Prepare-se para um novo tempo

Se observarmos com atenção o texto de Eclesiastes 10:10, não fica muito difícil compreender que tipo de idéia o escritor e sábio rei tenta nos comunicar. Outra forma de expressar o mesmo pensamento seria: um machado sem corte exige maior esforço para se rachar a lenha.

Podemos parafrasear o escritor e tirar algumas lições importantes para nossa vida tais como:

1. Se nos prepararmos bem, podemos desenvolver melhor qualquer tarefa.

2. Sempre haverá um meio mais fácil para se conseguir o que desejamos.

3. Concentrando os esforços no local certo, obteremos melhores resultados.

Com as motivações naturais que advêm com o início de um novo ano, podemos aplicar essas lições às nossas atividades pessoais, nos relacionamentos familiares e principalmente no ministério. Podemos aproveitar este tempo novo e fazer grandes conquistas e obter grandes vitórias espirituais e ministeriais. Na proposta do texto bíblico, a forma correta seria afiar o machado. E a maneira mais simples de cumprir esta proposta é observar as ações de Deus. Em Marcos 13.28, falando dos sinais que as estações do ano nos oferecem, Jesus disse: “Quando já o seu ramo se torna tenro e brotam folhas, sabeis que está próximo o verão”. Deus sempre é ativo e atuante tanto na natureza como na vida e no ministério de seu povo. Devemos, portanto, estar atentos aos sinais da ação de Deus. Estas ações podem ser observadas de duas formas:

Específica ou pessoal – É o que Deus tem para nossa vida individualmente. Como filhos e servos, devemos estar atentos e não temer aproveitar as oportunidades que surgirão da parte de Deus em nossas vidas no decorrer do novo ano.

Coletiva ou em grupo – é o que Deus tem para seu povo ou sua igreja. Deus já tem traçado planos extraordinários para todos nós. Diante disto devemos crer e tomar posse, seja para nossa família, para a igreja local e mesmo para nossa denominação. Não podemos e não devemos abrir mão dos sonhos e propósitos de Deus neste novo ano.

Deus tem algo grandioso para a igreja em 2005, o ano em que comemoramos os 30 anos da fundação da IPRB. Dentre outros eventos, podemos lembrar: O Seminário para pastores principiantes no ministério em abril, em Cianorte, PR; O 1º Ciclo de Conferências, em agosto, para pastores e esposas, em Caldas Novas, GO. Deus está movendo a igreja de muitas formas e também através da liderança da IPRB.

Outra maneira seria aplicar o que Deus tem dado e preparado para sua vida. Todos somos importantes no contexto em que estamos vivendo e nossa participação sempre será apreciada e reconhecida seja por aqueles que nos rodeiam e,no mínimo, haverá de gerar uma satisfação pessoal. Certamente pensando também nisto o apóstolo Paulo bem escreveu a respeito dos dons ministeriais, em Efésios 4.11: “Ele deu uns como apóstolos, e outros como profetas, e outros como evangelistas, e outros como pastores e mestres”,

Segundo Paulo neste novo ano podemos:

1. Dedicar nossa vida, colocando nossos dons e talentos para Deus nos usar como nunca.

2. Anular legalidades destruir ataduras que impeçam o fluir de Deus em nossa vida.

3. Rejeitar todos argumentos negativos de pessoas ou do inimigo de nossas almas.

4. Não deixar nada pelas metades ou inacabado. Devemos ir até o fim e concluir nossos projetos e sonhos.

Temos grande oportunidade à nossa frente: valorizar nossa vida espiritual, nosso ministério, sendo e fazendo sempre o melhor de nós mesmos para Deus, nosso ministério, família e na vida pessoal. Por isso, façamos todo empenho em vencer todas as barreiras e impedimentos que porventura surgirem diante de nós.

Voltemos agora ao que bem expressou o rei Salomão em Eclesiastes 9.10: “Tudo quanto te vier à mão para fazer, faze-o conforme as tuas forças”. O segredo do sucesso de nossos empreendimentos será fazer nossa parte sempre o melhor possível.

Para isto, retire de sua vida o que houver de negligência e nunca faça somente o que seja necessário. Saia da classificação bíblica de “servo inútil”. Faça propósitos de se tornar exemplo de Deus onde quer que você esteja ou vá. Aplique a proposta de Paulo a seu discípulo Timóteo. “… sê um exemplo para os fiéis na palavra, no procedimento, no amor, na fé, na pureza. 1Tm 4.12)”.

Concluo dizendo-lhe: para o ano que ora iniciamos, esteja preparado para receber algo novo e grande de Deus, limpe sua vida e busque sempre fazer o melhor porque “ninguém deita vinho novo em odres velhos; do contrário, o vinho novo romperá os odres, e perder-se-á o vinho e também os odres; mas deita-se vinho novo em odres novos. Mc 2.22. Esta é uma máxima do próprio Jesus.

Jornal Aleluia 294 – Fevereiro 2005

Compartilhe a BençãoEmail this to someone
email
Print this page
Print
Tweet about this on Twitter
Twitter
Share on Facebook
Facebook
Share on LinkedIn
Linkedin

Comentários

comments

Contribua com sua opinião