Santidade em I Pedro

Você já foi pescar em um rio poluído e viu sua vara retirando um sapato velho, uma chaleira ou uma lata enferrujada? Consigo fazer uma pescaria estranha quando usa a palavra santidade com isca e coloco minha vara de pescar no profundo da minha mente. Para meu desespero, surgiram as seguintes associações:

Magreza

Olhos fundos

Barba

Túnicas compridas

Celas de pedra

Ausência de sexo

Ausência de piadas

Penitência

Banhos frios freqüentes

Jejum

Horas de oração

Desertos inóspitos

Acordar as 4h da manhã

Unhas limpas

Auto-humilhação

Igrejas velhas

Alguns itens desta lista são verdadeiros, enquanto outros não são. Que tipo de idéia temos quando falamos sobre santidade?

Ser santo é ser piedoso – separado para Deus. é ser como Ele, cheio do fruto do Espírito, que é o seu caráter. Portanto, a santidade deve ser o alvo de sua vida A santidade, tanto no AT como no NT, é atributo que no seu sentido mais elevado, se aplica a Deus..

As principais palavras bíblicas para santo são, kadosh no Antigo Testamento e Hagios no Novo Testamento. Ambos os termos significam separação. Sempre são aplicadas à separação ou consagração de uma pessoa ou coisa ao uso divino.

Para conhecermos a santidade de Deus, é necessário arrependimento. Há muitas pessoas na igreja que desejam conhecer o amor manifesto de Deus sem a santidade manifesta de Deus. Perdemos de vista a mensagem do arrependimento. Quando se entra na estrada da santidade, não significa que se é perfeito. Significa que se está caminhando numa estrada de transformação.

A santidade se inicia dentro da pessoa, como um desejo correto de expressar-se corretamente. É uma questão não apenas da ação que desempenho, mas das motivações que me levam a executá-las.

A motivação, os objetivos, a paixão, o desejo, os anseios, as aspirações, as metas e a direção de uma pessoa santa é agradar a Deus. Tanto pelo que faz como pelo que evita fazer. Em outras palavras, praticam-se coisas boas e evitam-se as más.

Devemos trabalhar para manter nosso coração ativamente obediente a Deus.

“Se você deseja que Cristo habite permanentemente em você, dê-lhe todas as chaves do seu coração; não deixe nenhum armário trancado; mostre-lhe a fechadura de cada cômodo e as trancas de cada aposento”.

Charles H. Spurgeon

O texto de I Pedro nos mostra três áreas de nossa vida que devemos entregar para Cristo. Para sermos santos, temos que buscar transformação em cada uma delas.

I – Mente. Cingir. A palavra refere-se ao hábito dos povos orientais, que juntavam suas largas roupas sob um cinto ou faixa, quando apresados, ou iniciando um viagem. Isso porque as longas roupas os orientais atrapalhariam a atividade física, ao menos que juntadas e presas pelo cinto.

Vivemos em um tempo que nossas mentes estão sendo constantemente bombardeadas com informações inúteis. Cada vez mais, o mundo tenta nos impor sua ideologia.

Como vencer a imposição do pensamento mundano em nossas mentes?

Efésios 6:13-14 nos diz:

Por isto, vistam toda a armadura de Deus, para que possam resistir no dia mau, e, depois de terem feito tudo, permanecer inabaláveis. Assim, mantenham-se firmes, cingindo-se com o cinto da verdade…

Para termos vitória em nossas mentes devemos nos alimentar da Palavra de Deus, e isto diariamente.

Você pode me perguntar. “mas Isaias. As vezes eu leio a Bíblia e logo depois eu me esqueço do que li. Que diferença faz eu ler a Bíblia todo o dia, se eu vou esquecer depois o que eu li?”

Você se lembra do que você comeu ontem no almoço? E anteontem? E na semana passada? Mas você foi alimentado. Este é o princípio.

Que maneira poderá o jovem guardar puro o seu caminho?

Observando-o segundo a Tua Palavra. Salmo 119:9

“estava escrito na capa da Bíblia do pregador D.L. Moody:

Este livro vai afastá-lo do pecado, e o pecado vai afastá-lo deste livro”.

II – Emoções. Esquematizar. Ser controlado pelas paixões.

Não devemos seguir o mau exemplo do mundo que tenta nos encaixar em seus moldes pervertidos. Parece-me que, muitos estão convencidos que não podem suportar a tentação e logo se vêem presos por ela.

Mas, a boa notícia que eu tenho para você hoje, é que você pode vencer suas tentações

As tentações que vocês têm de enfrentar são as mesmas que os outros enfrentam; mas Deus cumpre a sua promessa e não deixará que sofram tentações além de suas forças. Ao contrário, quando vier a tentação, Deus dará forças a vocês para suportá-la, e assim poderão sair dela.

I Coríntios 10:13 BLH

Ilustração: ” O filme Dez coisas que eu odeio em você”. não quero fazer o que os outros estão fazendo. Quero ser eu mesma.

Não se amoldem ao padrão deste mundo, mas transformem-se pela renovação da sua mente, para que sejam capazes de experimentar e comprovar a boa, agradável e perfeita vontade de Deus.

Romanos 12:2 NVI

Assim, eu lhes digo, e no Senhor insisto, que não vivam mais como os gentios, que vivem na futilidade de seus pensamentos. Eles estão obscurecidos no entendimento e separados da vida de Deus por causa da ignorância que neles há, devido ao endurecimento dos seus corações. Essas pessoas, tendo perdido toda sensibilidade, entregaram-se a depravação, cometendo com avidez toda espécie de impureza.

Todavia, não foi assim que vocês aprenderam quanto a Cristo. De fato, vocês ouviram falar dele, e neles foram ensinados de acordo com a verdade que está em Jesus. Quanto à antiga maneira de viver, vocês foram ensinados a despir-se do velho homem, que se corrompe por desejos enganosos, a serem renovados no modo de pensar e a revestir-se do novo homem, criado para se semelhante a Deus em justiça e santidade provenientes da verdade.

Efésios 4:17-24 NVI

III – Comportamento. A palavra aqui no original grego (anastrofe)significa conduta, comportamento, modo de viver, estilo de vida.

A palavra é usada para denotar a atividade pública, e vida em relação aos outros.

Somos chamados para ser santos em meio a um mundo pecador. Não somos convocados para nos retirar da vida, mas para assumir um compromisso e fazer diferença com o nosso comportamento. Ser santo, na vida diária, onde pagamos nossas contas, namoramos, estudamos, brigamos com nossos irmãos, trabalhamos, etc.

Sendo santos, como membros de um povo santo, temos que mostrar a santidade em todo tipo de relacionamento com outras pessoas.

Você tem amigos que ficariam surpresos em saber que você é crente?

Lembre-se que Pedro está escrevendo sua carta, para consolar aqueles primeiros cristãos, que estavam sendo perseguidos por sua fé e a resposta que eles deveriam dar ao mundo hostil, que os perseguia, era suas vidas santas.

Comprometidas com um estilo de vida diferente.

Isaias Lobão P. Jr.

In Omnibus Gloricefetur Deus

Compartilhe a BençãoEmail this to someone
email
Print this page
Print
Tweet about this on Twitter
Twitter
Share on Facebook
Facebook
Share on LinkedIn
Linkedin

Comentários

comments

Contribua com sua opinião