O segredo para ser bem sucedido na obra do Senhor

INTRODUÇÃO:

Vejo que a nossa vida pode ser comparada a muitas coisas, mas eu gosto muito de analisar como é preparada a comida, em particular, o bolo. O bolo tem certos segredos que a dona-de-casa, até mesmo o homem que trabalha com isso; não é só oficio feminino, mas, têm muitos homens que são excelentes boleros. Fico analisando, é tão simples fazer um bolo, não é? Mas, ao mesmo tempo tão complicado em si; é só misturar alguns ingredientes nas quantidades exatas, de uma forma seqüenciada, e sai tudo certo;mas também na sua simplicidade tem uma complexidade natural, ou seja: o forno deve estar em uma temperatura boa para que o bolo saia fofinho, tem que ter o tempo exato de cozimento, não pode abrir a tampa do forno, algumas donas-de-casa dizem: Se abrir “sola”; se botar muita açúcar a massa transborda, ou, pouco açúcar a massa fica salgada, se não colocar aquela pitada de sal não é a mesma coisa; alguns trocam o leite pela fanta laranja ou pelo guaraná; enfim, não estou aqui para pregar sobre bolo, acho fantástico o bolo, porque assimilo nossa vida ao bolo.
Quantas vezes queremos fazer as coisas, mas abrimos a porta do forno na hora errada, ou temperamos demais com açúcar, ou esquecemos de colocar fermento e o bolo vira uma sola de sapato.
Meus queridos, quando planejamos a nossa vida, ou seja, quando planejamos algo, sempre queremos saber, como melhor fazer; quando comemos algo gostoso a primeira coisa que sai da nossa boca é aquela expressão assim: “- HUUUMMM!!! QUE MARAVILHA!!!”
E quando é a mulher que expressa dessa forma, qual é a segunda coisa que ela fala? (“-Você me dá a receita?/ Me diga o segredo?!”) Existem mulheres e homens que ficam tão famosos pelos seus quitutes que alguém diz assim:
• Vamos pra festa de Fulana?!!!
• Vai ter bolo? Quem fez o bolo?
• Foi Fulano.
• Fulano???!!! Ah! Eu vou. Quando é fulano, o bolo de Fulano é delicioso!!!

Já parou para pensar na sua vida? A sua vida também é assim; e quando vemos alguém bem sucedido na vida, em vários aspectos, não só financeiramente, mas alguém que demonstre alegria, felicidade, e ficamos na curiosidade, às vezes não temos a coragem de perguntar mais ficamos naquela curiosidade; qual o segredo daquela pessoa ser assim?
Qual o segredo da sua vida? Porquê Fulano está sempre de bem com a vida e eu vivo tão mal-humorado? Porquê que tudo que Cicrana bota na mão pra fazer é uma benção? Porquê que minha vida não é assim? Porquê comigo dá tudo errado? Parece até que comecei com o pé esquerdo (alguns dizem).
“Entrei esse ano com o pé esquerdo!!!” (Como eu mesmo disse no dia 31, vamos entrar com os dois pés).
Mas, tentando resolver essa curiosidade fui para a Bíblia, porque ela é nossa Regra de Fé e Prática, é o nosso Manual do Fabricante. Abra em I Coríntios 15:58.
Esse versículo contém uma promessa, uma promessa de que o nosso trabalho no Senhor não é vão. Quantas vezes você faz algo e ao final de seu trabalho vê que não houve o proveito que você queria, não rendeu aquilo que você queria e você costuma dizer: “- Tudo que fiz foi em vão. Foi inútil”.
Mas há uma promessa: Que privilégio trabalhar para o Senhor, ser um ceifeiro na sua seara e ainda mais sabendo que há poucos ceifeiros para ela. Você é um privilegiado. Você tem isso em mente? Diga pra você mesmo: “Eu sou um privilegiado”.
Você é um privilegiado! Há uma promessa!
Quando você se dispõe a trabalhar para o Senhor, quando você se dispõe a colocar sua vida nas mãos do Senhor, o trabalho não é vão.
Talvez algumas pessoas ignorem seu trabalho. Se eu perguntar a alguns adolescentes ou a algumas crianças: – Se ao crescerem gostariam de serem lixeiros?(Ah!!! Vão dizer: Que é isso Pastor??!!
Eu nunca vi nenhuma criança dizer: “- Quando eu crescer eu quero ser lixeiro!!!”. Sinceramente nunca vi!
Creio que, se uma criança chegasse para seu pai e sua mãe e dissesse:
• – Papai, eu tenho um sonho na vida, quero estudar bastante.
• – Pra quê meu filho? Pra ser doutor?
• – Não. Eu quero ser lixeiro!!! O Pai iria falar:
• – Meu filho, nunca queira isso pra você!

Mas você já viu, quando o serviço de coleta de lixo entra em greve, ou deixa de passar? Faz tanta falta!!!
Acumula-se o lixo na porta da sua casa, ali no seu portão, as pessoas começam a jogar lixo no primeiro terreno baldio que encontram; com isso as moscas e ratos começam a aparecer. É horrível!!! É um serviço tão menosprezado, mas tão útil.
Talvez seu serviço seja tão menosprezado, ninguém dê atenção; mas é tão útil a Deus.
Poder trabalhar para o Senhor é uma benção, é um privilégio, mais como todo privilégio também há condições; como toda promessa também há responsabilidades diante de Deus e as condições precisam ser satisfeitas, caso contrário não haverá sucesso naquilo que você faz; caso contrário você terminará frustrado, com seu bolo solado em cima da mesa, olhando pra você, descobriu que o bolo está meio torto, caindo pra um lado, aquela frutinha que você colocou, ao invés de ficar em cima ela desceu. “A Pastor deu tudo errado”. Quantas vezes eu já ouvi donas-de-casa dizer: “- Deu tudo errado!”.
Vejamos algumas condições então: porque quando queremos seguir e ter um bom resultado, seguimos uma receita. Qual o segredo para o sucesso? A Palavra de Deus nos apresenta três coisas que são imprescindíveis, essenciais para o sucesso da sua vida, do seu trabalhar, da sua obra no Senhor.
A Primeira condição é a Santidade.

1. SANTIDADE

Tenha isso em mente. A Primeira condição é a santidade.
Santidade não é você ser “bonzinho”. Santidade não é você se julgar a pessoa perfeita. Santidade é a conseqüência da Graça de Deus na sua vida.
Sem a Graça d’Ele você não é nada, não é nada!!!
Santidade é obra do Espírito Santo e para tanto precisamos deixar que Ele atue em nossa vida. Precisamos dar liberdade pra Ele agir em nossas vidas.
Nossa Santidade precisa ser desenvolvida, e segundo a nossa vontade, e podemos dizer que, o seu querer é porta de entrada através do qual o Espírito Santo vai agir, vai entrar em sua vida, santificando-te.
Paulo, na carta aos Efésios 04:30 diz: “Não entristeçais o Espírito Santo de Deus nos quais fostes selados para o dia da redenção”. Dê lugar para o Espírito Santo agir em sua vida. E no 05:18 ele diz: “Não abandoneis o Espírito mas enchei-vos do Espírito de Deus, enchei-vos do Espírito de Deus”.
Quando falta Santidade na sua vida todo seu trabalho é vão.
Eu gosto muito do texto de Isaías 01: 11 que diz: “De que me serve a mim a multidão de nossos sacrifícios? (Deus falando ao povo através do profeta Isaías)”, em outras palavras, trazendo a nossa contextualização hoje, o nosso momento agora, Deus está dizendo: “De que me serve o nosso o culto? De que me serve você se sacrificar tanto? Me adorar, me servir?” – No versículo 02 Ele diz: “Quem requereu de nós o pó pisar nos seus átrios, na minha casa? Quem exigiu isso de vocês?” – Verso 13: “Não continueis a trazer ofertas vãs”.
E no verso 15 Ele diz: “Quando estenderdes a vossa mão esconderei de vós o seu rosto”. Diz o Senhor.
Deus está perguntando: Quem foi que obrigou vocês a estarem aqui?
Têm muitos que não compreendem o que a Palavra de Deus diz, em relação à santidade acham que o fato de vir a Igreja, que o fato de levantar a mão, de começar a cantar, de ler um texto ou orar… É um favor que está fazendo a Deus. “Eu vou lá… Deus precisa da minha adoração…”
Desculpe-me querido, mas você está redondamente enganado. Deus não precisa de você, Ele é Deus, Ele é auto-suficiente, Ele é o Criador e você é a criatura; quem precisa vir ao templo, quem precisa adorar a Deus é você, viemos aqui e fazemos o nosso culto de Adoração a Deus, não porque Ele precisa, e sim porque, nós só nos alegramos, só nos satisfazemos na presença de Deus.E essa é a realidade, que você precisa entender.
Deus deixou-nos com esse privilégio de poder adorá-lo, porque Ele sabia que o homem que não consegue adorá-lo enlouquece, tanto que o homem que não tem o conhecimento de Deus busca qualquer coisa para adorar. Adora pedra, o sol, adora as estrelas, adora a lua, se curva diante dos animais. E você já sabe disso, pois deve ter lido e estudado sobre isso.
O homem sente uma necessidade de Adorar e isso pertence unicamente ao homem, o animal não adora. Você nunca vai ser um cachorro ajoelhado orando; mas você vê o homem. Ele pode estar adorando a uma estátua, ao sol, a lua, mas ele necessita adorar, e ele só se satisfaz quando ele adora o verdadeiro Deus. E Deus diz ao povo de Israel: “Lavai-vos, purificai-vos, tirai diante dos seus olhos a maldade dos vossos atos, cessai de fazer o mal, aprendei a fazer o bem”.
Enquanto houver maldade no seu coração, enquanto você, Diante de Deus ainda estiver com o coração desejando o mal ao próximo, saiba de uma coisa: a sua adoração, o seu culto, será completamente inútil a Deus.
Ele chama o seu culto, por mais bonitinho que você se arrume, se maquie, coloque uma roupinha bem bonitinha, venha a Igreja, o homem faz a barba, mulher passa batom, se penteia, aí vem todo bonitinho; entra na Igreja, os diáconos estão à porta, ele diz: “A Paz do Senhor!!!”, o Ministério de Louvor vêm a frente e começa a cantar, ele levanta “Oh! Aleluia”, e começa a “adorar”, e quando o louvor dele chega lá no céu, Deus diz assim: “É abominação pra mim”, Eu não aceito, porque por fora está me adorando mas por dentro o seu coração está longe de mim”. É preferível que você fique quietinho, nem se mexa, mas no seu coração esteja a sinceridade na adoração.
“Quem exigiu de vós…” diz Deus… “O só pisardes na minha casa?” Santificai-vos, purificai-vos, tirai a maldade diante dos meus olhos, cessai de fazer o mal e aprendei a fazer o bem”.
Meus queridos, a história de Israel é um exemplo para nós do que nós devemos fazer. Israel foi o povo escolhido por Deus para a sua santificação. Israel foi um povo que Deus separou para Ele e hoje nós podemos dizer que fazemos parte deste Israel de Deus, então a santificação é um grande segredo da receita para sua vida, neste ano irá dar certo, e a partir de hoje busque a santificação.
Perfeição você não vai ter, talvez só tenha quando chegar na Glória. É lá, que teremos a estatura de varão perfeito, mas enquanto estamos aqui precisamos buscar a santificação, cessar de fazer o mal, aprender a fazer o bem. Comece com as pequenas coisas, por exemplo: ser honesto pra você mesmo que só por hoje, não vai falando mal de ninguém, pelo menos hoje você vai tentar amar o irmão que está ao seu lado, pelo menos hoje você não vai desejar nenhum mal, pelo menos hoje você não vai contar nenhuma mentirinha. Você vai adorar ao Senhor sem obrigação, mas vai adorá-lo por livre e espontânea vontade.
Santificação é buscar estar sempre perto de Deus, e deixar o Espírito Santo agir na sua vida.
A segunda condição que nós encontramos para que a nossa vida seja bem sucedida além da santificação é a perseverança.

2. PERSEVERANÇA

O verso que lemos em I Coríntios 15:58 diz: “Portanto meus amados irmãos sede firmes, inabaláveis”, em algumas traduções dizem: “Sedes firmes e constantes”, perseverantes, não desista com facilidade, insista, insista a cada dia.
Jesus não desiste de nós, não podemos desistir d’Ele. Esse versículo que acabamos de ler, completa toda uma argumentação do capítulo 15, e antes deles também Paulo já vem traçando. Podemos dizer que o versículo 58, é a conclusão de tudo o que Paulo está dizendo quando ele fala da ressurreição de Cristo, aqui no capítulo 15. Ele fala da vitória de Jesus sobre a morte e seus efeitos sobre nossas vidas; no verso 17 ao 19, Paulo afirma: “Olha, e se Cristo não foi ressuscitado, logo é vã a nossa fé e ainda estás em vossos pecados. Se, é só, para esta vida que esperamos em Cristo, somos os homens mais miseráveis. Ele mostra que precisamos ter esperança e perseverança.
Se Cristo não houvesse ressuscitado poderíamos dizer que estávamos perdidos, mas, Cristo ressuscitou então não é vã a nossa fé. Isto é testificado: Cristo ressuscitou, não temos como negar esse fato; nosso futuro em Cristo é glorioso, podemos aguardar isto, e à luz disto é que o apóstolo Paulo recomenda a perseverança: “Sedes firmes e inabaláveis, sempre abundantes na obra do Senhor”.
Trabalhar para o Senhor não é obrigação, é privilégio. Não é para todo mundo não, sabia??!!
Trabalhar para o Senhor não é para todos, é um privilégio de alguns. Paulo diz: “Sede abundantes na obra do Senhor”, ou seja, não seja mesquinho, miserável na obra do Senhor.
– Ah! Eu só vou fazer isso aqui assim. Olha Senhor, eu só vou arrumar aquela cadeira ali, eu já fiz muito, não precisa mais nada.
E a Palavra do Senhor diz: “O que te vier não para fazer, faça-o conforme as tuas forças, porque, pra sepultura pra onde tu vais não dá mais tempo de fazer nada”.
Sedes abundantes na Obra do Senhor.
Podemos dizer que, depois da santidade a perseverança é outra condição fundamental para sermos bem sucedidos na obra do Senhor. Vale realçar que ser bem sucedido é produzir frutos, disse Jesus. E produzir frutos abundante mentes, frutos que permaneçam, que não se percam durante a caminhada.
No capítulo 15 do evangelho de João, Jesus utiliza esse verbo permanecer por onze vezes, mostrando que precisamos permanecer n’Ele, precisamos estar ligados a Ele, precisamos ter perseverança para que o nosso fruto cresça, germine, produza mais frutos abundantemente.
O nosso trabalho precisa dar frutos. Se não está dando frutos tem alguma coisa errada; precisa dar frutos. Precisamos estar ligados à videira que é Cristo.

Primeira condição: Santificação

Segunda: Perseverança

3. O AMOR

E a última condição para que a nossa vida, as nossas obras diante de Deus sejam frutíferas, é o Amor, palavra tão desgastada em nossa época. Tanto se fala de amor, na mesma proporção que não se vive o amor. Muito se fala, pouco se pratica.
O amor é tão importante quanto à santidade e a perseverança na obra do Senhor. Para que você seja bem sucedido precisa viver o amor.
Volto a dizer, o que eu já disse várias vezes: “Amor segundo a vontade de Deus, não é você viver agarrado beijando as pessoas. Amar é respeitar as pessoas até mesmo no que elas pensam, pelo que ela é, pelas diferenças, porque, se Deus a fez diferente é porque Deus a ama também. Se todo mundo fosse igual a você, misericórdia!!! Esse mundo iria ser uma problema sério. Graças a Deus as pessoas são diferentes”.
Já imaginou se toda população do mundo fosse igual a mim? Eu iria morrer!
Se fosse todo mundo igual a mim, eu não iria agüentar. Eu não iria agüentar mesmo! Já pensou??!! Porque às vezes eu não me agüento, eu olho no espelho e digo: “Mas rapaz, você precisa dar um jeito na sua vida!!! Peço perdão a Deus, Senhor… e aí me lembro do apóstolo Paulo (grande apóstolo Paulo); Homem maravilhoso, deixou um marco na Igreja Cristã, tremendo. Fez mais do que todos os outros apóstolos de Cristo juntos, ele fez mais pela Igreja. Um homem que conhecia seus limites sabia que, o bem que ele queria fazer, ele não fazia, e o mal que não queria, esse ele fazia. Você precisa saber disso!
Tão importante quanto à santidade e a perseverança, é o amor. Para que você seja bem sucedido você precisa viver tão fundamental, que o próprio apóstolo Paulo escreve dizendo: “Todas as nossas obras sejam feitas em amor”, em I Coríntios 16:14. Todas os nossas obras sejam feitas em amor.
E o que dizer, então sobre o que ele escreveu em I Coríntios 13???
Suprema excelência do amor, o maior de todos os dons. Todos os outros passarão, mas o amor ficará. Há alguma chance de se obter frutos abundantes, em algum ministério sem o ingrediente amor? Não, não há.
Você não pode trabalhar pra Deus por vingança, você não pode trabalhar na obra do Senhor por inveja. Para querer oferecer, por ostentação, por vaidade. Não dá certo, pode enganar durante algum tempo, mas, cedo ou tarde vai ser desmascarado por Deus. Precisa haver amor na sua obra, se não ele não fica.
Ante ontem, estive na consagração de um novo Pastor e quem já assistiu a uma consagração sabe que sempre, que há uma consagração de um novo Pastor, ele é ordenado e no momento ela ajoelha, os demais Pastores impõem as mãos sobre ele, e ali oram a oração de consagração. A partir daquele momento ele já é Pastor, e quando termina aquela oração, os Pastores vem e falam algo ao ouvido dele, e a Igreja fica na maior curiosidade, querendo saber o que eles disseram. E cada Pastor da um conselho, dá uma palavra, diz um texto bíblico, diz algo a ele. Porque não é fácil a jornada de um líder, de uma pessoa que, quer trabalhar para Deus.
Quando você diz “sim” na chamada de Deus…
… Conheci um Pastor que disse o seguinte: “Enquanto você ainda não aceitou Jesus, o Diabo não está nem aí contigo, não está nem preocupado. Se você ainda não tomou a decisão de aceitar Jesus, ele não está preocupado contigo, porque você já joga no time dele”, ele está preocupado com quem joga no time de Cristo. Quando você aceita Jesus, aquele ato simbólico de levantar a mão, vir aqui à frente. Onde é realizada uma oração, após a sua decisão, uma conversão genuína. A partir daí, buscar viver na santificação de Deus, aceitou Jesus como Salvador. Foi quando esse Pastor disse, que o Diabo vai lá, reúne os seus demônios e diz: “Precisamos escalar um demônio para cuidar de Fulano, que aceitou Jesus agora”. E aí fica o demônio de olho em você, para te tentar e fazer de tudo para você cair. O pastor ainda disse mais: “quando um servo de Deus recebe um chamado, para ser Pastor ou, pra ser Missionário, o Diabo já reúne uma legião. Porque ele sabe que se derrubar um crente, o estado desse cristão pode ser fatalmente pior, é bíblico. Porque quando ele derruba um líder, leva muitos com ele, leva vários cristãos. Por isso que os demônios se levantam.
Então, por isso que quando você diz sim pra Deus, você sacode o inferno. E aí meu querido, você começa a dar fruto, a sua árvore começa a produzir fruto, e, é tal de “tacarem pedra” para derrubar os seus frutos. Só jogam pedra em árvore que dá fruto!
Já viu menino peralta, quando passa na frente de uma casa que tem telhado de vidro? Fica doido pra jogar uma pedra. Eu sei, eu fui menino também. Só criticam quem trabalha, quem não trabalha não oferece, não criticam; é uma benção!!!
Por isso, devemos amar sempre. O nosso trabalho deve ser firmado sempre no amor. Quer trabalhar pra Deus? Ame, trabalhe com amor!(se não houver amor…/I Coríntios 13)
Amar, eu repito, não é sair beijando todo mundo. Não é isso!
Judas traiu Jesus com um beijo, lembra?
Precisamos amar, falar do amor, se faltar amor, todo trabalho é desperdiçado, como o próprio apóstolo Paulo disse: “Pode-se falar todas as línguas dos anjos, dos homens; pode-se exercer o dom da profecia, possuir o conhecimento de todos os mistérios, toda ciência, ter uma fé possível de transportar montes, distribuir os bens para o sustento dos pobres ou mesmo ser martirizado numa fogueira; se não tiver amor, não adianta nada”.
Há quatro textos principais no Novo Testamento que nos ensinam a cerca dos dons que Deus nos dá: Romanos 12, onde temos uma relação dos dons do Espírito. I Coríntios 12, onde há um extenso ensino à cerca dos dons, o terceiro é Efésios 4, onde temos uma lista de dons e também 1 Pedro 4, onde o apóstolo Pedro reforça o ensino de que cada crente, deve exercer o dom que recebeu, e pra cada um desses textos bíblicos, encontramos a necessidade de amar. Em Romanos 12:10 está lá: “O amor seja não fingido, amai-vos cordialmente, uns aos outros com amor fraternal”. I Coríntios, após o capítulo 12, vem 1 Coríntios 13 inteiro falando sobre o amor. Em Efésios capítulo 04:15, Paulo continua a dizer: “Antes seguindo a verdade em amor, cresçamos em tudo naquele que é o cabeça, Cristo”. Em I Pedro 4, referente ao trabalho que devemos prestar aos irmãos, Pedro descreve no verso 8: “Tendo antes de tudo o amor ardente, uns para com os outros porque o amor cobre uma multidão de pecados”.
Coisa maravilhosa !!! “O amor cobre uma multidão de pecados”.
E em Romanos 13:8 encontramos: “A ninguém devais alguma coisa senão o amor”.
Amar não é uma opção do crente. É uma dívida, e dívida se paga. Lembre-se disso!
E eu quero concluir, meus queridos, mostrando mais uma vez estas três condições. Quer que sua vida seja uma benção esse ano? Então pegue a receita do bolo!!!

Santidade, Perseverança e Amor

CONCLUSÃO

Não espere o irmãozinho do seu lado direito ou, o do seu lado esquerdo, crescer pra te levar junto, isso não vai acontecer. Busque você mesmo desenvolver na sua vida, para que sua vida seja uma benção nas mãos de Deus, não adianta você tentar fingir que nada está acontecendo.Lá dentro você sabe o que precisa ser feito, e eu sei disso, dentro de você, você sabe. Eis aí, estas três condições para que os frutos abundantes ocorram no ministério que você desempenha na obra do Senhor, sem elas, todo trabalho seu será vão, mas com elas o nosso trabalho, diz Paulo, não é vão, pode ser vão para os homens, talvez ninguém valorize, mas Deus valoriza. E se você trabalha para ele, é dele o real valor, é Ele que deve distribuir. Não espere recompensa dos homens, isso não virá, e quando vem, às vezes vem na forma de uma mentira, na forma de um elogio, às vezes só para conseguir mais coisas. Espere a sua recompensa vir de Deus.
Na Palavra de Deus, Pedro e João disseram que não podiam deixar de falar das coisas que tinham visto e ouvido. Não podemos nos calar diante de Deus. Paulo disse ao rei Agripa: “Não posso ignorar a visão que eu tive”. Você não pode ignorar aquilo que Deus tem feito na sua vida, e eu sei disso.
Quantos aqui Deus tem agido de forma maravilhosa, tremenda. Quantas transformações Deus já operou na sua vida? Volte a algum tempo atrás na sua memória. Como é que você era? Já viu como você é hoje? É Deus! Não dá pra ignorar isso, mais, às vezes precisamos recapitular as coisas, fazer uma retrospectiva e lembrar como nós éramos, para darmos valor e trabalharmos para Deus hoje.

Compartilhe a BençãoEmail this to someone
email
Print this page
Print
Tweet about this on Twitter
Twitter
Share on Facebook
Facebook
Share on LinkedIn
Linkedin

Comentários

comments

Contribua com sua opinião