As três fases na vida de Jó

Neste sermão vamos aprender sobre as três fases na vida de Jó

Texto: Jó 1:1

Introdução
A vida de é conhecida como a de um homem de muita paciência, motivo pelo qual caiu no dito popular.
Mas quando estudamos a sua caminhada, Deus consegue nos dar uma lição entre o que temos pela sua graça e que podemos conhecer pela experiência com Ele.
O Livro de Jó mostra uma realidade que transforma o lugar de conforto em experiências para crescimento espiritual.

Podemos classificar a sua vida em 3 fases:

1) PRIMEIRA FASE – VIDA CONFORTÁVEL PELO FAVOR DE DEUS

Todo ser humano faz planos para ter uma vida estável que significa estabilidade financeira, família ajustada, muita saúde, resumindo em um estado de felicidade, em outras palavras: Eu não tenho do que reclamar.
A mulher de Jó chamou isso de integridade. Jó 2:9

Mesmo nesses momentos de auge em nossas vidas, existem dois elementos comuns que não sai da nossa presença, Deus e Satanás com propósitos bem distintos.
Na fase em que você está na zona de conforto, a valorização por tudo que Deus lhe dá não é suficiente.
Jó era recompensado pelo seu belíssimo curriculum diante de Deus

2) SEGUNDA FASE – REFLEXÕES E QUESTIONAMENTOS

Quando algo começa a dar errado em nossas vidas, começamos a querer entender o por que?
O que fizemos de errado, o que estão fazendo de errado, o que mudou???
Nesse nível começamos a questionar a Deus.
Cap. 7:1 – Não é penosa a vida do homem sobre a terra?
v. 16,17,18,19,20,21
– Quando se chega nesse ponto, está no momento de aprender.

1- Depender Jó 8:5 – Mas, se buscares a Deus e ao Todo Poderoso…
Assim foi com Elias – um homem semelhante a nós, sujeito aos mesmos sentimentos, e orou, com instância…
1 Reis 17:2 Veio a Palavra do Senhor – esconde-te
3,6 anos – Caverna
Assim foi com Davi – 1 Sm 22:2-5
Período da Caverna
1 Rs 19:2 – Pediu a morte
Assim foi com José, precisou entrar na cadeia

2- Caráter tratado – Jó 8:6 – se fores puro, e reto, ele…
Existe um tempo, um modo, uma qualidade
Precisamos estar sincronizado com Deus
– Ouvi-lo, sentir…
– Esperar – o tempo de Deus é essencial – (Maduro) Jó 8:8-10
– Aprendizado traduz a qualidade

3- Justiça – Manifestação da justiça
– Durante todo o período em que estamos sendo tratado, as pessoas que estão ao nosso redor são influenciadoras no nosso processo. Cap. 11
– Nós também temos a nossa bagagem de aprendizado e devemos apresentá-la diante de Deus
Is 43:26 – Desperta-me a memória, entremos juntos em juízo; apresenta as tuas razões, para que possas justificar-te.
No Cap. 14 Jó justifica todo o poder de Deus sobre o homem, comparando a grandiosidade Dele e da pequenez do homem
Mas… Existe uma linha Tênue como justificativa da mudança, da alteração, da transformação
Esse processo se dá quando o elo é Deus.

Jó 14:7-9
Ao cheiro das águas
Esse período de tratamento faz com que o homem se refaça
•    Muitas vezes não são os nossos pecados
– As justificativas sobre os erros
– Os questionamentos para achar culpados e culpas
– As lamentações – Cap. 31
Nisso pesa a integridade, engano, balanças infiéis, até questionamentos como sedução (adultério)

Analise minuciosa – Crescimento
* Até que o Senhor resolve – no meio do redemoinho responder a Jó. Cap. 38
O Senhor convence a Jó da ignorância

3) TERCEIRA FASE – CONHECER VERDADEIRAMENTE A DEUS

Existe um diálogo muito interessante entre Jó e Deus:
Cap 40:1-2
Respondeu mais o SENHOR a Jó, dizendo:
Porventura o contender contra o Todo-Poderoso é sabedoria? Quem argüi assim a Deus, responda por isso.
Cap 40 2-4
Então Jó respondeu ao Senhor, dizendo:
Eis que sou vil; que te responderia eu? A minha mão ponho à boca.
Uma vez tenho falado, e não replicarei; ou ainda duas vezes, porém não prosseguirei.

A partir desse momento Jó declara conhecer a Deus, a ficha cai, o verdadeiro entendimento.

O livro de Jó termina no capítulo 42 com a confissão de Jó sobre o caráter de Deus, o desnudar de um conhecimento prático e não de teorias e argumentos superficiais, a tal ponto que no versículo 5 ele confessa o seu estado de infantilidade – Eu te conhecia só de ouvir, mas agora os meus olhos te veem.

Por isso
– Sua fé foi recompensada
– Deus jamais abandona quem está em sofrimento
– Nem todo sofrimento é causado pelo pecado
– Deus requer dos seus santos a fé que persevera pacientemente na adversidade.

Autora: Pra Angela Lubambo

Visite: http://www.ejesus.com.br

Compartilhe a BençãoEmail this to someone
email
Print this page
Print
Tweet about this on Twitter
Twitter
Share on Facebook
Facebook
Share on LinkedIn
Linkedin

Comentários

comments

Contribua com sua opinião