Centro do meu tempo

Sl 90.10b: “Tudo passa rapidamente e nós voamos”
O ciclo de vida de algumas flores não passam de um dia – I Pe 1.24 “Toda a carne como a erva e toda a sua glória como a flor da erva; seca-se a erva, cai a sua flor – mas a palavra do Senhor permanece para sempre”25.
O ciclo da vida humana na terra é um pouco maior, mas está longe de ser eterno. Devemos refletir sobre a nossa vida: “Ensina-nos… vs 12”.
O salmista fala da grandeza imensurável de Deus e diante disso, o homem, além de ser transitório é limitado em tudo. Não pode outorgar para si a divindade. Quem é o seu Deus?
Tema – Quem está no centro do meu tempo? Da minha vida é fácil responder (teoria). Meu tempo é minha vida… Quem está no centro é meu deus…

1) NÃO SOU UMA PRODUÇÃO INDEPENDENTE:
I Sm 7.12b “Ebenézer”
O Humor ligado aos resultados da vida – fatos. Quando temos os objetivos atingidos, ótimo. Quando não, a vida passa a ser cinzenta e ruim! Quero lhe dizer que a maioria de nossos fracassos (em todas as áreas) se dá porque não conseguimos confiar. Achamos que somos uma produção independente. EVA E ADÃO no paraíso – ser igual a Deus… Independentes dele…
Vivemos numa era chamada “pós-moderna”. O mundo teve várias eras – da pré-histórica até a moderna; esta iniciou-se no século 17 com o iluminismo. Iluminismo: era da luz, do conhecimento, do progresso, da vida melhor, da libertação. Descartes – descartou tudo – “penso, logo existo”… Deus foi recriado a partir do homem. Hoje há uma influência muito grande em nosso mundo; grande parte do pensamento cartesiano vem se confirmando agora – ANTROPOCENTRIA síndrome de Laodicéia = Ap 3.20 “Eis que estou a porta…” = Existem muitos deuses, que são construídos diante da perspectiva humana. Exemplos: Deus não pode ser assim – o Deus do VT não é o mesmo do NT… Moldando Deus – não sendo moldados por Deus. Logo, a pós modernidade (individualismo) é um desafio ao evangelho (coletivismo).
Nesta época onde as pessoas desenham um deus que se adapte ao seu estilo de vida, o cristão precisa adaptar-se ainda ao estilo de vida que Deus requer.
Nesta época onde cada um é seu juiz, o juiz dos cristãos ainda é Deus
Nesta época onde não há verdade absoluta – cada um tem a sua; a verdade para o cristão não é outra a não ser Jesus.
Ebenézer – vem a quebrar tudo isso – dependemos de Deus em nossa jornada… Ilustração:
Um homem com um fardo muito pesado às costas andando fatigado pela estrada. Uma pessoa com uma carroça passa e oferece carona, que é logo aceita. O guia da carroça, depois de um tempo olha para o lado e observa que o homem ainda conserva sobre si o fardo pesado. “Não seria melhor colocá-lo no assoalho da carroça?” “Já pensei, mas creio que o cavalo não conseguirá sozinho”.
Mania humana de não confiar é tão louca como este homem – vidas assim são vazias. O homem da ilustração não tem senso nenhum de sabedoria. Por mais estranho que possa parecer, somos assim. Deus diz: confia; vinde a mim. E nós? Algumas preocupações, alguns fardos não tem cabimento levar… São vãos, são nulos. Apenas atrapalham… Não mudam a realidade – são respostas equivocadas diante da realidade divina que nos cerca.
Isso acontece porque não consigo confiar. Quando eu sou o centro da minha vida, não consigo confiar e vivo como se fosse independente.
Faça uma reflexão: até aqui… caminhos, pedras, dificuldades, alegrias, milagres, intervenções… A estrada continua… “a vida passa, nós voamos – ensina-nos a depender”

2) PODEMOS TER UM FUTURO GARANTIDO
Inss e outras previdências – em todas as áreas Deus garante nosso futuro… Apesar de nossos esforços – nossas incertezas, inconstâncias e inconfiabilidade – Deus quer garantir…
Depende de nossas prioridades – Mt 6.33 “Buscai”…
A era pós moderna criou em nós a mania de que já faço muito para Deus. Se venho a igreja de vez em quando, se dou meu dízimo, já mereço o céu… É uma era de merecimento… Pessoas fazem negócios com Deus. Vivemos em um mundo anti-graça. Tudo é conquistado a suor e esforço. A religiosidade pós moderna não se baseia no amor, sim no merecimento.
Quem aqui não quer um futuro garantido? Em todas as áreas? Pessoas lotam as igrejas atrás dessa resposta = mas não a encontram, pois é uma questão de prioridade. Vemos que algumas pessoas estão mais interessadas em tirar proveito próprio do que glorificar a Deus. O evangélico tem uma vida pobre; doutrina pobre; relacionamento pobre com Deus, atitudes pobres com as pessoas, não ama a evangelização; não dá a vida pelo evangelho. Mendigo de Deus. “Buscai pois primeiro…” Mas o homem quer fazer negócio com Deus… Primeiro não!!!
Ilustração:
Professor querendo falar acerca de prioridades pegou um recipiente (balde), colocou-o sobre a mesa; Na mesa haviam grandes pedras. Perguntou aos alunos, estas pedras cabem no balde? Sim! – Cabe mais alguma coisa? (Pedregulhos, areia e por fim água)…. Tentou inverter o processo e as pedras grandes sobraram. Deus dá tudo se for o primeiro. Se for o último ele não aceita vir conosco.
Lc 14 – a festa… comprei um campo – 5 juntas de bois – casei-me.
Deixar Deus para depois não garante nosso futuro, nem imediato, nem eterno… E a nossa vida passa rapidamente… Qual a sua prioridade? O que é mais importante para vc?

Conclusão:
Não somos independentes – por mais que o mundo pregue o contrário = dependemos de Deus e dos irmãos… Comunidade
Temos um futuro garantido sim – por mais que o mundo viva o contrário = somos garantidos pela palavra e assistência de Deus.
A estrada um dia tem um fim, pois a vida passa rapidamente.
A vida é curta – não a jogue fora
Mc 8 = aquele que quiser ganhar a sua vida perdê-la-a – mas o que perder a sua vida por amor a mim e por causa do evangelho, vai ganhá-la…
A pessoa que sempre andou com Deus – vai continuar com ele após a morte
A pessoa que sempre andou sozinha – vai continuar assim após a morte…

Compartilhe a BençãoEmail this to someone
email
Print this page
Print
Tweet about this on Twitter
Twitter
Share on Facebook
Facebook
Share on LinkedIn
Linkedin

Comentários

comments

Contribua com sua opinião