Renovando a nossa mente

O que é renovação da mente? Será que isso é possível? Você já deve ter ouvido a frase “pau que nasce torto morre torto”, que é uma forma de dizer que as pessoas não podem mudar. Talvez você já tenha usado este ditado popular para justificar a sua falta de disposição em mudar de atitudes. Quero dizer que não acredito nisso. Um cristão não pode dizer que não é possível mudar. No texto de Efésios 4.22-32 nós vemos o Apóstolo Paulo dizendo que devemos renovar a mente – o pensamento – e indica maneiras práticas para se conseguir essa renovação.

22 a despojar-vos, quanto ao procedimento anterior, do velho homem, que se corrompe pelas concupiscências do engano; 23 a vos renovar no espírito da vossa mente; 24 e a vos revestir do novo homem, que segundo Deus foi criado em verdadeira justiça e santidade. 25 Pelo que deixai a mentira, e falai a verdade cada um com o seu próximo, pois somos membros uns dos outros. 26 Irai-vos, e não pequeis; não se ponha o sol sobre a vossa ira; 27 nem deis lugar ao Diabo. 28 Aquele que furtava, não furte mais; antes trabalhe, fazendo com as mãos o que é bom, para que tenha o que repartir com o que tem necessidade. 29 Não saia da vossa boca nenhuma palavra torpe, mas só a que seja boa para a necessária edificação, a fim de que ministre graça aos que a ouvem. 30 E não entristeçais o Espírito Santo de Deus, no qual fostes selados para o dia da redenção. 31 Toda a amargura, e cólera, e ira, e gritaria, e blasfêmia sejam tiradas dentre vós, bem como toda a malícia.32 Antes sede bondosos uns para com os outros, compassivos, perdoando-vos uns aos outros, como também Deus vos perdoou em Cristo.

O texto nos diz que podemos renovar a mente, mas como?

1.Podemos renovar a nossa mente substituindo a mentira pela verdade.(vs. 25) É interessante observar que Paulo está escrevendo a cristãos, está escrevendo para uma igreja. Falar que é preciso abandonar a mentira nesse contexto, nos indica que Paulo sabia que havia muitos crentes vivendo uma mentira. E se não viviam uma mentira como crentes, eles talvez achassem normal usar de mentiras para se livrar de situações embaraçosas. Uma pessoa que quer ter a sua mente renovada em Cristo precisa vencer a mentira com a verdade, mesmo que isso cause algum desconforto ou constrangimento.

2.Podemos renovar a nossa mente substituindo a ira pelo perdão.(vs 26). Paulo mostra que a ira é algo que acontece na vida do crente. Mas como podemos parar a ira antes que ela se torne em pecado? A forma de fazer isso é evitando que a raiva ocasional se transforme em sentimento de amargura, vingança ou coisa parecida. Então, quando lemos no texto que “não deixe que venha o por-do-sol sobre a a sua ira”, entendemos que precisamos resolver a situação que causou a ira o quanto antes. A ira tem que dar lugar ao perdão. Problemas não resolvidos irão permanecer no caminho estorvando a sua vida espiritual e das pessoas envolvidas também. Perdoar é essencial para a vida do cristão.

3.Podemos renovar a nossa mente substituindo a desonestidade pela honestidade. (vs 28). “O que furtava não furte mais”. E desonestidade não é apenas pegar numa arma e sair para um assalto. Colar numa prova é desonestidade também. Você rouba informações que não lhe pertencem. Existem pequenas coisas que podemos chamar de desonestidade e não apenas coisas grandes e “hediondas”. Substitua a desonestidade pela honestidade.

4. Podemos renovar a nossa mente substituindo o comodismo pelo trabalho. (vs 28). “Fazendo algo útil com as mãos”. Tudo indica que havia cristãos que estavam acomodados e que esperavam a boa vontade dos seus irmãos da igreja, mesmo tendo condições para trabalhar. Como na igreja primitva houve momentos em que os cristãos vendiam suas propriedades e repartiam entre si, muitos se acomodaram. Paulo reprova isso, e os manda trabalhar. Isso é renovação da mente.

5. Podemos renovar a nossa mente substituindo as palavras que matam por aquelas que constróem. (vs 29) Nesse versículo “palavra torpe”, não é apenas com referência a palavrões. É também com referência a palavras que matam, que derrubam os outros, que desestimulam. Falso testemunho, fofoca, mentira, verdade distorcida são “palavras torpes”. Substitua as palavras que destróem por coisas que levantem, edifiquem os outros. Com a “mente velha” temos a tendência de gostar de ouvir e falar coisas ruins dos outros, pois isso dá maior “ibope”. Deveríamos renovar a nossa mente e falar aquilo que edifica os outros.

6. Podemos renovar a nossa mente substituindo todo tipo de maldade por bondade. (vs 31-32). Será que é preciso enfatizar no meio de cristãos que devemos substituir as maldades por atos de bondade? Parece que é preciso, afinal o apóstolo Paulo, inspirado por Deus, escreve isso para a igreja na cidade de Éfeso. Se era preciso dizer isso para aqueles cristãos, é igualmente necessário que aprendamos isso, para que haja renovação da nossa mente em Cristo.

Que nós renovemos a nossa mente em Cristo e assim sejamos bênção para a igreja e para o mundo sem Jesus Cristo.

Que Deus nos abençoe!

www.cristo.at

Compartilhe a BençãoEmail this to someone
email
Print this page
Print
Tweet about this on Twitter
Twitter
Share on Facebook
Facebook
Share on LinkedIn
Linkedin

Comentários

comments

Contribua com sua opinião