Deus falou através do seu Filho

“Deus falou muitas vezes e de muitas maneiras aos nossos antepassados”. Assim começam as palavras da epístola aos hebreus.
Deus falou e Deus fala! Deus se comunica. Deus não é idéia ou uma imagem muda. Essa é uma verdade de grande valor. Deus falou no princípio, quando a terra ainda não tinha forma, e disse: “Haja luz! E houve luz”. E todas as coisas foram criadas pela sua Palavra (Gn 1).
Posteriormente Deus falou aos primeiros seres humanos (Adão e Eva) quando estes pecaram. E o que Deus falou foi muito duro. Ele disse: “Maldita é a terra por tua causa… No suor do teu rosto comerás o teu pão, até que tornes a terra… Porque tu és pó e ao pó tornarás” (Gn 3.17-19)

Deus também falou com Satanás, que tinha enganando a Adão e Eva e lhe disse: “Porei inimizado entre ti e a mulher, entre a tua descendência e o seu descendente. Este te ferirá a cabeça e tu lhe ferirás o calcanhar” (Gn 3.15). Outro momento marcante foi após o dilúvio: Deus falou com Noé e fez com ele e com seus descendentes um acordo de misericórdia: Deus não voltaria a destruir a terra, mas se lembraria da sua misericórdia e da promessa de mandar o Salvador. O arco-íris nas nuvens é um sinal de que não haverá mais dilúvio, é verdade. Mas, sobretudo, é um sinal da misericórdia de Deus. Quatrocentos anos após o dilúvio Deus falou com Abraão e lhe disse: “Sai da tua terra… De ti farei uma grande nação… Em ti e na tua descendência serão benditas todas as famílias da terra” (Gn 12).
No NT, em Gálatas 3.16 o apóstolo explica que todas as pessoas da terra serão abençoadas em Jesus, o descendente de Abraão!

Deus também falou através dos profetas, especialmente entre os anos 800 e 400 a.C. Através de Isaías disse que: “A virgem conceberá e dará à luz um filho…” (7.14); que “Um Menino nos nasceu… e o seu nome será Maravilhoso, Conselheiro, Deus Forte, Pai da Eternidade e Príncipe da Paz” (9.6). Jesus não é apenas um ser humano diferenciado. Ele é o Deus Forte que se tornou ser humano para salvar a humanidade. Através do Profeta Miquéias Deus disse que “De Belém sairá aquele que há de reinar em Israel” (Mq 5.12). E nos últimos tempos, continua o apóstolo, Deus falou através do seu próprio Filho! Em nenhum outro tempo Deus falou tanto e de modo tão claro, como no tempo em que Jesus esteve aqui na terra. Deus falou através das atitudes e das palavras de Jesus. Deus disse tudo o que precisava ser dito. Deus fez tudo o que precisava ser feito. Esses foram os anos mais ricos e preciosos na história da humanidade. Só que as pessoas que viveram naquela época, especialmente as autoridades do povo de Israel, não ouviram e não entenderam o que Deus falou através do Seu Filho! Será que hoje nós entendemos o que Deus falou e fez através do Seu Filho Jesus!

Após Jesus ter nascido em Belém, o rei Herodes procurou matar o menino, pois ficou sabendo que ele era o tão esperado Rei dos Judeus. Esta foi a primeira tentativa de calar a voz de Deus. Durante todo o período de sua missão terrena, os líderes religiosos da época procuravam calar sua voz, pois aquilo que Ele dizia os incomodava profundamente, pois Jesus acusava seus pecados. E no fim do seu ministério Jesus foi morto. Lembram qual foi a acusação? Porque Jesus disse que ele era o Filho do Deus vivo. É como escreveu o evangelista João: “Ele veio para os seus e os seus não o receberam…” (Jo 1.11). Não deram ouvido à sua voz… Mais do que isso, queriam calar a voz de Deus! E qual é a atitude do ser humano do século XXI? Não está ele também querendo calar a voz de Deus? Na verdade, o ser humano dos nossos dias não quer ouvir o que Deus tem a dizer. Volta-lhe as costas. Esta é a maneira mais triste de calar alguém? Por que o ser humano age assim? Aquilo que Deus fala, lhe incomoda. Deus fala que precisamos mudar e nós não queremos mudar! Além disso, o ser humano também torce e modifica o que Deus falou. As muitas e diferentes denominações religiosas dentro do cristianismo, de certa forma, comprovam isso. Por isso é necessário voltar, sempre de novo, à fonte: à Palavra de Deus. Estudá-la com profundidade.

O que Deus tem a nos dizer quando, mais uma vez celebramos o Natal de Cristo? Certamente, a mesma coisa que Ele disse a Adão e Eva: Você é pecador! E se o mundo está, do jeito que está, é por causa do pecado, da injustiça, da ganância e da falta de amor do ser humano. E todos nós estamos relacionados aqui entre estes seres humanos. Mas, além disso, Deus também fala ao coração humano, a você e a mim, dizendo: Eu amo você! Eu mandei o Salvador ao mundo porque eu amo você. Confia em Jesus. Ele é o prometido “descendente da mulher”. Ele é o verdadeiro Deus e o único Salvador!

O apóstolo explicou isso aos cristãos hebreus, animando-os a confiar em Jesus, porque:
– Jesus é o herdeiro de todas as coisas
– Todas as coisas foram criadas por intermédio dele (Jo 1.3).
– Jesus é Deus. Ele tem o brilho da glória de Deus. Mesmo nascendo como ser humano humilde, Ele é a expressão exata do Ser divino.
– Ele sustenta o universo com sua Palavra poderosa.
– E, depois de ter purificado todos os seres humanos dos seus pecados, através do seu sacrifício na cruz, Jesus está à direita de Deus, o que significa que ele tem toda autoridade e todo o comando.

Quando Deus fala precisamos deixá-lo falar. Não devemos interrompê-lo. Hoje Deus nos diz novamente que Jesus nasceu como ser humano, filho de Maria. Mas esta palavra está incompleta. O menino nascido de Maria é o verdadeiro Deus! Ele nasceu para morrer e assim purificar os seres humanos do pecado e da culpa. Mas ele também ressuscitou. Assim, pela fé em Jesus, nós também renascemos para uma nova vida, que será eterna no céu! Deixa Deus falar! Ele lhe mostra seus pecados, mas também seu amor perdoador!
Amém!

Compartilhe a BençãoEmail this to someone
email
Print this page
Print
Tweet about this on Twitter
Twitter
Share on Facebook
Facebook
Share on LinkedIn
Linkedin

Comentários

comments

Contribua com sua opinião