Quando Vencemos os Desencontros

No Domingo passado vimos Davi enfrentando um enorme drama em sua vida.
Vimos que ele foi colocado diante de um grande desencontro …
Vimos que Daví, diante deste desencontro:
Chorou o pranto da humilhação diante do Senhor. (4-6) Aprendemos que a verdadeira humilhação diante de Deus é a chave para o quebrantamento, que traz de volta a ação poderosa de Deus. “Se o meu povo que se chama pelo meu nome, se humilhar, orar e me buscar…) II Cr. 7:14 Que esta humilhação trouxe ânimo a Davi, por causa da consciência da presença de Deus ao seu lado. “Meu Deus está comigo, portanto, não temerei.” Sl
Ele Buscou a Verdadeira orientação de Deus. (7-8) Enquanto Saul buscou a orientação de uma medium advinhadora (28), Davi fez o contrário e consultou ao Senhor somente .
Hoje veremos com Davi, se preparou para o combate e enfrentou seus inimigos.
Ilustração: “Temos motivos para ir a luta” – De manhã o pai bateu na porta do quarto de seu filho ;
– Acorda meu filho, está na hora de você ir para o colégio. ( Ele respondeu mau humorado)
– Hoje não vou para a escola por três motivos: estou morto de sono; detesto aquele colégio e não agüento mais aqueles professores… E o pai logo respondeu :
– Pois eu vou te dar três motivos para você ir: Você tem um dever a cumprir; você já tem 45 anos e você é o Diretor do colégio !!!
1. Quando combatemos no poder de Deus e com as armas de Deus. (9-25) Em nossas lutas diárias temos sido tentados constantemente a utilizar os recursos da carne para a batalha. Temos uma armadura: (Ef 6)
2. Quando Superamos o cansaço. (9-10) Um dos grandes estímulos do fracasso são as circunstâncias contrárias. O cansaço, esgotamento físico ao nosso redor imprime um clima de insegurança e medo. Será que Davi lembrou-se de Gideão ? (Jz.7)
3. Quando somos capazes de exercer misericórdia. (11-16) É bem certo que Davi poupou o egípicio com intenção de localizar os inimigos, mas Davi sabia que a receita para provar das misericórdias de Deus, muitas vezes está no fato de exercermos a misericórdia.
4. Quando Identificamos, Lutamos e resistimos o inimigo. (17-20) Para vencermos um problema não precisamos lutar contra o mundo. Muitas guerras mundias começaram por motivos tolos. Identifique seus desencontros lute, resista e eles irão embora. Fugirão, baterão em retirada. (O caminho de Deus é perfeito, a Palavra do Senhor é poder…) “Ainda que um exército se acampe contra mim, não se atemorizará o meu coração…”Sl 27: 1-3
5. Quando somos capazes de vencer a avareza e ministrar a bondade. (21-25) “Em todo tempo ama o amigo e na angustia se faz o irmão” Pv.17:17 Davi venceu o inimigo interior da ganância e foi capaz de ministrar a bondade àqueles que estavam esperando.
Conclusão:
Venceremos os desencontros identificando os desencontros em nossa vida. Não deixe que seus desencontros te faça alguém derrotado e impotente , mas transforme seus desencontros em vitórias, para a glória de Jesus.

Compartilhe a BençãoEmail this to someone
email
Print this page
Print
Tweet about this on Twitter
Twitter
Share on Facebook
Facebook
Share on LinkedIn
Linkedin

Comentários

comments

Contribua com sua opinião