O servo Daniel

Nabucodonosor era o rei da Babilônia
Israel foi conquistado pela Babilônia
Nesse tempo, os povos tinham a idéia de que um povo só poderia conquistar o outro com a ajuda de seu deus
Quando Isrtael foi conquistado pela Babilônia, o povo ficou com sua fé desmoralizada
O rei da Babilônia descredenciou o poder do Deus de Israel, pois Israel foi conquistado, e seu Deus não teve poder suficiente para evitar que isso acontecesse
Nabucodonosor promoveu Sadraque, Mesaque e Abede-nego a superintendentes sobre os negócios da província de babilônia, a pedido de Daniel ( que era amigo deles )
Nabucodonosor constrói uma estátua de ouro e estabelece um decreto que todos deveriam adorá-la ( Dn 3.1 e 3.5-6 )
Sadraque, Mesaque e Abede-nego foram acusados de não obedecer às ordens do rei – Dn 3.8 e 12
Então o rei ficou furioso e os chama para ver se era aquilo mesmo – Dn 3.13-14
Os três confirmam que não se dobrarão diante da estátua e que Deus os livraria – Dn 3.17-18
Então o rei Nabucodonosor se transformou. Mudou seu aspecto e condenou os três a serem lançados na fornalha com o fogo mais forte que o de costume – Dn 3.19-21
Os soldados mais fortes de seu exército morreram só de chegar perto do fogo – Dn 3.22
Sadraque, Mesaque e Abede-nego caíram atados, foram jogados na fornalha, sem nenhuma possibilidade de reação – Dn 3.23
Então Nabucodonosor se espanta pois vê a presença de Deus junto aos três dentro da fornalha – Dn 3.25
O rei os chama e já faz uma referência ao Deus Altíssimo que os livrou – Dn 3.26

Texto: Daniel-3.1:26
DANIEL 3.27

” E os sátrapas, os prefeitos, os governadores, e os conselheiros do rei, estando reunidos, viram que o fogo não tinha tido poder algum sobre os corpos destes homens, nem foram chamuscados os cabelos da sua cabeça, nem sofreram mudança os seus mantos, nem sobre eles tinha passado o cheiro de fogo.”

1)TESTEMUNHO AOS “ PODEROSOS ” QUE ESTAVAM REUNIDOS PARA O ESPETÁCULO DO HORROR
2)O PODER DO FOGO FOI LIMITADO PELO PODER DE DEUS
3)OS CORPOS FORAM GUARDADOS DO PODER DO FOGO
4)OS CABELOS DA CABEÇA NÃO FORAM CHAMUSCADOS
5)NÃO HOUVE MUDANÇA NOS SEUS MANTOS
6)NÃO TINHAM O CHEIRO DO FOGO

O MANTO NO VELHO TESTAMENTO

No hebráico : BEGED . Esta palavra aparece 215 vezes com o sentido de ‘vestes’; ‘roupas’ .
O manto era símbolo de proteção e envolvia um sentido de nobreza ou dignidade

1 Samuel 24 : 11 – “ Olha, pois, meu pai, vê aqui a orla do teu manto na minha mão; porque cortando-te eu a orla do manto, não te matei. Sabe, pois, e vê que não há na minha mão nem mal nem rebeldia alguma, e não pequei contra ti; porém tu andas à caça da minha vida, para ma tirares.

Saul usava seu manto real – símbolo de realeza, soberania

Quando Davi quis mostrar que podia ter lhe matado, cortou um pedaço de seu manto, simbolizando que Saul não estava sendo protegido adequadamente

Era uma possessão preciosa, ou seja, era algo que tinha muito valor para quem o possuía, no sentido de valores da sociedade vigente. Podia inclusive ser usado como penhor e também era usado como cobertor , à noite .

Dt 24.11-13 – “Fora ficarás; e o homem, a quem emprestaste, te trará fora o penhor. Porém, se for homem pobre, não te deitarás com o seu penhor. Em se pondo o sol, sem falta lhe restituirás o penhor; para que durma na sua roupa, e te abençoe; e isto te será justiça diante do SENHOR teu Deus”

O sacerdote deveria usar um manto durante a ministração no tabernáculo. Esse manto levaria duas campainhas de ouro nas pontas do manto , que serviriam como um sinal de que o manto estaria com o sacerdote, para que ele não morresse

Êxodo 28.31-34 – “Também farás o manto do éfode, todo de azul. E a abertura da cabeça estará no meio dele; esta abertura terá uma borda de obra tecida ao redor; como abertura de cota de malha será, para que não se rompa. E nas suas bordas farás romãs de azul, e de púrpura, e de carmesim, ao redor das suas bordas; e campainhas de ouro no meio delas ao redor. Uma campainha de ouro, e uma romã, outra campainha de ouro, e outra romã, haverá nas bordas do manto ao redor,e estará sobre Arão quando ministrar, para que se ouça o seu sonido, quando entrar no santuário diante do SENHOR, e quando sair, para que não morra.”

O MANTO NO NOVO TESTAMENTO

Os sacerdotes e escribas gostavam de usar mantos bem compridos que representariam seu poder e sua dignidade

Lucas 20.46 – “Guardai-vos dos escribas, que querem andar com vestes compridas; e amam as saudações nas praças, e as principais cadeiras nas sinagogas, e os primeiros lugares nos banquetes ”

Aparece como vestes dos anjos :

Marcos 16.5 – “ E, entrando no sepulcro, viram um jovem assentado à direita, vestido de uma roupa comprida, branca; e ficaram espantadas.”

Atos 1.10 – “E, estando com os olhos fitos no céu, enquanto ele subia, eis que junto deles se puseram dois homens vestidos de branco.”

Aparece como a veste dos homens que foram salvos

Apocalipse 6.9-11 – “ E, havendo aberto o quinto selo, vi debaixo do altar as almas dos que foram mortos por amor da palavra de Deus e por amor do testemunho que deram.E clamavam com grande voz, dizendo: Até quando, ó verdadeiro e santo Dominador, não julgas e vingas o nosso sangue dos que habitam sobre a terra ? E foram dadas a cada um compridas vestes brancas e foi-lhes dito que repousassem ainda um pouco de tempo, até que também se completasse o número de seus conservos e seus irmãos, que haviam de ser mortos como eles foram.”

Apocalipse 7.9 – “ Depois destas coisas olhei, e eis aqui uma multidão, a qual ninguém podia contar, de todas as nações, e tribos, e povos, e línguas, que estavam diante do trono, e perante o Cordeiro, trajando vestes brancas e com palmas nas suas mãos”

Aparece como a veste de Jesus antes de ser crucificado :

Mateus 27.28 e 31 –

28 – E, despindo-o, o cobriram com um manto de escarlate;
31 – E, depois de o haverem escarnecido, tiraram-lhe o manto, vestiram-lhe as suas vestes e o levaram para ser crucificado.

Depois na glória, na eternidade :

Apocalipse 1.13 – “E no meio dos sete castiçais um semelhante ao Filho do homem, vestido até aos pés de uma roupa comprida, e cingido pelos peitos com um cinto de ouro.”
Apocalipse 19.13 – “E estava vestido de uma veste salpicada de sangue; e o nome pelo qual se chama é a Palavra de Deus.”
Apocalipse 19.16 – “E no manto , sobre a sua coxa tem escrito este nome: Rei dos reis, e Senhor dos senhores.”

O manto representava a honra, a dignidade, a soberania, o domínio, o conforto, a proteção, a riqueza, o quanto se deveria honrar a pessoa que o usasse

O manto de Sadraque, Mesaque e Abede-nego não foram atingidos – o poder do fogo não pode mudar seus mantos

O servo de Deus que enfrenta o poder do fogo, em nome do Senhor, será poupado

Aquele que por causa do Senhor for lançado no fogo, contará com a presença de Deus ao seu lado, e todos verão isso, até mesmo aquele(s) que o lançou na fornalha. Será testemunha viva do que Deus faz.

Será totalmente guardada por Deus a honra, o prestígio, o nome, as riqueza, os bens, o que possui, o que a vida representa, daquele que por obediência ao Senhor disser não ao mundo, e aos valores mundanos, e mantiver sua confiança firme no Deus vivo

Só quem for lançado na fornalha e contar com a ajuda de Deus saberá que o fogo não é tão poderoso quanto parece. Deus é maior do que o poder do fogo.

O corpo, a saúde, o físico, os membros do corpo, os órgãos serão poupados por Deus.

Angelo Marcony

Compartilhe a BençãoEmail this to someone
email
Print this page
Print
Tweet about this on Twitter
Twitter
Share on Facebook
Facebook
Share on LinkedIn
Linkedin

Comentários

comments

Contribua com sua opinião