”Se é que podes…”

Deus brinca conosco…
Chama para contar as estrelas do céus, e ainda diz: “se é que podes”.
Mesmo hoje com os mais sofisticados equipamentos o homem é incapaz de contar a quantidade de estrelas que se espalham nos céus e iluminam as nossas noites.
Deus fez um chamado a Abrão, um convite, e foi correspondido. Vamos também corresponder ao chamado de Deus. Ele sempre tem algo que será novo para nós.

1. Deus traz uma palavra – V. 1

O Senhor não estava alheio a condição de Abrão;
Deus fala com Abrão em uma visão;
Diz a Abrão: “Não temas”;
“Sou o teu escudo”;
“Teu galardão será grande”.

2. Deus ouve o lamento – V. 2-3

Abrão estava envolvido pela situação a sua volta;
Sua visão estava restrita aos limites da tenda;
Diante da palavra do Senhor, ele dá a sua resposta;
Lamenta perante o Senhor (queixa-se);
Fala do que lhe falta: Do que via;
Do que não tem;
Do que Deus não lhe deu;
Do que Deus não fez.
Diz ao Senhor: “Que me haverás de dar”.

3. Deus faz uma promessa e um desafio – V. 5-6

Faz promessa: “o que será gerado de ti será o teu herdeiro”;
Conduziu-o até fora: tem de sair;
Traz um desafio: chamou-lhe a contar as estrelas nos céus (é possível ver as estrelas enquanto é ainda dia?);
Sua fé é provada: Deus lhe dará algo que ele nunca pensou em Ter;
Creu no Senhor e sua Palavra.

Conclusão:

Não fique pensando no que você não tem, nem no que você acha que nunca vai Ter, pense em Deus que pode lhe dar o que você não tem, acha que não vai Ter, e nas coisas que nem é capaz de imaginar que um dia poderia Ter. E vá mais longe. Também quanto ao ser.
É pela fé…

Compartilhe a BençãoEmail this to someone
email
Print this page
Print
Tweet about this on Twitter
Twitter
Share on Facebook
Facebook
Share on LinkedIn
Linkedin

Comentários

comments

Contribua com sua opinião