Infinitamente Mais

Introdução

Vivemos debaixo de uma estrutura sufocante onde as nossas realizações ficam cada vez mais distantes.
– o acúmulo de serviço que não permite um tempo extra.
– a falta de entusiasmo com os projetos de casa, serviço ou estudo.
– a falta de oportunidades.
– realizações frustrantes no passado e o medo de errar de novo.
– situações em que pessoas ao nosso redor não permitem que realizemos os nossos sonhos.

Nós nos acostumamos com as mesmas coisas da vida e aos poucos vamos nos amoldando a elas e passam a ser naturais para nós. Mas não precisa ser sempre assim, porque Deus tem reservado para nós grandes surpresas.

Transição

Para reverter esta situação nós precisamos crer urgentemente no poder que Deus tem para realizar coisas grandes em nós e através de nós.

1. Nós somos filhos(as) de um Deus poderoso

 Devemos lembrar que somos filhos(as) de Deus, v.14
 Devemos lembrar que fazemos parte de uma família, v.15
 Devemos lembrar que somos filhos(as) de um Deus rico e poderoso, v.16

2. Nós temos a liberdade de pedir e pensar grande

 Paulo ora por muitas coisas neste texto:
a. para que sejamos fortalecidos no poder de Cristo.
b. para que Cristo habite em nossos corações.
c. para que conheçamos o amor de Cristo em todas as dimensões.

 Paulo todavia ousa dizer que Deus tem muito mais para oferecer do que jamais ousamos pedir ou pensar
a. Deus pode fazer infinitamente mais
– inteiramente fora de medida, mais do que suficiente, em excesso
b. Nós precisamos ousar sonhar os sonhos de Deus e colocá-los em execução
– Isaías 32.8, “mas o nobre projeta coisas nobres, e nas coisas nobres persistirá.”
– João 14.12, “aquele que crê em mim, fará também as obras que eu faço, e outras maiores fará.”
c. “O pensamento tem um alcance mais lato que a oração e provoca esta última; mas nem a oração e nem o pensamento podem começar a aprender o alcance daquilo que Deus pode e quer fazer. Temos aqui um motivo de encorajamento para esperarmos e pedirmos maior dose daquilo que o poder de nosso Pai pode fazer em nosso favor.”
3. Nós temos um poder que opera em nós e através de nós

 Para que as nossas orações se tornem realidade devemos ter em mente que isto só será possível por causa do poder de Deus que opera em nós.
 “Conforme o seu poder que opera em nós”
– o poder vem de Deus
– nós somos os instrumentos do Senhor

4. Nossas realizações são para honra e glória de Deus

 Todas as nossas realizações são para a honra e glória de Deus
 Glória significa louvor, exaltação por meio de palavras
 O perigo nas realizações é realizá-las por causa do poder de Deus, e usurpar a glória que pertence a Deus.
 É verdade também que Deus permite que nós compartilhemos dos resultados e ele mesmo nos coloca em posição de honra.

Conclusão

 Devemos dar um basta nas intenções do inimigo que é de nos levar a viver uma
vida fracassada.
 Deus tem planejado para nós uma vida vitoriosa.

Compartilhe a BençãoEmail this to someone
email
Print this page
Print
Tweet about this on Twitter
Twitter
Share on Facebook
Facebook
Share on LinkedIn
Linkedin

Comentários

comments

Contribua com sua opinião