O amor segundo Camões

Um homem foi visitar um sábio conselheiro e disse-lhe que já não amava mais a sua mulher e que pensava em separação. O sábio escuto-o, olhou-o nos olhos e disse apenas uma palavra: “Ame-a”. E logo se calou. – Mas, já não sinto nada por ela! – Ame-a. – disse novamente o sábio. E diante do desconcerto do homem, depois de um breve silêncio, disse-lhe o seguinte: – Amar é uma decisão, não um sentimento. Amar é dedicação e entrega. Amar é um verbo e o fruto dessa ação é o Amor.

O Amor é um exercício de jardinagem: arranque o que faz mal, prepare o terreno, semeie, seja paciente, regue e cuide. Esteja preparado porque haverá pragas, secas ou excessos de chuva, mas nem por isso abandone o seu jardim. Ame seu par, ou seja, aceite-o, valorize-o, respeite-o. Dê-lhe afeto e ternura. Admire-a e compreenda-a. Isso é tudo. Ame!

Como é o amor?

I. É PARADOXAL
Luiz Vaz de Camões:
Amor é um fogo que arde sem se ver; / é ferida que dói e não se sente; / é um contentamento descontente; / é dor que desatina sem doer. / É um não querer mais que bem querer; / é solitário andar por entre a gente; / é um não contentar-se de contente; / é cuidar que se ganha em se perder. / É um estar-se preso por vontade; / é servir a quem vence o vencedor; / é um ter com quem nos mata a lealdade. / Mas como causar pode o seu favor / nos mortais corações conformidade, / sendo a si tão contrário o mesmo amor? (Luiz de Camões)

II. ESTÁ SEMPRE EM CONSTRUÇÃO
1) Ct 4.12: Jardim fechado és tu, minha irmã, noiva minha,
2) Gilberto Gil:
É sua vida que eu quero bordar na minha / Como se eu fosse o pano e você a linha / E a agulha do real nas mãos da fantasia / Fosse bordando ponto a ponto nosso dia-a-dia… / E fosse aparecendo aos poucos nosso amor (GG)

III. È O MEIO MAIS EFICAZ DE SE CELEBRAR A VIDA
1. Jo 10.10: eu vim para que tenham vida e a tenham em abundância.

2. O casamento é um meio de celebrar a vida pois foi o próprio Deus quem o institui:
a) “Não é bom que o ser humano esteja só”;
b) Sl 68. 6: “Deus faz que o solitário habite em família…”
c) Pv 18.22: Quem acha uma esposa encontra a felicidade: recebeu uma bênção de Deus, o SENHOR.
d) Compara um noivo como o sol – Sl 19.4-6: noivo que sai dos seus aposentos, se regozija como herói, a percorrer o seu caminho. Principia numa extremidade dos céus, e até à outra vai o seu percurso; e nada refoge ao seu calor.

3. A Bíblia declara quer que o ser humano tenha uma vida de prazer:
a) Dt. 24.5: Quando algum homem tomar uma mulher nova, não sairá à guerra, nem se lhe imporá carga alguma; por um ano inteiro ficará livre na sua casa e alegrará a sua mulher, que tomou.
b) Ec 9.9: Goza a vida com a mulher que amas, todos os dias de tua vida fugaz, os quais Deus te deu debaixo do sol;
b) Pv 5.15,18: Bebe a água da tua própria cisterna e das correntes do teu poço. […] Seja bendito o teu manancial, e alegra-te com a mulher da tua mocidade, corça de amores e gazela graciosa. Saciem-te os seus seios em todo o tempo; e embriaga-te sempre com as suas carícias.

Compartilhe a BençãoEmail this to someone
email
Print this page
Print
Tweet about this on Twitter
Twitter
Share on Facebook
Facebook
Share on LinkedIn
Linkedin

Comentários

comments

Contribua com sua opinião