” (Jeremias, 18:2).

Compartilhe a BençãoEmail this to someone
email
Print this page
Print
Tweet about this on Twitter
Twitter
Share on Facebook
Facebook
Share on LinkedIn
Linkedin

Comentários

comments

Contribua com sua opinião