QUALQUER COISA MENOS A CRUZ

1. INTRODUÇÃO
A. Pedro declara que Jesus é o Cristo, o Filho de Deus
B. Jesus declara a sua intenção de ir a Jerusalém para sofrer, morrer, e ressuscitar – cumprir a vontade de Deus.
C. Pedro é usado para impedir Jesus
D. Não existe cristianismo sem cruz

2. UM CONVITE NÃO TANTO AGRADÁVEL
A. Então disse Jesus a seus discípulos:
1. Note que este ensino foi dirigido a seus discípulos. Eles precisam saber das implicações em seguir o Mestre.
2. A proposta de Pedro não procedia de Deus, pois o seu objetivo era desviar Jesus da cruz, da morte.
3. Para mostrar que Jesus não estava enganado quanto ao propósito de Deus, ele faz a eles um convite de ir a Jerusalém com ele.

B. Se alguém quer vir comigo:
1. A si mesmo se negue.
a. Cof. Alfred Plummer isto significa:
(1) recusar a fazer do nosso prazer o alvo da vida.
(2) recusar a fazer da nossa vontade a lei da vida.
b. Sujeitar-se à disciplina de Cristo

2. Tome a sua cruz
a. Instrumento antigo de execução. Originária da Pérsia e depois legada aos gregos e aos romanos. Usada para deter elementos que provocavam o estado e os escravos fugitivos. Colocava-se uma placa ao redor do pescoço mencionando os crimes cometidos. O prisioneiro carregava a travessa até o lugar da execução, onde o poste já estava fincado no chão. A morte era lenta, causada pela sede, fome, exaustão, exposição ao sol e os efeitos traumáticos das pancadas. A morte de cruz, era vista pelo romanos como a penalidade suprema: “A mais cruel das mortes.” (Josefo).
b. Indica qual tipo de morte Jesus morreria e qual tipo de morte é esperado de todos os seguidores de Jesus.
c. Cristo não deseja para si discípulos pela metade.
d. Não queria candidatos para o seu reino, iludidos quanto ao que se requer de cada um deles.

3. Siga-me
a. Não é somente tomar a cruz, mas seguir a Jesus.
b. Confiando em Cristo
c. Andando nas suas pisadas
d. Obedecendo os seus mandamentos em gratidão pela salvação alcançada.

3. AS IMPLICAÇÕES EM ACEITAR ESTE CONVITE
A. Pessoal
1. “Alguém”
2. Qualquer pessoa que ouvir a voz de Jesus
3. “Vinde a mim todos os cansados e oprimidos” (Mt 11:28)
B. Voluntário
1. “Se”
2. O convite de Cristo só pode ser aceito voluntariamente
C. Sacrificial
1. Ser cristão é ser como Cristo
2. O nosso modelo já foi estabelecido por ele
D. Misterioso
1. Perder a vida para achá-la:
a. por amor de Jesus (Mc)
b. por amor do evangelho (Mc)
c. quem quer ter antes de ser, não será e não terá. “Quem tudo quer, tudo perde,” pois que valor existe para o possuidor se ele não está presente para se beneficiar de seus bens?
E. Transformador
1. Mudança de vida
2. Mudança de perspectiva
3. Os valores do Reino de Deus passam a ser os valores daqueles que aceitam Jesus em suas vidas.
F. Recompensador
1. Nossas realizações não passam desapercebidas por Deus.
2. Deus espera que os seguidores de Cristo realizem obras em seu nome
3. Deus é justo para retribuir a cada um segundo o que cada um realizou para ele
4. Deus também é justo para retribuir a cada um que teve vergonha de Jesus e de suas palavras:
a. “Porque qualquer que, nesta geração adultera e pecadora, se envergonhar de mim e das minhas palavras, também o Filho do homem se envergonhará dele, quando vier na glória de seu Pai com os santos anjos.” (Mc 8:38)
b. Por que alguém se envergonharia dele? Exatamente pelo tipo de morte que ele teve: como um criminoso.
c. Vier na sua glória – em oposição com o mundo. Os que amam a Cristo receberão o novo mundo como herança, e os que amaram o mundo, nada receberão.
d. Ênfase em Jesus e suas palavras. O discípulo não pode dividir o que Jesus é e as suas palavras.

4. CONCLUSÃO

A. Vivemos dias de tremendas incertezas em todos os setores
B. Temos que ter a capacidade de no meio de tudo não perder de vista que somos discípulos de Jesus Cristo.
C. O que ele requereu dos seus discípulos no passado, ele continua requerendo de todos nós hoje.
D. Você caminha para a eternidade com Cristo ou sem Cristo?
1. Com Cristo: viva como Cristo
2. Sem Cristo: tome a tua cruz e passe a segui-lo.

Compartilhe a BençãoEmail this to someone
email
Print this page
Print
Tweet about this on Twitter
Twitter
Share on Facebook
Facebook
Share on LinkedIn
Linkedin

Comentários

comments

Contribua com sua opinião