Desbloqueando o canal da bênção

INTRODUÇÃO:

Em Campina Grande, na Paraíba, há um canal de esgoto que divide geograficamente o centro da cidade com alguns bairros da zona leste. Os entulhos jogados a anos naquele canal, tem provocado vários problemas de ordem sanitária, tais como:

1. A saúde dos moradores que se situam às margens do canal está sempre ameaçada por aquele tipo de habitat;

2. O ar poluído pelo material putrefato, tem causado desconforto e incômodo a todos ali;

3. No período de chuvas excessivas, o povo é gravemente atingido pelo transbordar do canal, pondo em risco os pertences e as suas próprias vidas.

Tudo isso é gerado por dois problemas que considero graves:

1. A falta de educação do povo, priorizando áreas livres para laçarem seus despojos, se esquecendo do tão saturado slogan: “povo limpo é o povo desenvolvido”;

2. O descaso das autoridades sanitárias em educar o povo ou remover em tempo hábil o lixo jogo do nessas áreas livres.

Moral da História: basta um só homem, todos os dias lançar entulhos, lixo, etc. nesse canal, para em poucos dias prejudicar todos os moradores daquela localidade.

PROPOSIÇÃO:
Se ficarmos com este tipo de ilustração, e aplicarmos ao texto, chegaremos a seguinte realidade: Acã, filho de Zerá, da tribo de judá, sozinho bloqueou o canal das bênçãos de Deus para Israel perder uma batalha. Se não vejamos:

DIVISÕES:
1. A DESOBEDIÊNCIA DA ACÃ, FOI ROMPER A LEI DA ALIANÇA (v.1). No livro de Josué 6.18,19 – antes de enfrentar Jericó, Josué adverte o povo: “Guardai-vos das coisas condenadas…” . Que coisas? Despojos, ídolos e pertences que “deveriam ser queimados” Dt. 7.25.

2. O PECADO DE ACÃ, FOI IMPUTADO À NAÇÃO (v.11). A causa toda de Cristo é prejudicada pelo pecado, negligência e falta de espiritualidade de um só crente.

3. O PECADO DE ACÃ LEVOU ISRAEL À DERROTA DIANTE DOS AMORREUS EM AI (v.4). Que expressão frustrante: “Assim subiram lá do povo uns três mil homens, os quais fugiram dos homens de Ai” (Js.7.4) O diabo tem colocado muitos desobedientes para correr.

4. PARA ACÃ, AS COISAS DESTE MUNDO LHES FAZIA BRILHAR OS OLHOS, MAS DO QUE AS COISAS DIVINAS (v.21). Há pessoas que têm abandonado Jesus por coisas insignificantes e secundárias, como: amizades, namorado(a), passeios, futebol, etc…

5. ACÃ PERDEU UMA GRANDE OPORTUNIDADE DE SATISFAZER O SEU DESEJO, ANTECIPANDO-SE A BÊNÇÃO QUE VIRIA NO TEMPO CERTO (Js.8.2). Seja paciente, espere, porque a esperança só brota na espera. Lembre: “Quem espera sempre alcança”.

6. O PECADO DE ACÃ FOI REVELADO, PORQUE O SENHOR É O MAIS INTERESSADO NA REVELAÇÃO DO MAL (Js. 7.16-18). O Senhor ajuda na descoberta do mal, não para expor o pecado a vergonha, mas para que o pecado seja banido.

7. APÓS UMA REVELAÇÃO DO CÚMPLICE, MONTA-SE UM TRIBUNAL PARA JULGAR A CAUSA, CUJO VEREDICTO É MORTE PARA ACUSADO (Js. 7.25). Mesmo que o pecador confesse o seu pecado, ele sofrerá conseqüências pelo mesmo.

8. SÃO QUATRO OS PASSOS DO PECADO CONFESSADO POR ACÃ (Js. 7.20-21):
a) Eu vi – nem tudo podemos ver. Aqui deixaremos de ver muita coisa, mas veremos o Senhor Jesus na gloria (Mt. 5.29);
b) Eu cobicei – arquitetou na mente (Êx. 20.17);
c) Eu tomei – posse indevida, cleptomania (Êx. 20.15)
d) Eu escondi – ocultei (SI. 139.7)

CONCLUSÃO

1. NENHUM PECADO AFETA SÓ O PECADOR (Js. 7.24). Outros que não tem nada a ver, muita vezes sofre as conseqüências.

2. TODO PECADO QUE VOCÊ COMETER IRA DEFINHÁ-LO, REVELÁ-LO E FAZER-LO PAGAR POR ELE (Js. 7.16,18,25).

3. A DESOBEDIÊNCIA TRAZ DERROTA A VIDA CRISTÃ (Js. 7.6-8)

DICAS:
O livro de Josué, TRATA DA ENTRADA DO POVO DE Israel na terra de Canaã.
Acã, significa turbulento, vem da raiz = perturbação
Acor, lugar de perturbação. Em Oséias 2.15, após a paz em Israel, Acor passa a ser Porta de esperança.
Capa babilônica, era uma túnica longa, tecida com fios de prata e ouro, escarlata.
Barra de ouro, correspondente a uma régua de ouro de 50 ciclos.

PENSAMENTO:
Os homens se apegam mais à certeza de possuir coisas, do que às próprias coisas adquiridas.

ILUSTRAÇÃO:
Que descoberta terrível a de alguns, que tendo vivido aqui uma vida de miséria, no porvir será infinitamente pior.

Compartilhe a BençãoEmail this to someone
email
Print this page
Print
Tweet about this on Twitter
Twitter
Share on Facebook
Facebook
Share on LinkedIn
Linkedin

Comentários

comments

Contribua com sua opinião