Manifestando nossa alegria

Introdução

– No mês de dezembro estamos vivendo o clima do Natal, falando sobre Jesus.
– Estamos trabalhando alguns salmos messiânicos, que apontem para Jesus.
– No primeiro domingo falamos sobre a cruz – Salmo 22
– No segundo domingo sobre o reinado de Jesus – Salmo 2.
– Hoje falaremos sobre a alegria que temos em Jesus, por isso o tema manifestando nossa alegria. A verdadeira alegria, não uma alegria passageira, circunstancial, que dependa deste ou aquele acontecimento.
– O salmo 118 é uma canção para o povo, durante suas procissões solenes para casa de Deus, cantada responsivamente. Enquanto se dirigiam ao templo em Jerusalém, o povo ia declarando este salmo.
– Até o vs. 18 o salmo fala das vitórias alcançadas pelo povo de Deus.
– Vejamos a partir do verso 19 três motivos pelos quais podemos manifestar nossa alegria em Jesus:
– Podemos manifestar nossa alegria em Jesus por que:

1) Jesus é a porta

– Não conseguimos entrar ou sair de algum lugar senão pela porta. No verso 19 o cortejo se aproxima da porta do templo.
– Segundo Dr. Shedd, o templo é o símbolo físico da presença real de Deus, na qual se entra revestido com a justiça que Cristo, o Salvador, atribui a nós.
– Ou seja, para chegarmos à presença de Deus, temos que passar pela porta que é Jesus.
– Jo 10.7-9 “Jesus, pois, lhes afirmou de novo: Em verdade, em verdade vos digo: eu sou a porta das ovelhas. Todos quantos vieram antes de mim são ladrões e salteadores; mas as ovelhas não lhes deram ouvido. Eu sou a porta. Se alguém entrar por mim, será salvo; entrará, e sairá, e achará pastagem”.
– Mt. 7. 13-14 “Entrai pela porta estreita (larga é a porta, e espaçoso, o caminho que conduz para a perdição, e são muitos os que entram por ela), porque estreita é a porta, e apertado, o caminho que conduz para a vida, e são poucos os que acertam com ela”.
– O salmista nos diz no vs. 19 que ao serem abertas as portas da justiça, ele entrará e renderá graças ao Senhor. Podemos render graças nesta hora, dar louvores a Deus pelo fato de termos um acesso livre ao Pai através de Jesus – a porta.
– Vs. 20 – “por ela entrarão os justos” – Todos os que foram justificados pelo sangue do cordeiro, podem entrar (Rm. 5.1), não há mais véu de separação, não há impedimentos para chegarmos até Deus.
– O espírito do natal é bonito, mas só faz sentido quando lembramos que Jesus não apenas nasceu a cerca de 2.000 anos atrás, mas que precisa continuar nascendo em muitos corações que ainda não conhecem o caminho (Jo 14.6) nem a porta. Pessoas que estão desorientadas, sem rumo, sem saber para onde ir.
– Esta porta fala de proteção (porta do aprisco onde ficava o pastor), por ela podemos entrar e sair, através dela acharemos pastagens. “O bom pastor dá a vida pelas ovelhas” (Jo 10.11). Que Alegria!
– Podemos manifestar nossa alegria porque Jesus é a porta.

2) Jesus é a pedra

– Em primeiro lugar podemos manifestar nossa alegria porque Jesus é a porta
– Em segundo lugar podemos manifestar nossa alegria porque Jesus é a pedra
– Vs. 22 – A pedra que os construtores rejeitaram se tornou pedra angular, ou pedra de esquina, ou pedra principal, a que sustenta.
– Mt. 21. 42 “Perguntou-lhes Jesus: Nunca lestes nas Escrituras: A pedra que os construtores rejeitaram, essa veio a ser a principal pedra, angular; isto procede do Senhor e é maravilhoso aos nossos olhos?”
– Outros textos do N.T. que confirmam esta palavra: Lucas 20.17 e Efésios 2.20
– Jesus é a pedra fundamental para os que confessam seu nome, edificam suas vidas nEle, fazendo parte do edifício de Cristo. Para os que crêem se tornam pedras vivas da igreja, para os que não crêem se torna pedra de tropeço e condenação no julgamento (1 Pe 2.4-8 ).
– O próprio apóstolo Pedro reconhece que Jesus é a pedra sobre a qual devemos nos edificar: Atos 4.11-12 “Este Jesus é pedra rejeitada por vós, os construtores, a qual se tornou a pedra angular. E não há salvação em nenhum outro; porque abaixo do céu não existe nenhum outro nome, dado entre os homens, pelo qual importa que sejamos salvos”.
– Podemos manifestar nossa alegria porque temos em quem confiar. Temos uma base segura, nossa fé está posta no Rei Jesus, nossa rocha (Mt. 7. 24-27), Aleluia!

3) Jesus está presente

– Em primeiro lugar podemos manifestar nossa alegria porque Jesus é a porta
– Em segundo lugar podemos manifestar nossa alegria porque Jesus é a pedra
– Mas nossa alegria é completa porque Jesus está presente. Vs. 24 fala sobre o dia em que o Senhor fez, ou no “Dia do Senhor”. Aleluia! Jesus ao terceiro dia, em um domingo, ressuscitou, está vivo à direita do Pai e intercede por nós.
– Ele é Deus presente, Emanuel (Is. 7.14, Mt. 1.23). Jesus está onde estiverem dois ou três reunidos em seu nome (Mt. 18.20).
– Mt. 28.20 “Ide, portanto, fazei discípulos de todas as nações, batizando-os em nome do Pai, e do Filho, e do Espírito Santo; ensinando-os a guardar todas as coisas que vos tenho ordenado. E eis que estou convosco todos os dias até à consumação do século”. Quando cumprimos sua missão, quando nos engajamos no reino, enquanto estamos indo, Ele está conosco.
– Melhor que qualquer presente de Natal neste final de ano, podemos ficar alegres porque temos sua presença. Jesus é o melhor presente que podemos dar às pessoas.
– Para os cristãos, todos os dias são dias de alegria, porque Jesus está conosco, mesmo em meio a lutas, quem sabe até durante uma enfermidade, uma necessidade, não importa, Ele está presente. Portanto, alegremo-nos e regozijemo-nos nele.

Conclusão

– Em primeiro lugar podemos manifestar nossa alegria porque Jesus é a porta
– Em segundo lugar podemos manifestar nossa alegria porque Jesus é a pedra
– Em segundo lugar podemos manifestar nossa alegria porque Jesus está presente.
– Porta, pedra, presença. Motivos de alegria.
– Os versículos 28 e 29 encerram nosso texto expressando claramente o que gostaríamos de dizer nesta noite. Dando graças, exaltando, porque Deus é bom (bom, muito bom, bom demais, bom sempre, bom para mim) e a sua misericórdia dura para sempre.
– Quando manifestamos nossa alegria por Jesus, temos a oportunidade de testemunhar aos outros nossa fé e o evangelho das “boas-novas”.
– Que neste Natal haja “Manifestação da Alegria” em nossas casas.

Coordenação de Liderança

www.ejesus.com.br

Compartilhe a BençãoEmail this to someone
email
Print this page
Print
Tweet about this on Twitter
Twitter
Share on Facebook
Facebook
Share on LinkedIn
Linkedin

Comentários

comments

Contribua com sua opinião