Deus gosta de dar presentes

INTRODUÇÃO: Os presentes da Eleição (escolha) predestinação (propósito) redenção (libertação/perdão)

AT: DEUS GOSTA DE DAR PRESENTES. No texto lido temos ainda mais alguns presentes divinos

1. REVELAÇÃO vers.9-10 9 fez o que havia resolvido e nos revelou o plano secreto que tinha decidido realizar por meio de Cristo.10 Esse plano é unir, no tempo certo, debaixo da autoridade de Cristo, tudo o que existe no céu e na terra.

A palavra mistério não significa algo que é difícil de entender, algo misterioso, senão que significa “que algo que por muito tempo permaneceu em secreto mas agora se revela para alguns e para outro ainda continua incompreensível”. Por exemplo se alguém que nada conhecesse do evangelho ou cristianismo e estivesse num dia de ceia, ele nada entenderia ou faria sentido. Mas para nos é algo claro. Assim é o significado do “mistério” incompreensível para os não-cristãos mas para os cristãos o “segredo foi revelado”

DEUS CONTOU PARA OS SEUS O SEU SEGREDO (Dorcas)

É por isso que todo esse processo de eleição, predestinação, redenção= tudo flui para que Deus compartilhe o seu segredo

Ilustração. Guarde segredo pedimos com quem compartilhamos a nossa intimidade e se somos traídos somos profundamente magoado

E qual era este segredo, Paulo aponta:

10 Esse plano é unir, no tempo certo, debaixo da autoridade de Cristo, tudo o que existe no céu e na terra.

O plano da restauração. Tudo que existir de alguma forma ficara sobre domínio da autoridade de Cristo (Fp:2-5-11) Em outras palavras sabemos que estamos a caminho onde Jesus será reconhecido como Senhor: No céu e no inferno tudo estará sob autoridade dEle. Isto aponta que a história tem um plano, nada é por acaso, por sermos pecadores questionamos demais os eventos que acontece, a nossa razão manchada pelo pecado sempre esta a questionar os “porquês”mas quando submetermos esta a razão ao Espírito de Deus, aprenderemos a perguntar para que? Para que? O que o senhor deseja? Qual é a tua vontade. Nosso egoísmo nos faz bater frente a frente com Deus. O prenuncio desta unidade se chama igreja. Judeus e gentios na mesma família:

Isso diz Ef:2:13-16 13 Mas, agora, em Cristo Jesus, vós, que antes estáveis longe, fostes aproximados pelo sangue de Cristo.14 Porque ele é a nossa paz, o qual de ambos fez um; e, tendo derribado a parede da separação que estava no meio, a inimizade,15 aboliu, na sua carne, a lei dos mandamentos na forma de ordenanças, para que dos dois criasse, em si mesmo, um novo homem, fazendo a paz,16 e reconciliasse ambos em um só corpo com Deus, por intermédio da cruz, destruindo por ela a inimizade.

TODO ESTE PLANO DE DEUS CUSTOU A VIDA- O SEGREDO FOI REVELADO POR CAUSA DA CRUZ

Jesus entrou em agonia no Getsemani – escreve o evangelista Lucas – orava mais intensamente. “E seu suor tornou-se como gotas de sangue a escorrer pela terra”. O único evangelista que relata o fato é um médico, Lucas . E o faz com a precisão dum clínico. O suar sangue, ou “hematidrose”, é um fenômeno raríssimo. Produz-se em condições excepcionais: para provocá-lo é necessário uma fraqueza física, acompanhada de um abatimento moral violento causado por uma profunda emoção, por um grande medo. O terror, o susto, a angústia terrível de sentir-se carregando todos os pecados dos homens devem ter esmagado Jesus. Tal tensão extrema produz o rompimento das finíssimas veias capilares que estão sob as glândulas sudoríparas, o sangue se mistura ao suor e se concentra sobre a pele, e então escorre por todo o corpo até a terra.

2. HERANÇA vers 11-12 11 Todas as coisas são feitas de acordo com o plano e com a decisão de Deus. De acordo com a sua vontade e com aquilo que ele havia resolvido desde o princípio, Deus nos escolheu para sermos o seu povo, por meio da nossa união com Cristo.

Este versículo pode ter duas interpretações: 1. “os remidos são herança de Cristo” 2. “foram feitos participantes da herança”.

Embora apontem de certa forma alguma diferença o fato é que Deus aponta o valor que nos temos para Deus e para Jesus e o Espírito Santo. Deus nos escolheu para sermos o seu povo e temos direitos dados pela adoção de filho na redenção. Agora sim, se há alguma coisa a “exigir dEle”é que Ele nos fez herança…E como é feito isto

1 Todas as coisas são feitas de acordo com o plano

2. De acordo com a sua vontade

3. com aquilo que ele havia resolvido desde o princípio

O que Paulo nos ensina que o seu povo tanto no AT e NT é a porção de Deus

Todo isto com um objetivo:

11 a fim de sermos para louvor da sua glória, nós, os que de antemão esperamos em Cristo; – O TROFEU DA SUA GLÓRIA –

Ef:2:7 -7 para mostrar, nos séculos vindouros, a suprema riqueza da sua graça, em bondade para conosco, em Cristo Jesus.

Ilustrar com os jogos olímpicos- corrida pelas medalhas

O propósito de Deus escolhendo Abraão, o povo de Israel, a Igreja é exatamente para louvor da Sua glória. É isto e muito mais que nos dá confiança. Não seremos desamparados, não falharemos, não dormiremos. CONFIAR EM DEUS haja o que houver

Na Romênia , um homem dizia sempre a seu filho:

– Haja o que houver, eu sempre estarei a seu lado.

Houve, nesta época um terremoto de intensidade muito grande, que quase alisou as construções lá existentes nesta época. Estava nesta hora este homem em uma estrada. Ao ver o ocorrido, correu para casa e verificou que sua esposa estava bem, mas seu filho nesta hora estava na escola. Foi imediatamente para lá. E a encontrou totalmente destruída. Não restou, uma única parede de pé. Tomado de uma enorme tristeza. Ficou ali ouvindo, a voz feliz de seu filho e sua promessa (não cumprida).

“Haja o que houver eu estarei sempre a seu lado.”

Seu coração estava apertado e sua vista apenas enxergava a destruição. A voz de seu filho e sua promessa não cumprida, o dilaceravam. Mentalmente percorreu inúmeras vezes o trajeto que fazia diariamente segurando sua mãozinha. O portão (que não mais existia); o corredor…

Olhava as paredes, aquele rostinho confiante, passava pela sala do 3º ano, virava o corredor e o olhava ao entrar. Até que resolveu fazer em cima dos escombros, o mesmo trajeto. Portão … Corredor … Virou a direita … E parou em frente ao que deveria ser a porta da sala. Nada! Apenas uma pilha de material destruído.

Nem ao menos um pedaço de alguma coisa que lembrasse a classe.

Olhava … tudo desolado…….E continuava a ouvir sua promessa: “Haja o que houver, eu sempre estarei a seu lado” E ele não estava… Começou a cavar com as mãos. Nisto chegaram outros pais, que embora bem intencionados, e também desolados, tentavam afastá-lo de lá dizendo:

– Vá para casa. Não adianta, não sobrou ninguém. – Vá para casa. Ao que ele retrucava: – Você vai me ajudar? Mas ninguém o ajudava, e pouco a pouco, todos se afastavam. Chegaram os policiais, que também tentaram retirá-lo dali, pois viam que não havia chance de ter sobrado ninguém com vida. Haviam outros locais com

mais esperança. Mas este homem não esquecia sua promessa ao filho, a única coisa que dizia para as pessoas que tentavam retirá-lo de lá era:

– Você vai me ajudar ?

Mas eles também o abandonavam.

Chegaram os bombeiros, e foi a mesma coisa…

– Saia daí, não está vendo que não pode ter sobrado ninguém vivo? Você ainda vai por em risco a vida de pessoas que queiram te ajudar pois continuam havendo explosões e incêndios.

Ele retrucava : – Você vai me ajudar?

– Você esta cego pela dor, não enxerga mais nada. Ou então é a raiva da desgraça.

– Você vai me ajudar?

Um a um todos se afastavam… Ele trabalhou quase sem descanso, apenas com pequenos intervalos, mas não se afastava dali. 5, 10, 12, 22, 24, 30 horas .

Já exausto, dizia a si mesmo que precisava saber se seu filho estava vivo ou morto.

Até que ao afastar uma enorme pedra, sempre chamando pelo filho, ouviu:

– Pai … estou aqui!

Feliz fazia mais força para abrir um vão maior e perguntou: – Você esta bem?

– Estou. Mas com sede, fome e muito medo.

– Tem mais alguém com você?

– Sim ,dos 36 da classe 14 estão comigo estamos presos em um vão entre dois

pilares. Estamos todos bem.

Apenas conseguia se ouvir seus gritos de alegria .

– Pai, eu falei a eles: Vocês podem ficar sossegados, pois meu pai irá nos achar.

Eles não acreditavam, mas eu dizia a toda hora …'”Haja o que houver, meu

pai, estará sempre a meu lado”

– Vamos, abaixe-se e tente sair por este buraco.

– Não Pai ! Deixe-os sair primeiro… Eu sei; que haja o que houver… Você

estará me esperando!

Essa é a esperança do cristão – Seu pai diz “Haja o que houver eu sempre estarei ao seu lado”.

Mas como podemos ter essa esperança? Como diante de tanta turbulência no mundo que nos atinge e rodeia. Aquela vontade de desistir, porque “haja o que houver eu sempre estarei ao seu lado. Os versículos seguintes dão a resposta”. Porque Deus sempre estará ao nosso lado “há o que houver…”

3. POSESSÃO vers 13-14

Deus agora passa a revelar o fim da história. Ele já nos mostrou o que aconteceu na eternidade, o fato da redenção que também acontece no tempo e agora estamos olhando em termos de futuro. Está é uma visão que se pode chamar a teologia da história. Deus nos “contou”o segredo do processo da unidade mas também nos desvenda o apocalipse, ou revelação das últimas coisas

Vejamos o desenvolver desta forma como Deus “marca” aqueles que são seus. Possivelmente Paulo está lembrando aos irmãos em Éfeso que assim como existiam em algumas religiões a “marca” através de uma “tatuagem”na pela que apontava a divindade que servia. Também Paulo diz que nós somos marcados. Temos uma marca não visível como os judeus tinham na circuncisão. A nossa marca é o próprio Deus – E o seu Espírito Santo.

Deus mostra o processo da história, mas também mostra como Ele “protege e conserva os seus”(Selo

1. Depois que ouvistes a palavra de verdade – o evangelho da salvação

2. Tendo nele crido

3. Fostes selado com o Santo Espírito da promessa – “que é o penhor da nossa herança, até o resgate da sua propriedade em louvor da sua glória” (Espírito-pessoa-conhecer mais. Ilustração do casamento)-

O selo do Espírito Santo dá algumas garantias até o final da nossa vida. Estamos “carimbados”por Deus, temos a marca de Deus que é o próprio Deus. Isto garante a nossa salvação desde os tempos eternos até os tempos eternos

O selo comercial tinha dois objetivos: 1. Símbolo pessoal do remitente ou do dono da encomenda 2. Garantia de que o objeto seria transportado intacto.

Ilustração:

O selo do Espírito Santo , então nos ensina

1.Somos propriedade de alguém. Alguém pagou o preço para sermos feito uma “encomenda divina”- O SEDEX DE DEUS

2. Mostrava que o objeto selado tinha sido transportado intacto

Paulo diz que este selo é o PENHOR (pagamento parcial) No AT também tinha o significado de aliança, anel de noivado, compromisso. O que Pauloe sta querendo nos dizer que o Senhor Deus nos deu um “pagamento antecipado”de aquilo que será herdado pelo seus e que estão selados com o Espírito Santo,

DEUS GOSTA DE DAR PRESENTES.

1. Eleição

2. Predestinação

3. Redenção

4. Revelação

5. Possessão

Não há maiores bênçãos, presentes do que aquilo que Deus tem nos dado. Mesmo não encontrando uma conciliação perfeita, com as nossas mentes. Podemos afirmar dos presentes que Deus tem nos dado. Cabe a cada um de nós nos questionarmos como estamos agindo: como eleitos, predestinados….

Compartilhe a BençãoEmail this to someone
email
Print this page
Print
Tweet about this on Twitter
Twitter
Share on Facebook
Facebook
Share on LinkedIn
Linkedin

Comentários

comments

Contribua com sua opinião