Adoração contagiante

Campanha 40 Dias com Propósitos – 2ª. Semana –

INTRODUÇÃO

CONVICÇÕES SOBRE ADORAÇÃO

1) Só os crentes estão CAPACITADOS para adorar

A definição de adoração da nossa igreja é: “Adoração é a expressão do nosso amor a Deus. Por quem Ele é, pelo que Ele disse e pelo que Ele faz.”

Uma pessoa que não conhece a Deus, que não conhece a sua Palavra e que não tem discernimento da obra de Deus em sua vida. Isto é, uma pessoa que ainda não foi restaurada pelo Espírito Santo de Deus. Que ainda não foi salva por intermédio da obra de Cristo na cruz do calvário. Uma pessoa que ainda não tem o Espírito Santo de Deus não está capacidade para o ministério da adoração.

2) Os “não-crentes” podem se BENEFICIAR da adoração dos crentes.

A adoração é um testemunho poderoso para os incrédulos se a presença de Deus é sentida e a mensagem for compreensível.

“Por isso, eu te glorificarei entre os gentios e cantarei louvores ao teu nome…. Alegrai-vos, ó gentios, com o seu povo… Louvai ao Senhor, vós todos os gentios, e todos os povos o louvem… Haverá a raiz de Jessé, aquele que se levanta para governar os gentios, nele os gentios esperarão.” Romanos 15:9-12 (ARA)

A nossa adoração precisa fazer sentido para as pessoas a quem queremos alcançar. Por que a nossa adoração é capaz de:

– servir de testemunho

– gerar alegria

– levá-los a Cristo

3) Não existe um único LUGAR e nem um único ESTILO de a adoração

Jesus fez apenas dois requerimentos para uma adoração legítima. Jesus disse: “Deus é Espírito, e importa que os que o adoram o adorem em espírito e em verdade.” Jo.4:24

Aqui a mulher samaritana havia perguntado a Jesus de que lugar (templo) deveria sair a adoração que seria aceita por Deus. Do templo em Jerusalém ou do templo em Samária.

Jesus vai afirmar que o mais importante não era o lugar, nem o estilo, nem a prática litúrgica que importavam para Deus. Mas o fato de a verdadeira adoração ser oferecida em “espírito” e em “verdade”.

“Espírito” – significa de todo o coração

“Verdade” –

Atmosfera de amor, graça e poder

O que faz uma Celebração ter uma atmosfera de amor, graça e poder de Deus?

O que faz com que a nossa adoração seja contagiante?

1) EXPECTATIVA

Um dos comentários que mais ouço as pessoas fazerem sobre as nossas celebrações, é que o nosso povo tem um sentimento de expectativa.

Existe um entusiasmo persuasivo. Nós nutrimos um sentimento comum de que algo bom irá acontecer em nossas vidas.

Nós temos a convicção de que Deus está conosco. O Espírito Santo está operando.

Irmãos quero confidenciar uma coisa: todas as vezes que estou aqui, de frente para vocês, pregando a palavra de Deus, eu tenho a grande expectativa de que o Espírito Santo ao mesmo tempo está salvando vidas, transformando a história de vida de muita gente, curando nossas vidas, restaurando famílias… é isso o que eu espero. Eu não estou aqui apenas para passar algumas informações legais da Bíblia para vocês. Eu acredito que a ministração da Palavra de Deus tem o poder de nos alcançar e de nos transformar.

Agora, o que é que causa este sentimento de expectativa entre nós?

Ele é produzido por vários fatores:

a) Os crentes oram durante a semana;

b) Há intercessão constante pela igreja, pelas pessoas e pela liderança;

c) Os crentes trazem seus amigos não crentes para estarem conosco durante as celebrações;

d) Há sempre várias pessoas em nossas celebrações;

e) A ministração da Palavra de Deus é profunda;

e) Nossa música é contagiante;

f) A fé da equipe que lidera a celebração.

Então, sua oração inicial deve sempre expressar a expectativa de que Deus está no culto e que as nossas necessidades serão satisfeitas.

Expectativa é uma outra expressão para a palavra fé. ‘

Nós nunca podemos nos esquecer de que Jesus afirmou: “Que lhes seja feito segundo a fé que vocês têm!” – Mt.9:29 (NVI).

2) CELEBRAÇÃO

O Salmo 100:2 diz: “Prestem culto ao Senhor com alegria; entrem na sua presença com cânticos alegres.” (NVI).

Deus que a nossa oração, que os nossos cânticos, que a nossa atitude sejam de celebração.

Nós cultivamos aqui na Orla, uma atmosfera de satisfação e alegria porque estamos diante do nosso Deus.

Tem muita igreja, onde os cultos mais se assemelham a uma cerimônia fúnebre do que a um festival.

O engraçado é que as mesmas pessoas que acham que a igreja é um lugar de tristeza. Acham que lugar de alegria é na pista de dança, no estádio de futebol, no show, enfim. Diante de Deus temos que sentir tristeza, mas diante do diabo e do mundo podemos sentir alegria.

Isto é tanto verdade, que há várias piadas que equivocadamente mostram o céu como um lugar parado, sem graça, e o inferno como um lugar de alegria, de festejos.

Há uma cultura popular que diz que as coisas de Deus são chatas e as coisas do mundos e do diabo são animadas.

Agora, por que muita gente ainda pensa assim? Sabe porque? Porque foram ensinadas de maneira errada. E, por não saberem quem Deus é, não sabem como se comportar na presença de Deus.

Davi sabia quem Deus era e por isso sabia se comportar na presença de Deus. Veja o que ele nos diz no Salmo 42:4 – “Pois eu costumava ir com a multidão, conduzindo a procissão à casa de Deus, com cantos de alegria e de ação de graças entre a multidão que festejava.” (NVI).

Eu já estive em vários cultos onde havia um clima pesado pairando no ar. E isto, em grande parte, acontecia por causa dos dirigentes do culto.

Para muitos pastores e dirigentes de culto, a celebração é um trabalho. Mas, aqui na Orla, nós já entendemos que a celebração é um prazer.

Nós experimentamos o prazer da presença de Deus.

Meu amado, presta bem atenção. Isto não quer dizer que não exista espaço para as suas lágrimas, as suas perplexidades, suas dúvidas, diante de Deus. É claro que há espaço para a dor diante de Deus. Mas eu quero dizer para você que também há espaço para a sua alegria, para a sua descontração, há espaço para brincar, há espaço para relaxar.

Eu quero dizer para você o seguinte: diante de Deus todo sentimento humano é legítimo. E toda forma de sentir

3) LIBERDADE

A Bíblia diz: “Ora, o Senhor é o Espírito, e onde está o Espírito do Senhor aí há liberdade.” 2Co. 3:17.

Nós evitamos formalidades, rigidez ou qualquer outro tipo de pompa em nossos cultos.

Cultivamos uma atmosfera informal e amigável. Uma celebração informal ajuda os “não-crentes” a ficarem mais a vontade para receber a Palavra de Deus em seus corações.

A pessoas sempre se sentem mais ansiosas em um ambiente formal. Ficam preocupadas em fazerem alguma coisa errada. As pessoas ficam tensas, incomodadas. E, quando as pessoas se sentem incomodadas, elas aumentam as suas defesas emocionais.

4) ENCORAJAMENTO

A Bíblia diz: “Não deixemos de reunir-nos como igreja, segundo o costume de alguns, mas procuremos encorajar-nos uns aos outros, ainda mais quando vocês vêem que se aproxima o Dia.” Hebreus 10:25 (NVI).

Já há muita má notícia em nosso mundo. As pessoas precisam de um lugar onde elas possam ouvir as boas notícias.

E gente, não é por acaso que a palavra Evangelho significa – Boas Novas, Boas Notícias!

Nós queremos que as nossas celebrações sejam um momento de encorajamento e não de desencorajamento para as pessoas.

Deus quer conhecer o melhor que existe dentro de você, o pior ele já conhece.

Não se engane, nós iremos confrontar o pecado sim e sempre. Mas sempre iremos dizer, que para o seu pecado, para o meu pecado, para o nosso pecado, haverá sempre reserva ilimitada de graça para todos aqueles que se arrependem de verdade, para todos aqueles que estão em Cristo.

Sempre estaremos aqui para pregar que há esperanças para todo homem, toda mulher, todo jovem, todo adolescente, toda família. Deus é por nós! Esta é a nossa esperança! Esta é a nossa alegria! É por isso que não desistimos!

5) COMUNHÃO

Nós trabalhamos duro para manter a integridade da comunhão da igreja.

Nós somos uma família e não uma organização.

A maneira como nós nos relacionamos. A maneira como as pessoas que pregam deste púlpito se comportam, como eles se dirigem a vocês. A maneira como nós nos cumprimentamos, tudo isto diz: “Nós somos uma família. Estamos juntos nesta barco. Este lugar também é para você sua família.”

A Palavra de Deus diz: “Finalmente, sede todos de um mesmo sentimento, compassivos, cheios de amor fraternal, misericordiosos, humildes.” 1Pe.3:8.

Num mundo que se torna cada vez mais impessoal a cada dia, as pessoas estão em busca de um lugar onde elas se sintam como parte do todo. Estão em busca de um senso de comunidade.

6) RESTAURAÇÃO

A vida é muito dura. A cada domingo olho nas faces de centenas de pessoas que foram espancadas pelo mundo durante toda a semana.

Elas chegam com as suas baterias espirituais e emocionais descarregadas.

O meu trabalho é ajudá-las a se reconectá-las com o poder de Cristo.

Jesus disse: “Venham a mim, todos os que estão cansados e sobrecarregados, e eu lhes darei descanso. Tomem sobre vocês o meu jugo e aprendam de mim, pois sou manso e humilde de coração, e vocês encontrarão descanso para as suas almas. Pois o meu jugo é suave e o meu fardo é leve.” Mt. 11:28-30 (NVI).

Um dos propósitos da nossa adoração semanal é sermos emocionalmente restaurados e espiritualmente recarregados par enfrentarmos a semana que vem pela frente.

Jesus insistiu nisso, dizendo que: “O sábado foi feito por causado homem, e não o homem por causa do sábado.” Mc.2:27.

Quando eu estou preparando as mensagens de domingo, estou sempre com uma oração em mente: “Senhor ajuda-me a ministrar no domingo de tal maneira que ajude as pessoas na segunda-feira.”

A igreja é um oásis no meio de um deserto.

A nossa chamada é oferecer água fresca para as pessoas que estão morrendo de sede ao nosso redor.

Essa é uma das razões que queremos ter celebrações bem humoradas. A Bíblia diz: “O coração alegre é bom remédio, mas o espírito abatido faz secar os ossos.” Pv.17:22.

7) SALVAÇÃO

Mas, uma celebração não apenas um lugar para se relacionar, para se divertir e festejar; para ser encorajado e restaurado. Mas é sobretudo, um momento para se encontrar o caminho para o céu. Para encontrar a salvação. Para manifestar sua fé salvadora em Cristo Jesus. É o momento para se confessar a Cristo como Senhor e Salvador da sua vida.

É por isso que pedimos para que as pessoas preencham as fichas que estão no boletim, indicando que decisão estão tomando, após cada celebração.

Sabe de uma coisa, Jesus é o maior presente de Deus para você. E como todo presente. Ele precisa ser aceito. Porque toda vez que um presente não é aceito, ele se torna um obstáculo entre quem deu o presente e quem deveria receber o presente.

Jesus disse: “Eu sou o caminho, a verdade e a vida, ninguém vem ao Pai, se não por mim.”

Olha só, ou Jesus é o caminho que vai levar você pro céu. Ou será uma muralha intransponível que tornará impossível sua ida para lá.

Então hoje, se você está aqui com a gente, nessa celebração. Então, hoje, você precisa fazer uma escolha.

www.ejesus.com.br

Compartilhe a BençãoEmail this to someone
email
Print this page
Print
Tweet about this on Twitter
Twitter
Share on Facebook
Facebook
Share on LinkedIn
Linkedin

Comentários

comments

Contribua com sua opinião