Oração, estilo de vida.

A oração não muda os propósitos de Deus com relação as nossas vidas, mas nos ajusta, nos coloca, nos alinha a eles.

1. Quando oramos, Deus nos revela seus propósitos.

Paulo, neste texto, profetizou ao irmãos da região da galácia de que eles passariam por aflições e tribulação. Isto aconteceu literalmente. Paulo envia Timóteo para fortalecê-los e animá-los na fé e a permanecerem firmes em Cristo. Você, adotando a oração como estilo de vida, estará sempre dentro dos planos de Deus. Ainda que passe por aflições e dificuldades.

2. Quando oramos, Deus coloca sempre alguém para nos ajudar.

Timóteo foi instrumento de Deus para ajudá-los no momento que mais necessitavam. Leve todas as suas preocupações, necessidades a Deus em oração. A recomendação é do Senhor Jesus: “Quando orar, entra no teu quarto e ore ao Pai, e, Ele lhe responderá, e te recompensará”. Use esse meio de graça, a oração.

3. Quando oramos, causamos alegria aos nossos líderes:

Paulo ficou feliz com o relatório que Timóteo lhe trouxe. Os irmãos suportaram as tribulações e permaneceram firmes na fé. Na presença do Senhor há abundância de alegria. Jesus venceu a dor do Getsâmane pela oração. No terceiro momento de oração, volta para os seus discípulos, e disse-lhes: “Levantem-se, vamos! É chagada a minha hora”. Paulo dá-lhes o exemplo dizendo: oro dia e noite para que eu possa estar com vocês e ajudá-los na fé e crescimento espiritual.
Concluindo, espero que você se sinta motivado a orar sem cessar, segundo a orientação da Bíblia. Isto significa, adotar a oração como estilo de vida.

Conclusão:
Convide sua família e tenha seu momento de oração, de culto, da adoração, do investimento na vida espiritual.

Lauro Celso de Souza

Compartilhe a BençãoEmail this to someone
email
Print this page
Print
Tweet about this on Twitter
Twitter
Share on Facebook
Facebook
Share on LinkedIn
Linkedin

Comentários

comments

Contribua com sua opinião