Cidades Pecadoras

Introdução:
O mundo está melhorando ou piorando?

Transição:
Diante do desespero que se encontra as nossas cidades, queremos aprender algumas lições com Abrãao no episódio de Sodoma e Gomorra

1. O pecado de uma cidade não passa desapercebido de Deus

• O pecado de Sodoma e Gomorra havia se agravado perante Deus
• Quais eram os pecados das duas cidades? um deles era o homosexualismo

2. A única coisa que ainda detem o julgamento de Deus sobre a cidade é a presença do cristão.

• Deus não quer ocultar de Abrãao o que esta para fazer (18.18)
• O justo pode interceder perante Deus em favor dos cidadões para que não sejam destruídos
• A intercesão é persistente (5 vezes Abrãao pediu o favor de Deus – começou com 50 justos, depois 45, 40, 30 e 29).

3. Qual a nossa visão das cidades?

• A nossa cidade é vista como Sodoma e Gomorra, um mal necessário.
• O problema da nossa cidade não é nosso – escapista (lavar as mãos).
• A cidade serve para o meu ganha pão.

4. Diante do pecado avassalador das cidades, o podemos fazer como igrejas?

• Não precisa da nossa condenação (já está julgada por Cristo e pela sua palavra)
• Não precisa da nossa fuga, como se isolados poderíamos viver melhor vida cristã. A verdadeira vida cristã é expressa no meio das misérias do mundo.
• Exercitar a esperança cristã. Ela pode transformar-se.

Conclusão:

Certamente que Deus espera mais de nós na cidade. Se ganharmos as cidades, ganharemos o mundo para Cristo.

Compartilhe a BençãoEmail this to someone
email
Print this page
Print
Tweet about this on Twitter
Twitter
Share on Facebook
Facebook
Share on LinkedIn
Linkedin

Comentários

comments

Contribua com sua opinião