Fazer o melhor

PROPÓSITO: Desafiar a igreja a que seja ousada a realizar o melhor para Cristo, mesmo que venha a enfrentar oposições.

INTRODUÇÃO

A coragem para fazer o que devemos fazer, ainda que não entendamos suficientemente o que estamos fazendo, deve nos levar a momentos de ousadia em favor de Cristo e seu reino.

I. ALGUÉM QUE SOUBE DISTINGUIR ENTRE O QUE É BOM E O QUE É MELHOR
– A lei do Antigo Testamento mandava que se tomasse cuidado com os pobres
– Assim sendo, seria bom se aquela mulher tivesse investido o seu dinheiro com os pobres
– Todavia, ele preferiu investir melhor, e gastá-lo com o próprio Jesus
– Em nossa caminhada com Cristo, seja como indivíduos ou como igreja, nós somos constantemente desafiados a escolher entre o que é bom e o que é melhor.

II. ALGUÉM QUE SOUBE DISCERNIR A MISSÃO DE DEUS
– Cristo não veio para cuidar dos pobres, se bem que esta era uma das suas preocupações, mas para morrer na cruz do calvário.
– Este cuidado poderia ser transferido para os seus discípulos e para a igreja.
– Discernir a missão de Deus para hoje é um dos grandes desafíos para a igreja.
– A igreja está se perdendo no meio de tantas atividades e de tantas idéias ou palpites a respeito da missão de Deus,

III. ALGUÉM QUE SOUBE COMPREENDER O TEMPO EM QUE VIVIA
– Reconheceu que aquela era uma hora extraordinária, quando o Filho de Deus estava marchando para a cruz
– Judas, sendo incapaz de reconhecer aquele momento, foi imediatamente trair a Jesus.
– Compreender o tempo em que vive requer uma capacidade extraordinária de percepção, de não permitir que as circunstâncias dominem a mente e o coração, levando a uma incapacidade de reconhecer o tempo de Deus.
– Exemplos: A escrava menina que Naamã levou cativa para a Síria: “Oxala o meu Senhor estivesse diante do profeta que está em Samaria; ele o restauraria de sua lepra” (2 Rs 5.3).

LIÇÕES PARA NÓS

I. ESTA MULHER RECEBEU A APROVAÇÃO DE JESUS
– Fez o que pôde
– Fez dentro das suas limitações, mas fez. Pior mesmo é ficar esperando para ter melhor preparo, melhores oportunidades e nada é feito em relação ao Reino de Deus.

II. ESTA MULHER RECEBEU A HONRA DE JESUS
– O que fez foi preservado para a eternidade
– “Digno é o trabalhador do seu salário”
– Deus honra e engrandece aqueles que colocam os seus dons e talentos no altar

CONCLUSÃO
1. Aquelas pessoas que usam a prudência como desculpas para as poucas e limitadas ações em favor do Reino, devem saber que estão enganadas. J. Urteaga disse: “De todas as virtudes, ficamos com uma, e falsamente lhe chamamos de prudência; uma virtude cômoda que em todas as ocasiões, nos anima a ficar no meio do caminho”
– Deus quer pessoas que se arrisquem
– Deus procura pessoas dispostas a pagar um preço pelas suas ações em favor de Jesus
– Deus procura pessoas que saiam do convencional
– Urteaga: “Na terra de ninguém só ficam os cadaveres”
2. A nossa paixão por Jesus deve ser incontrolável. As circunstâncias não podem limitar o que queremos fazer por Jesus.
3. Maria havia sido contagiada pela loucura da cruz. No Novo Testamento nós temos muitos loucos: Pedro, que nega; Tiago e João que dormem; Tomé que duvida.
4. Para frente! Os santos de Deus não podem desistir jamais. Este é o tempo de Deus.

Compartilhe a BençãoEmail this to someone
email
Print this page
Print
Tweet about this on Twitter
Twitter
Share on Facebook
Facebook
Share on LinkedIn
Linkedin

Comentários

comments

Contribua com sua opinião