É necessário temer a Deus

Neste sermão vamos aprender que É necessário temer a Deus. Esta é uma mensagem para os dias de hoje em meio a tantas incredulidades.

Texto: Ml 4:1-6

Introdução

Aqueles que conhecem a palavra de Deus reconhecem que o livre arbítrio, é designado ao homem, o direito de escolha em toda e qualquer situação.

No versículo 1 do cap. 4 de Malaquias, o profeta apresenta duas situações que define o que recebemos quanto tomamos decisões baseadas em nossas bases carnais. O profeta faz menção do homem soberbo e do homem que comete perversidade.

Para esses o Senhor dos exércitos os abrasará de forma tal que não lhe deixará nem ramo, nem raiz. Quando Moisés estava no deserto houve algumas situações em que Deus teve que intervir pela soberba de Miriã e Arão.

Em Nm 12:2-10:

2 E disseram: Porventura falou o Senhor somente por Moisés? Não falou também por nós? E o Senhor o ouviu. 3 E era o homem Moisés mui manso, mais do que todos os homens que havia sobre a terra.4 E logo o Senhor disse a Moisés, a Arão e a Miriã: Vós três saí à tenda da congregação.

E saíram eles três. 5 Então o Senhor desceu na coluna de nuvem, e se pôs à porta da tenda; depois chamou a Arão e a Miriã e ambos saíram. 6 E disse: Ouvi agora as minhas palavras; se entre vós houver profeta, eu, o Senhor, em visão a ele me farei conhecer, ou em sonhos falarei com ele. 7 Não é assim com o meu servo Moisés que é fiel em toda a minha casa.

8 Boca a boca falo com ele, claramente e não por enigmas; pois ele vê a semelhança do Senhor; por que, pois, não tivestes temor de falar contra o meu servo, contra Moisés? 9 Assim a ira do Senhor contra eles se acendeu; e retirou-se. 10 E a nuvem se retirou de sobre a tenda; e eis que Miriã ficou leprosa como a neve; e olhou Arão para Miriã, e eis que estava leprosa. 11 Por isso Arão disse a Moisés: Ai, senhor meu, não ponhas sobre nós este pecado, pois agimos loucamente, e temos pecado.

Isto retrata a soberba, quando queremos ser mais do que podemos ou devemos, ou quando ocupamos os lugares que não foram reservados para nós.

Temos que ter o discernimento que precisamos para efetuarmos os projetos de Deus.

Miriã era irmã de Moisés, mas não foi chamada para fazer o que ela achou que deveria.

1)    Precisamos reconhecer e respeitar a nossas lideranças

Romanos 13:1-2 – Todos devem sujeitar-se às autoridades governamentais, pois não há autoridade que não venha de Deus; as autoridades que existem foram por ele estabelecidas.

Portanto, aquele que se rebela contra a autoridade está se colocando contra o que Deus instituiu, e aqueles que assim procedem trazem condenação sobre si mesmos.

2)    Não devemos assumir uma função que não nos foi designada

Muitas vezes somos colocados em determinadas tarefas aquém aos nossos conhecimentos, e temos que entender que às vezes precisamos crescer com um ponto dilacerante de nossa alma chamado tolerância. O Senhor muitas vezes quer nos testar para saber como anda o nosso coração que é enganoso.

3)    Não escandalize querendo transferir responsabilidades que não lhe foi confiada

E disse aos discípulos: É impossível que não venham escândalos, mas ai daquele por quem vierem! Lucas 17:1

Temos que buscar no Senhor o nosso lugar dentro do projeto e fazer parte dele com todo entendimento e dando tudo que temos, uns a 30, outros a 60 e outros a 100, mas sabendo que o governo não é nosso e somos subordinados a autoridade constituída

O Versiculo 2 Deus fala sobre as bênçãos e o derramar de seu poder

O ponto crucial para o agir de Deus é o temor – Para aqueles que o temem

Muitos são chamados…. mas poucos são escolhidos

A escolha é uma seleção que envolve seu pensamento e a sua ação (Comportamento ou modo como alguém se comporta), e o julgamento de Deus sobre como pensamos e agimos

O que nos faz pensar e agir bem é o temor ao senhor

DEUS TEM GRANDES PROMESSAS PARA AQUELES QUE O TEMEM

4) TEMER A DEUS – NASCERÁ O SOL DA JUSTIÇA

Deus compara o tamanho do sol, a sua grandeza, o seu alcance com um dos maiores astros de luz própria que conhecemos, isso significa que é inimaginável o seu alcance.

Onde estivermos, a sua justiça estará presente e ao nosso favor

5) TEMER A DEUS – HAVERÁ CURA

Teremos uma vida saudável, não só no corpo, mas principalmente da alma.

A alma quando enferma, além de nos trazer sequelas irreparáveis, não tem remédio.

6) TEMER A DEUS – HAVERÁ ALEGRIA

E saireis e saltareis como bezerros da estrebaria.

Mas o fruto do Espírito é amor, alegria, paz, paciência, amabilidade, bondade, fidelidade, mansidão e domínio próprio. Contra essas coisas não há lei. Gálatas 5:22-23

A alegria é um fruto do espírito, conquistado pelo homem. Não se pede, se conquista através da vivência e experiências com Deus. Mas o Senhor promete aqueles que o temem. Imagine o que é viver uma vida com alegria

7) TEMER A DEUS – OS NOSSOS INIMIGOS SERÃO PISADOS

(E pisareis os ímpios, porque se farão cinza debaixo das plantas de vossos pés), Lucas10.19: Eis que vos dou poder para pisar serpentes e escorpiões, e toda a força do inimigo, e nada vos fará dano algum

CONCLUSÃO

Os dias para os homens não são iguais diante do julgamento de Deus, aqueles que esperam uma vida confortável tem que buscar a justiça como o brilho do sol. Muitos não o fazem porque não querem seguir os padrões da palavra e outros porque são enganados, temos muitos falsos profetas dentro das igrejas.

Mas quando alcançamos o entendimento, Deus derrama bênçãos sem medidas, provenientes da sua palavra como promessa.

Autora: Pra. Angela Lubambo

Visite: www.ejesus.com.br

Compartilhe a BençãoEmail this to someone
email
Print this page
Print
Tweet about this on Twitter
Twitter
Share on Facebook
Facebook
Share on LinkedIn
Linkedin

Comentários

comments

Contribua com sua opinião