Ele faz grandes coisas!

Leia o Salmo 126)

INTRODUÇÃO:

No domingo passado pela manhã estávamos como igreja prestando um culto de louvor ao nosso Deus, e também agradecendo pelos 77 anos de vida e missão da Associação Evangélica Beneficente.

Ainda pedi aos intercessores que a igreja estivesse em oração por um encontro necessário para a vida e missão da igreja:

Na reunião que aconteceu na segunda feira à noite, sentíamos a presença de Deus. Sabíamos que Deus estava presente e que a igreja estava em oração. Afinal Deus fez Maravilhas! Ele faz e fará! O tema da reunião foi vencido, finalizamos um momento da igreja, e estamos iniciando um momento novo na caminhada da nossa amada Catedral Metodista de São Paulo. Pois, a Palavra de Deus nos diz que Ele faz infinitamente mais do que pedimos ou pensamos!

Assim, quero aproveitar a pastoral do boletim desta semana para continuar desafiando nossa igreja, mas, especialmente você que está lendo esta mensagem, a agradecer a Deus que nos envolve com sua graça e amor, de forma acolhedora, transformadora; e que nos impulsiona para a vida e missão que é feita em nome dEle.

O desafio está em termos um olhar no passado, porém não vivermos de nostalgia e mesmo diante de um cenário tão dramático em nosso País, crermos na Esperança!

Assim somos chamados como povo de Deus a declarar: Grandes coisas o Senhor fez, faz e sem dúvida alguma fará por nós, por isso estamos alegres!

Olhando para os cânticos de romagem – Salmo 120 – 134

I – O CONTEXTO

Este salmo está dentro da realidade dos cânticos de romagem, canções que o povo entoava enquanto viajava através do deserto para adorar em Jerusalém. Canções que lembravam a história da salvação, animavam a caminhada do povo, renovavam a fé e a esperança, refletiam a necessidade de depender de Deus. Afinal, o maior desejo que eles tinham era poder estar na casa do Senhor, tanto que um dos cânticos afirma: Alegrei-me quando me disseram: vamos à casa do Senhor! (Sl 122)

II – O TEXTO – O SALMO 126

Os versículos de 01-03 nos ajudam a refletir sobre a alegria que é trazida como lembrança. Um testemunho interno e externo do que Deus faz. É interessante que é a mesma palavra utilizada em Jó 42.10, quando Deus “restaurou” sua sorte.

A restauração do exílio, a volta para casa, a memória é fundamental para o viver na fé judaica. “Quero trazer a memória o que me pode dar esperança”!

O povo de Israel continuava olhando para o passado revivendo a alegria e a esperança agora de rever o templo. A caminhada em direção à oportunidade de adorar é sempre inspiradora para a vida.

Como celebrar? Os versículos de 04-06 nos indicam dois sinais, ou símbolos presentes no viver do povo de Israel, o primeiro deles é natural, a chuva que cai sobre o Neguebe, lugar seco, árido e que é capaz de produzir com a chuva, a relva, o verde, o fruto. O que era um dos locais mais secos no contexto da história de Israel, se torna uma torrente com as chuvas.

O segundo está ligado a um processo lento e árduo, onde o homem tem um papel crucial. II Co 9.6 é um desafio a ser lembrado, “o que semeia pouco, pouco ceifará o que muito semeia, muito colherá” e ainda em Tg 5.7-8 baseada na experiência do agricultor, afirma que “devemos ser pacientes para esperar e conseguir vencer”, tendo a oportunidade, colher o fruto dos sonhos.

III – ELE FAZ GRANDES COISAS

Mais uma vez, quero desafiar você a agradecer a Deus pelas grandes coisas que Ele tem feito em sua vida, na vida da sua família, enfim, no meio do seu povo.

O cristão é aquele(a) que tem esperança.

Não está feliz só quando tudo está bem, mas quando efetivamente tem esperanças no futuro à luz das experiências passadas.

Somos desafiados a agradecer a Deus e entender que este testemunho de gratidão nos é apresentado em duas direções: o testemunho interno, quando nós somos capazes de reconhecer o que Deus está fazendo em nosso meio, a espera do “agricultor”, a esperança e a certeza de que o fruto virá.

Ao mesmo tempo, o testemunho externo: são aqueles que percebem o que Deus está fazendo em nossas vidas e na vida da sua igreja.

Somos gratos pelo que Deus fez, faz e irá fazer! Afinal sua fidelidade está presente em todo o tempo da nossa caminhada cristã!

Você é capaz de dizer hoje para alguém: Deus fez, faz e fará grandes coisas em sua vida! Porque Ele tem feito na minha?

Compartilhe a BençãoEmail this to someone
email
Print this page
Print
Tweet about this on Twitter
Twitter
Share on Facebook
Facebook
Share on LinkedIn
Linkedin

Comentários

comments

Contribua com sua opinião