O quê a Bíblia representa para nós?

Se nós eliminarmos a Bíblia, nós eliminaremos toda a mensagem do Cristianismo. Em 1996, o Instituto Barna fez uma pesquisa nos USA e descobriu que 42% dos americanos criam ser a Bíblia a palavra de Deus. Todavia, eles acreditam que a Bíblia é muito difícil de ser entendida e, portanto, são poucos os que lêem este livro.
Existe uma disparidade entre aquilo que cremos e como demonstramos a nossa fé.

Aprendamos algumas lições importantes sobre a Bíblia.

1. O que é a Bíblia?

A Bíblia é a nossa autoridade a respeito dos fatos e tópicos da vida cristã.
Ela é uma coleção de 66 livros divididos em duas partes (Antigo e Novo Testamentos), escritos por mais de 40 autores num período de 1.500 anos. Ainda assim, contém uma mensagem unificada do plano e do projeto de Deus para a humanidade.
O AT começa com Gênesis e termina em Malaquias e o Novo Testamento começa com Mateus e termina no Apocalipse.
A história da humanidade começa no jardim do Éden e termina no novo céu e nova terra de Apocalipse.
Os 27 livros do NT foram escritos num período de 50 anos e eles tratam do nascimento, vida, morte e ressurreição de Cristo. Temos também o início da igreja cristã e as instruções aos seguidores de Cristo em como se desenvolver a vida cristã.
Muitos de nós possuímos diversas versões da Bíblia. 25% dos americanos possuem mais de cinco bíblias.

2. A relevância da Bíblia para Nós
A Bíblia é relevante em quatro áreas:

Ensino:
Focaliza na Bíblia como sendo a nossa fonte de instruções. Isto significa que abordamos a Bíblia como aprendizes, pois somente quem quer aprender é que pode ser ensinado.
Estes ensinos não são somente sobre coisas celestiais, mas principalmente sobre as coisas pertinentes a nossa vida.
São relacionados com a doutrinas cristãs que precisamos saber para não errarmos no que diz respeito às coisas de Deus.

Repreensão:
Parece ser uma coisa dura, pesada. Isto simplesmente significa que a Bíblia confronta as nossas idéias erradas sobre a vida. As nossas transgressões.
Isto quer dizer que todas temos idéias erradas e distorções sobre Deus, nós mesmos e sobre as coisas que precisam ser mudadas. Por exemplo: Se medirmos o sucesso de alguém pela quantidade de dinheiro que esta pessoa possui, a Bíblia mede o sucesso da pessoa pela sua fidelidade a Deus e assim o meu pensamento é repreendido e eu necessito enquadra-lo segundo o critério de Deus.

Correção (Encaminhar):
É similar a repreensão. Todavia, enquanto repreensão fala da crença, correção está relacionada com o comportamento. Todos nós nos perdemos em nossos caminhos, as vezes. Extraviamos dos caminhos de Deus e andamos em círculo. A Bíblia nos corrige e nos faz voltar ao caminho correto e finalmente seguir para a direção que Deus quer.

Instruir na Justiça
Aqui mostra o papel da Bíblia em nos ajudar a viver uma vida que agrada a Deus. A vida de integridade não acontece naturalmente e por isso precisamos de ajuda para termos integridade, praticarmos o que é justo.
A Bíblia nos ajuda a fazer aquilo que por nós mesmos não conseguimos.

Conclusão
A Bíblia comunica a voz de Deus a nós, por isso, ela é o nosso padrão para a vida. Ela transforma as nossas vidas, torna pessoas fracas em fortes, débeis na fé em decididos.
Ela nos torna perfeitos (capaz, eficiente, completo) e nos capacita com habilidades para realizarmos a nossa missão neste mundo.
Se alguém não quer ser transformado, não deve ler a Bíblia.

Compartilhe a BençãoEmail this to someone
email
Print this page
Print
Tweet about this on Twitter
Twitter
Share on Facebook
Facebook
Share on LinkedIn
Linkedin

Comentários

comments

Contribua com sua opinião