O Cristo dos Evangélios

INTRODUÇÃO:

1. Alguns pontos preliminares:

a. Ímpeto da multidão. Encheu a casa.

b. Uma maneira curiosa de levar alguém para ser curado.

c. A solução de Jesus cristo.

2. Vamos ver nesta noite quais a qualidades e virtudes do Cristo dos Evangelhos:

I – O CRISTO DOS EVANGELHOS, É O CRISTO QUE ATRAI

1. Vs. 2, “E logo se ajuntaram tantos, que nem mesmo nos lugares junto à porta cabiam”.

2. Jesus, durante o seu ministério terreno, sempre atraiu multidões.

3. É verdade que esta multidão o procurava por motivos diversos:

a. Cura. E quantos Jesus curou.

b. Fome. e Quantos Jesus alimentou.

c. Problemas. E quantos problemas sociais, culturais, pessoais, etc., Jesus resolveu.

3. Entretanto, poucos procuraram Jesus pelo verdadeiro motivo, ou seja pela salvação de sua alma.

4. Porque Jesus lhe atrai? Devemos lembrar que muitas pessoas atraem multidões, mas por motivos fúteis. Jesus deve ser a atração, não somente em relação aos problemas que pode resolver, mas principalmente por causa da vida eterna que pode nos outorgar, Jo 8.32, “Quando for levantado da terra, todos atrairei a mim”.

II – O CRISTO DOS EVANGELHO, É O CRISTO QUE PREGA

1. Vs. 2, “E anunciava-lhes a Palavra”.

2. A pregação durante o ministério de Jesus, envolvia completamente a sua vida. Basta lembra os seus grandes sermões, sendo um deles chamado “O Sermão do Monte”, ou “Sermão da Montanha”.

3. A pregação de Jesus envolvia em sua essência o Reino de Deus e o arrependimento dos pecados por parte do homem, Mc 1.15, “O tempo está cumprido, o Reino de Deus está próximo, arrependei-vos e crede no Evangelho”.

4. Que influência tem a pregação de Jesus Cristo em sua vida? A pregação que você está ouvindo nesta noite é a mesma que Jesus fazia aos seus primeiros discípulos e ouvintes.

III – O CRISTO DOS EVANGELHOS, É O CRISTO QUE PERDOA

1. Vs. 5, “E vendo Jesus a fé deles, disse ao paralítico: Filho, perdoados estão os seus pecados”.

2. A doença maior e mais difícil de ser curada é o pecado. É por ai que Jesus começa.

3. Apesar daquele homem ter necessidade de cura física, a sua necessidade maior era a cura espiritual.

4. Apesar da doença do pecado ser aparentemente incurável, Jesus é o santo remédio, Cl 2.13, “E quando vós estáveis mortos nos pecados e na circuncisão da vossa carne, vos vivificou juntamente com Ele, perdoando-vos todas as ofensas.

5. O perdão de Jesus inclui você.

IV – O CRISTO DOS EVANGELHOS, É O CRISTO ONISCIENTE

1. Vs. 8, “Jesus conhecendo logo em seu espírito que assim arrazoavam entre si, lhe disse: Porque arrazoais sobre estas coisas em vossos corações?”.

2. O início da censura, Vs. 6-7, começou com os escribas, que não podiam aceitar de que Jesus pudesse perdoar pecados de qualquer pessoa.

3. Os pensamentos e sentimentos podem ser escondidos dos homens, mas nunca do Senhor da Glória.

4. O exemplo da mulher samaritana, Jo 4.1sess.:

a. Jesus ia da Judéia para a Galiléia,

b. Era necessário passar por Samaria,

c. Em Sicar, Jesus encontrou uma mulher tirando água de um poço e. iniciou uma conversa com ela.

f. Ao pedir para a mulher chamar o marido, Jesus demonstrou que conhecia tudo sobre a vida particular daquela mulher. Ele é onisciente.

5. Jesus conhece o seu coração.

V – O CRISTO DOS EVANGELHOS, É O CRISTO QUE CURA

1. Vs. 11, “A ti de digo, levanta, toma o teu leito e vai para tua casa”.

2. Jesus não ficou somente nas palavras, mas mostrou através da cura que suas palavras são verdadeiras.

3. Jesus detém o poder para curar enfermidades, os males e as doenças dos seres humanos.

4. Para que sejamos atendidos em qualquer cura é necessário que tenhamos fé para isso. Para se receber cura, é preciso ter uma fé autêntica.

5. Através da cura, Jesus mostra e confirma a sua autoridade, sobre as enfermidades.

VI – O CRISTO DOS EVANGELHOS, É O CRISTO EXALTADO

. Vs. 12, “E levantou-se, tomou o leito, saiu em presença de todos, de sorte que todos se admiravam e glorificavam a Deus dizendo: Nunca vimos tal coisa”.

2. “Todos”. Esta palavra nos leva a entender que até mesmo os que o censuravam, tiveram que glorificar a Deus.

3. Ninguém resiste ao poder de Jesus sem glorificar a Deus.

4. Apesar de Jesus ter sido exaltado somente após a cura, devemos ter em mente que Ele deve ser exaltado em todo o tempo.

5. A exaltação de Jesus somente é completa, quando há salvação da alma.

CONCLUSÃO:

1. Quem é Cristo para você?

a. Apenas o Cristo que atrai?

b. Apenas o Cristo que prega?

c. Apenas o Cristo que cura?

d. Apenas o Cristo que onisciente?

2. Ou Cristo é o Senhor que te perdoa dos pecados e te salva, mediante a tua fé nele? Não adianta você exaltar e glorifica a Jesus se não for salvo por Ele.

Compartilhe a BençãoEmail this to someone
email
Print this page
Print
Tweet about this on Twitter
Twitter
Share on Facebook
Facebook
Share on LinkedIn
Linkedin

Comentários

comments

Contribua com sua opinião