QUEM DIZEIS QUE EU SOU?

INTRODUÇÃO

No decorrer de todas as épocas, existe uma preocupação em definir quem é Jesus.

1. UMA PERGUNTA IMPORTANTE

– Quem diz o povo ser o filho do homem? (Mateus)
– Quem dizem as multidões que sou eu? (Lucas)

A. Para o povo em geral
a. Comunista – Jesus foi um revolucionário. Ensinou os primeiros princípios do comunismo.
b. Filósofo – Um homem de bons princípios, com ensinamentos filosóficos.
c. Estado do Paraná – Jesus é um pedagogo.

B. Para os religiosos dos dias de Jesus
a. João Batista ou Elias – Jesus é provavelmente identificado como alguém que viria para preparar o caminho do Messias.
b. Jeremias – Provavelmente para trazer de volta a tenda e a arca que Jeremias, segundo uma lenda, havia escondido em uma caverna, no mesmo monte onde Moisés morreu ( 2 Macabeus 2:4-8).
c. Um profeta que ressurgiu dentre os mortos.
d. Os discípulos omitem que alguns dos fariseus haviam identificado Jesus como Belzebu, um dos nomes do demônio (Mt 10:25).

C. Para os religiosos de hoje
a. Espiritismo – Uma encarnação perfeita
b. Perfeita Liberdade (PL) – Não cultuam a Jesus, mas também não rebatem. Cultuam somente a Deus o Criador do Universo, a luz resplandecente. Jesus pertence às igrejas cristãs.
c. Mórmons – Jesus é o Filho de Deus que veio ao mundo para nos livrar dos nossos pecados. Ele morreu para nos dar a vida eterna. Certeza da salvação: certeza ninguém tem, porque nós temos pecado e cometemos erros todos os dias, por isso a gente tem que se arrepender e se esforçar. Você pessoalmente já tem a salvação? “Ah, se eu já tivesse, seria muito bom!”
d. Seicho No Iê – Seicho No Iê não é uma religião, mas uma filosofia de vida. Freqüentada mais por católicos e tem poucos protestantes. Acreditam que Deus é a imagem do homem, o homem é perfeito e não tem pecado. A doença não existe, pois é uma sombra de ilusão, ilusão da mente. Doença pode ser também um carma de outras vidas. Quanto a Jesus, respeitam.

2. UMA PERGUNTA MAIS IMPORTANTE

Jesus parte do geral para o particular. O importante não é o que os outros estão falando de mim.
A primeira pergunta foi educativa, para levar à segunda pergunta, que é crucial, ou de fundamental importância.
Quem eu sou para vocês, Pedro? A ênfase aqui está no pronome você.

A. És o Cristo
Está afirmação de Pedro indicava que para eles Jesus era mais do que aquilo que o povo estava falando. Esta afirmação era proveniente de um coração sincero. Jesus era a pessoa que Deus enviaria ao mundo. Significa o ungido do Senhor.
Este era um momento de crise na história do ministério de Jesus. Os discípulos estavam com Jesus ou não!

Meses vivendo com Jesus, ouvindo seus mandamentos, e observando suas ações levam os discípulos a não duvidarem de que aquele homem é verdadeiramente de Deus.

B. De Deus (Lucas)
Vindo de Deus. Veio para revelar o Pai e mostrar a plenitude da salvação oferecida por Deus gratuitamente.

3. UMA PERGUNTA DE SUPREMA IMPORTÂNCIA

A. Quem é Jesus Cristo para você.
B. Você já ouviu falar de Jesus, já cantou cânticos de louvores a ele. Agora chega um momento da sua vida em que você deve decidir o que Jesus representa para você.
C. Esta pergunta é importante no contexto principalmente de sofrimentos. Logo após perguntar aos apóstolos o que eles pensavam de Jesus, ele revela a eles que ele irá sofrer, morrer e ressuscitar. Como ficará a fé nestas circunstâncias?
D. Muitas vezes você tem que contrariar a opinião a respeito de quem Jesus realmente é para você.
E. “Não foi nenhuma pessoas que revelou isto a você, Pedro, mas o próprio Deus.”

CONCLUSÃO

O que é que as multidões dizem a respeito de Cristo?

Compartilhe a BençãoEmail this to someone
email
Print this page
Print
Tweet about this on Twitter
Twitter
Share on Facebook
Facebook
Share on LinkedIn
Linkedin

Comentários

comments

Contribua com sua opinião