Como apreciar as pessoas em sua vida.

Hoje começamos uma nova série. Filipenses é um livro pessoal. É o livro que mais fala sobre a vida pessoal de Paulo. É uma carta pessoal. É também uma carta prática. Trata de um monte de problemas na vida, que todos nós encaramos no dia-a-dia. Acima de tudo Filipenses é um livro positivo. As palavras “alegria”, “se alegrar” ou “ser feliz” aparecem dezessete vezes neste livro. Estou chamando esta série “Como desfrutar o resto da sua vida” porque se trata de como ser feliz apesar de circunstâncias, a despeito dos problemas.

1. Seja grato pelas coisas boas nas pessoas:

“Agradeço a meu Deus toda vez que me lembro de vocês” (v. 3)
Lição 1: Lembre o melhor, esqueça o pior.

2.Pratique oração positiva:

“Em todas as minhas orações em favor de vocês, sempre oro com alegria” (v. 4)
Lição 2: A maneira mais rápida de mudar um relacionamento ruim é começar a agradecer a Deus em oração pelas pessoas.
Paulo ora especificamente por quatro coisas pelas pessoas. Você pode orar pelas pessoas e você pode saber que Deus vai responder sua oração porque essa e a vontade dele. Essa é uma oração bíblica.
Ore para que eles cresçam em amor. “… Se multiplicam no amor…” significa transbordar, como uma onda.
Ore para que eles façam escolhas sábias. “discernirem o que é melhor”
Ore para que eles façam a coisa certa. “serem puros e irrepreensíveis” – ter a consciência limpa.
Orai para que eles vivam para glória de Deus. “cheios do fruto da justiça”.

3. Seja paciente com o progresso delas:

“Estou convencido de que aquele que começou boa obra em vocês, vai completá-la até o dia de Cristo Jesus” (v. 6)
Lição 3: Deus ainda não finalizou o acabamento nas pessoas.

4. Ame as pessoas a partir do coração:

“Deus é minha testemunha de como tenho saudade de todos vocês, com a profunda afeição de Cristo Jesus” (v. 8)
Eu tenho descoberto que se as pessoas não estão no meu coração, eles estão nos meus nervos.
Lição 4: O segredo dos que apreciam as pessoas em sua vida é que estão cheias do amor de Deus.

Conclusão:

Quem você precisa para ser agradecido? Quem tem sido uma pessoa importante em sua vida? Quem você acha que está falhando em valorizar? Quando foi a última vez que você escreveu uma nota de “muito obrigado” ou comprou alguns flores, ou deu uma almoço/jantar, deu uma palavra gentil? Quantas vezes alguém já fez isso por você e nem valorizou como devia? As pessoas fazem algo por você, sua esposa, amigo, patrão e sua reação foi: “elas ainda estão com saldo negativo de tantas coisas que fiz por elas”. É tempo de você lembrar o melhor e esquecer o pior.
Você está orando pelas pessoas ao seu redor diariamente? Você está orando por seus filhos, seu marido, sua esposa? Você está orando para que eles estejam cheios de amor e de façam sábias decisões, fazer a coisa certa e viver para a glória de Deus? Cada um das cartas de Paulo tem uma oração em algum lugar e você pode fazer essa oração para as outras pessoas. O jeito de fazer isso é estar agradecido e orar por aqueles ao seu redor. Faça uma lista com pedidos específicos de oração por aqueles que está orando. É tempo de você fazer orações positivas pelas pessoas.
Quem você precisa ser paciente em seu progresso? Alguém no trabalho? Seus filhos? Seu marido e ou seu próprio progresso? Lembre-se: em vez de apenas olhar no quão longe as pessoas deveriam ir, perceba o quão longe elas já foram. É tempo de você compreender que Deus ainda não finalizou o que começou nas pessoas.
Quem você precisa para começar a amar a partir o coração e não da cabeça? Paulo começou esta igreja, ele foi o pastor-fundador. Ele tinha essas pessoas em seu coração. A palavra na Bíblia para “apreciar as outras pessoas” chama-se “comunhão”. Aprecie sua igreja, que é a sua família. Quando você realmente ama as pessoas, você está apreciando suas vidas e vivendo em verdadeira comunhão. É tempo de você nutrir o amor de Deus em sua vida para poder apreciar as pessoas.

Compartilhe a BençãoEmail this to someone
email
Print this page
Print
Tweet about this on Twitter
Twitter
Share on Facebook
Facebook
Share on LinkedIn
Linkedin

Comentários

comments

Contribua com sua opinião